quarta-feira, 2 de outubro de 2013

DICAS ASTRAIS PARA A LUA NOVA DE LIBRA - 04/10/13


Olá amigos!
A Lua nova de Libra (conjunção do Sol com a Lua) acontecerá na próxima sexta-feira. Até lá, a Lua segue na fase minguante e balsâmica pelo criterioso Virgem, pedindo um cuidado maior com as questões de saúde, alimentação, rotina, sono e horários. Período propício para descansarmos mais, sem marcar muitos compromissos ou tarefas extenuantes para não comprometermos nosso corpo.

É um tempo de finalizações com atenção aos detalhes, restauração de forças e análises importantes. Quais os assuntos que queremos concluir, finalizar de vez, para que não perdurem pelo ciclo seguinte? O que queremos que "míngue" em nossas vidas? O que já não condiz mais com nosso crescimento e deve ser deixado para trás?

Sol e Lua se encontram no signo de Libra na sexta-feira, mais precisamente às 21h36 (horário de Brasília) e formam aspectos importantes no céu. Com este encontro em Libra o mundo dos afetos, dos relacionamentos, das parcerias e sociedades ganha destaque. A Lua nova marca o início de um novo ciclo e é sempre um período fértil, quando sementes, intenções e ideias podem ser plantadas e tem mais chance de germinar.

Uma grande qualidade de Libra é a capacidade de conciliar, agir em conformidade com a demanda afetiva do outro, de produzir uma espécie de fusão emocional. O signo da Balança nos convida a cultivar harmonia e equilíbrio em nossas relações. Sendo um signo de ar, nos inspira a pesar e medir os sentimentos de acordo com a razão. Portanto, teremos no próximo ciclo lunar boas oportunidades para analisar com mais objetividade o que nos afeta emocionalmente. Os pratos da balança podem oscilar para cima e para baixo até se estabilizarem, trazendo importantes compreensões sobre a razão dos sentimentos e a segurança para definirmos uma posição mais sensata.

A grande armadilha de Libra é a indecisão, pois podemos levar um bom tempo para encontrar resoluções. Mas neste caso considero que isso não será um problema, pois Sol e Lua fecham a quadratura T de Urano com Plutão, que evidenciam o que está desconfortante, criam situações que nos empurram para a frente, quer queiramos ou não.

Urano está no impulsivo Áries, o signo oposto, olhando para a frente com o desejo de libertações, novidades, quebra de velhos padrões e ciclos repetitivos. O desafio aqui é equilibrar o compromisso com o desejo de autonomia. A individualidade com a união de forças. Situações onde há imediatismo, imaturidades, inconsequência, agressividade ou falta de consideração pelo outro ficam mais evidentes. E relações que estão por um fio por causa desses motivos podem até mesmo se romper.

Plutão está em Capricórnio, poderoso, em recepção mútua com Saturno, que está em Escorpião, pedindo comprometimento com os processos de cura, transformações profundas e reformas íntimas. E aqui fica evidente também o quanto recusamos a olhar para nossas sombras, nossas questões mal resolvidas e tentamos mudar o outro, ter poder sobre o outro ou considerar o parceiro com uma tábua de salvação para a possível falta de sentido da vida, para a baixa autoestima ou mesmo para alimentar o EGO que quer sempre ter o controle de tudo.

Lilith fecha a cruz no signo de Câncer. É o ponto da órbita lunar mais afastado da Terra, que representa as forças da negação, da separação, da recusa de competir e de ser dominado. É a força que se recusa à submissão e prefere a exclusão. É claro e até mesmo óbvio: se quisermos construir um mundo emocional saudável, um lar harmonioso, se quisermos nos ver cercados com pessoas positivas e queridas, temos mesmo que passar por um processo de limpeza e reconstrução individual que se refletirá nos mundo das relações.

O contrário também é verdadeiro: quanto mais nos recusamos a olhar para nós mesmos e para as questões inconscientes, mas atrairemos desarmonia e relações conflituosas, ou aquele sentimento de solidão, exílio e "não pertencimento".

Mercúrio se encontra conjunto com Saturno e Nodo Norte no signo de Escorpião, apontando um caminho importante: o diálogo. A coragem para investigarmos, trocarmos experiências, a integridade ao expressarmos nossos sentimentos, ideias e vontades, a honestidade para assumirmos o compromisso de uma parceria duradoura. A disposição de estarmos sempre buscando nos reinventar e nos transformar para criarmos um futuro melhor.


Como nas danças de salão, Libra nos ensina a dançar em par. A conduzir e a deixar ser conduzido se preciso for. Deixo cá mais algumas perguntas: estamos abertos para o amor? Para revelar nossa alma ao outro? Profissionalmente, estamos dispostos a unir forças com parcerias honestas, positivas, construtivas e saudáveis?

Costumo ouvir por aí: "sociedade é que nem casamento, é encrenca na certa". Isso só é verdade para quem não tem habilidade social nenhuma. Pra quem quer levar vantagem, é desonesto, ou tem um EGO muito inflado, não sabe dar o braço a torcer ou reconhecer quando está errado, não sabe ceder e ouvir o outro.

Planetariamente falando, como andam as relações diplomáticas entre os países? Como estão a educação, o cidadanismo e as habilidades sociais da humanidade em geral? Situações onde há controle e desequilíbrio podem chegar a um clímax nessa lunação, pedindo soluções. Cabe citar Jung: “Aqueles que não aprendem nada sobre os fatos desagradáveis de suas vidas, forçam a consciência cósmica que os reproduza tantas vezes quanto seja necessário, para aprender o que ensina o drama do que aconteceu. O que negas te submete. O que aceitas te transforma."

O artigo já vai longo... termino indicando a excelente análise do colega Antônio Rosa, que fala também de outros aspectos com a Lua nova, como o quinqúncio com Quíron, por exemplo, no blog COVA DO URSO. Indico também outro artigo, que explica com mais detalhes sobre a quadratura entre Urano e Plutão - aqui.

E deixo a última pergunta: o que queremos plantar nessa Lua Nova, em nome de relações mais harmoniosas, mais amor e beleza em nossas vidas?
Sejamos felizes!!!

Dicas para cada signo na UOL - http://mulher.uol.com.br/horoscopo/previsao-diaria/

5 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Que publicação maravilhosa Marcelo.
Do começo ao fim amei.
Beijos no seu coração meu artista predileto.
Astrid Annabelle

Siusi cor disse...

queria um guarda chuva de mandala...

Luz13 disse...

Gostei muito do blog. É como diz Aline da Cidade das Pirâmides, “A vida é como o mar, hora manso, hora de ressaca, perigoso, mas lindo em suas manifestações”. Veja o programa www.deolhonomundo.com você irá gostar muito! Abraços.

RODRIGO GOSTON FERNANDINO disse...

SOU GRATO MEU AMIGO E PLEIDIANO PREDILETO, VOCÊ É UM PRESENTE PARA TODOS NÓS...SUA SABEDORIA VÊM EM ONDAS E SEMENTES DE AMOR. COMO NAS IMAGENS DA DEUSA YEMANJÁ...VÊM DISTRIBUINDO BENÇÕES EM TUAS MÃOS ABENÇOADAS...TE AMO LINDÃO@! BEIJO NA TUA ALMA! DO SEU AMIGO E FÃ, RODRIGO!

António Rosa disse...

Marcelo,

Lindíssimo trabalho, muito bem escrito e analisado, com sensibilidade e sabedoria. Amei. Uma aula de carinho e conhecimento.

Muito obrigado pela dica. O Cova do Urso agradece.

Grande abraço~

António

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...