segunda-feira, 18 de outubro de 2021

MERCÚRIO DIRETO, LUA CHEIA COM DESAFIOS NO EIXO ÁRIES LIBRA


Olá, amigos e amigas! 
A boa notícia da semana é que Mercúrio e Júpiter retomam o movimento direto logo na segunda-feira, dia 18: os intercâmbios tendem a fluir melhor. Podemos concluir negociações, ativar contatos, contar com mais entendimento. Mercúrio segue em Libra e se alinha com Saturno, favorecendo planejamentos, estratégias e um pensamento mais estruturado.

Júpiter, além de retomar a rota direta em Aquário, se alinha com Marte, garantindo mais energia para iniciativas. Ficamos mais corajosos! Podemos planejar viagens, aventuras e novos cursos. É hora de deixar a preguiça e a procrastinação de lado para nos colocarmos em momento. Inclusive investirmos num esporte ou um bom programa de exercícios físicos. Vamos ativar a força do guerreiro da Luz!

Mas é importante ficarmos atentos para evitar conflitos. Sol e Marte desafiam Plutão, pedindo cuidado com disputas de poder e radicalismos. O melhor é nos resguardarmos! Vamos evitar correr riscos, quanto mais tranquilidade, melhor. 

A Lua cheia do eixo Áries-Libra chega na quarta-feira (às 11h56 – horário de Brasília) indicando uma semana de clímax pra muitas situações. As emoções transbordam. A Lua forma uma quadratura T justamente com Sol, Marte e Plutão! É um aspecto desafiador, que traz lições importantes para os relacionamentos. Inclusive para os relacionamentos diplomáticos entre os países. 

Vamos ficar ligados nas questões do poder. Tanto nas questões individuais, quanto coletivas. O grande aprendizado de Libra é a harmonia. Equilíbrio, gentiliza, cordialidade, temperança são importantes sempre, quanto mais agora.

No dia 23 o Sol ingressa em Escorpião, favorecendo mergulhos mais profundos: terapias, exames, pesquisas, investigações, diagnósticos, reciclagem, desintoxicação, ocultismo são temas que ganham destaque e ficam favorecidos. É a temporada dos bruxos e bruxas. Saiba sobre as qualidades de Escorpião aqui

Desejo uma bela semana pra todos nós!

CONFIRA A VIBE PARA SEU SIGNO E ASCENDENTE:

ARIES
Período de emoções transbordantes, com a Lua cheia em seu signo. Questões ligadas aos relacionamentos e parcerias estão em pauta, Procure evitar rivalidades, disputas de poder e confrontos. Questões profissionais também pedem mais paciência e responsabilidade. Quanto mais puder relaxar e deixar a vida fluir, melhor. Tudo se resolve da melhor maneira se cultivar diplomacia e gentileza. Vale gastar energia com movimento, tomar iniciativas para avançar, crescer e expandir seus horizontes.

TOURO  
O período de desafios e aprendizados nas relações continua. A Lua cheia no eixo Áries/Libra coloca em evidência o que precisa ser transformado, ajustado e resolvido. Mas procure ponderar melhor antes de tomar decisões precipitadas. Há uma energia explosiva no céu que deve ser canalizada para atividades criativas, liberdade, respeito à individualidade. Você sai ganhando se souber ser flexível, gentil, cordial e souber respeitar a individualidade também. Momentos de lazer também são importantes para renovar as energias.

GEMEOS 
Conte mais confiança e coragem e entusiasmo para investir nos contatos sociais, em seus projetos e empreendimentos. Mercúrio segue direto e você pode avançar com seus projetos. Semana de Lua cheia em Áries, que traz o ápice para muitas situações. Vale ponderar, observar e ouvir mais. A Lua segue em Áries, pedindo mais autonomia. Porém, evite disputas e discussões delicadas. Ao mesmo tempo o Sol segue em Libra, evidenciando a necessidade de diplomacia e equilíbrio em suas relações.

CANCER
É importante cultivar calma, gentileza e atenção. A Lua cheia acontece no eixo Áries/Libra, o eixo dos relacionamentos. Vale investir na autoestima, numa postura mais independente. É bom gastar energia e evitar cobranças e confrontos, pois os ânimos podem ficar mais exaltados, as emoções transbordam, muitas situações chegam ao clímax. Cuidado para não ficar possessivo ou controlador demais. Observe se há impaciência, ela pode mostrar um lado infantil do ego que precisa ser iluminado.

LEAO 
Período de aprendizados importantes na forma como se relaciona. Relações onde há falta de sintonia, ciúme, dependências e desequilíbrios ficam mais evidentes. Ao invés de entrar em conflitos, é melhor se resguardar, pra que possa conversar com mais calma depois. Semana de Lua cheia: pode haver inquietação, alterações de planos, mudanças de humor e de comportamento, que pedem flexibilidade e jogo de cintura. Faça o que for preciso para adiantar seu trabalho. Mas sem pressa, correria ou ansiedade.

VIRGEM  
Para crescer é preciso estruturar-se, planejar, avaliar riscos, elaborar estratégias. Mercúrio se alinha com Saturno: boas oportunidades estão em aberto, se investir na responsabilidade e no profissionalismo. Com o Sol em Libra, a diplomacia é importante. Vale cultivar profissionalismo e mostrar presença no trabalho para promover-se. Semana de Lua cheia, evite críticas, assuntos pesados e discussões, as reações emocionais podem ser maiores. Prefira conversas leves, não é um bom momento para impor ou cobrar.

LIBRA 
Com a Lua cheia no signo oposto, o desafio é combinar o desejo de independência com a capacidade de compartilhar. Procure diminuir as expectativas, que podem não ser realizadas. Não é um bom momento para discutir com parceiros, pois as emoções ficam à flor da pele. Melhor mesmo é fazer algo diferente, cultivar liberdade. Aproveite o pique para tomar decisões, concluir assuntos pendentes, estudar e promover aprofundamentos. Vênus segue em Sagitário, vale investir em cursos também.

ESCORPIAO  
É importante evitar a pressa, cultivar desapego, generosidade e bom humor. A Lua cheia acontece no eixo Áries/Libra, questões ligadas aos relacionamentos ganham evidência, muitas situações podem chegar ao clímax. É importante agora libertar-se de algo que impede sua evolução, pois com seu aniversário virá o início de um novo ciclo solar. É importante também descansar mais e se resguardar. A sua capacidade de compreensão fica mais acentuada. Conte com mais intuição para análises e diagnósticos. 

SAGITARIO 
Conte com mais disposição e coragem! Mas cuidado para não provocar conflitos, é bom analisar tudo com calma, observar e cultivar tranquilidade também. Semana de Lua cheia e as emoções ficam à flor da pele. A chave é incorporar as mudanças necessárias aos poucos, sem rompimentos ou conflitos. Para que haja crescimento e expansão, deve haver mais empenho, realismo e praticidade. Análise, prudência e inteligência são o caminho para firmar pactos, negociar, fazer novos arranjos e associações.

CAPRICORNIO 
Procure refletir melhor, ruminar os assuntos e agir sem pressa, com mais autonomia. Procure também sair com tempo de sobra para os compromissos. A Lua cheia coloca em evidência questões ligadas aos relacionamentos: a liberdade individual está sendo respeitada? Há futuro nas parcerias? Há sintonia de ideias? Vale relaxar, reservar tempo para conectar-se com sua alma, descansar e se divertir. Prefira agir com liberdade e autonomia. Evite esperas, filas demoradas ou discussões mais sérias. Evite deixar alguém esperando também. 

AQUARIO 
A inquietação está em pauta com a Lua cheia em Áries. Procure introduzir algo novo em sua rotina, e espairecer, buscar novos aprendizados. A necessidade de movimento, abertura e crescimento o estimula a tomar o impulso para avançar e conquistar espaço. Você pode contar com mais disposição para o encaminhamento das tarefas. Aproveite para gastar energia e não dar margem para a ansiedade ou agressividade. Cuidado para não ir longe demais na rebeldia. O respeito, a gentileza e a educação são importantes sempre!

PEIXES 
Procure cultivar mais autonomia. Aproveite para liberar-se de pessoas, métodos e tarefas que pedem sacrifício e não o beneficiam. Porém, é bom observar e pensar mais antes de tomar alguma decisão. Atenção para não bater de frente com ninguém. Na semana de Lua cheia as emoções ficam exacerbadas, as discussões podem trazer prejuízos. Procure agir com mais soltura e docilidade, sem controlar demais as situações. Vale programar passeios e cultivar movimento. Só não vale ficar parado, ou a ansiedade pode surgir.


RECADOS
- A lista completa dos meus SERVIÇOS DE ASTROLOGIA está aqui. Montei uma página pra agendamento aqui.
- A coluna diária de horóscopo é publicada no portal IG. Vejam aqui - delas.ig.com.br/horoscopo

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

OS SIGNOS E A MEDITAÇÃO


Olá, amigos!
Criei esta série de ilustrações com todos os signos meditando, buscando a si mesmos, focados em seu mundo interior. Procurei criar as imagens dentro da respectiva palheta de cores de cada signo. Em todos a música está presente, também o gatinho preto transmutando as energias.

Alguns signos tem mais facilidade pra meditar. Os signos de ar (mentais) e os signos de fogo (ativos) são mais inquietos. De qualquer forma, tudo é uma questão de prática. Temos várias formas de meditação. Existem meditações ativas também, com dança, canto, música, a repetição de mantras e afirmações positivas. As práticas de visualizações criativas são excelentes nesses estados de relaxamento meditativo.

É urgente cultivarmos nosso poder de cocriar a realidade de forma consciente. Para tanto, meditar é fundamental. É nesses momentos que entramos em comunhão com o Divino que habita em nós, que podemos ouvir a voz da intuição e que as curas acontecem. A técnica básica é sempre essa: parar, ajeitar a coluna, focar na respiração, trazer a atenção pro momento presente. Cinco minutos por dia já está excelente pra começar.

Vamos às ilustrações, junto com um breve texto sobre qual seria a LUZ de cada signo. As respectivas afirmações são integradoras e curativas, sugeridas por Veet Pramad em seu livro CURSO DE TARÔ E SEU USO TERAPÊUTICO (ed. Madras).

Para Áries/Carneiro tons quentes: vermelho, carmim, laranja... cores que simbolizam vitalidade e ambição. As tonalidades de vermelho estimulam a confiança em si mesmo, a coragem e uma atitude proativa diante da vida.

Palavras-chave: Iniciativa, competitividade, dinamismo, energia.
Afirmação de luz: "Eu estou entusiasmado no princípio, meio e fim dos meus projetos e os realizo com energia e suavidade."

Um ariano mais consciente orienta suas energias objetivos superiores, humanitários, transpessoais. São seguros e responsáveis, cientes da força que os liga ao Plano Cósmico e ao pensamento universal, determinados a iniciar movimentos capazes de iluminar o mundo.


Para Touro tons de verde, ocre e marrom. Touro é a abundância, a riqueza que a terra produz. O verde tem uma forte afinidade com a natureza e nos conecta com ela. É a cor que procuramos instintivamente quando estamos deprimidos, cria um sentimento de conforto e relaxamento, de calma e paz interior, que nos faz sentir equilibrados interiormente.

Palavras-chave: Praticidade, preservação, produtividade, conforto.
Afirmação de luz: "Regozijo-me com minhas realizações e estou aberto para as surpresas e mudanças da vida."

O taurino consciente aprende sobre o desapego em relação à matéria, o distanciamento emocional frente ao que possui. Desenvolve a forma como o espírito lida com a matéria e uma escala de valores que situa a matéria e os bens materiais no lugar que lhes compete.


Para Gêmeos a cor de Mercúrio, seu regente: o amarelo. Tons de amarelo são associados ao intelecto, ao raciocínio e à expressão de nossos pensamentos. Clareiam a memória e as idéias, fortalecem o poder de discernir e a capacidade de julgar. Também nos ajudam a assimilar as idéias inovadoras, contribuem para a habilidade de ver e compreender os diferentes pontos de vista. Cinza, bege e branco equilibram, fortalecem a tenacidade e a versatilidade. São cores que também estimulam o cérebro.

Palavras-chave: Comunicação, sociabilidade, curiosidade, adaptabilidade.
Afirmação de luz: "Eu dou profundidade a meu conhecimento por meio da sabedoria da concretização."

O geminiano consciente promove a reprogramação mental de velhas crenças limitantes. Revela as qualidades que desenvolve ao aprender e que se expandem ao ensinar. Cultiva o modo como assimila e transmite o conhecimento. Desenvolve o poder mental e a confiança que os estudos podem despertar.


Câncer/Caranguejo traz a força da Lua em tons pastéis e aperolados (cinza, prata e pérola), para favorecer a parte feminina e emocional, os aspectos sensíveis da mente. Cores claras e suaves representam a pureza. Contribuem para a paz e o conforto, aliviam a sensação de desespero e de choque emocional, ajudam a limpar e aclarar as emoções, os pensamentos e o espírito.

Palavras-chave: Acolhimento, emoção, memória, hereditariedade.
Afirmação de luz: "Eu nutro os outros e a mim mesmo através de minhas visualizações positivas."

O canceriano consciente procura desenvolver o equilíbrio e a inteligência emocional, supera inseguranças e temores. Suas qualidades potenciais que antes estavam submersas no inconsciente são compreendidas e consciencializadas.


Leão é dourado, laranja, amarelo solar. Cores de fogo, alegres, anti-depressivas, que liberam a insegurança e as emoções negativas, renovam a fé na vida. O dourado, assim como o amarelo, está associado ao sol, à abundância (riquezas) e ao poder. Também está relacionada com os grandes ideais, a nobreza, a sabedoria e os conhecimentos. É uma cor que revitaliza a mente, as energias e a inspiração, afasta os medos e as coisas supérfluas.

Palavras-chave: Alegria, liderança, auto-estima, prazer de viver.
Afirmação de luz: "O poder criativo do Universo está fluindo através de mim, agora sob a luz do amor e da criatividade."

O leonino consciente encontra sua individualidade e se reconhece como um ser único. Cultiva a capacidade máxima de expressão de todo um potencial de experiência e conhecimento adquirido. Torna-se verdadeiramente criativo e original.


Virgem está relacionado aos azul marinho, marrom e verde. Os tons de azul escuro estimulam a sede de conhecimento, a integridade, o poder e a seriedade. Os tons de terra inspiram estabilidade e a praticidade, afastam a insegurança.

Palavras-chave: Aprimoramento, critério, organização, prestação de serviços.
Afirmação de luz: "Eu aceito e colaboro com a perfeição e a ordem universal."

O virginiano consciente cultiva o prazer de ser útil, de fazer a diferença na vida das pessoas com suas capacidades e talentos. Quando se disponibiliza em benefício dos outros, concretiza o seu potencial de intervenção própria no mundo, vive a consciência de enriquecer o mesmo mundo dando o melhor de si. Vivencia a missão de vida, o Serviço.


Libra/Balança é predominantemente rosa, a cor do amor. O rosa e o lilás são cores emocionalmente descontraídas, que influem nos sentimentos convertendo-os em amáveis, suaves e profundos. Favorecem carinho, amor e proteção, sensibilidade. Estão relacionados ao amor altruísta e verdadeiro.

Palavras-chave: Senso estético, elegância, diplomacia, parcerias.
Afirmação de luz: "Eu gero harmonia com beleza e autenticidade."

O libriano consciente vivencia o Amor com letra maiúscula. O prazer do relacionamento sentido como troca, no dar e receber em liberdade. Sabe que a tensão amorosa é a força atuante para o crescimento e a consciência. Compreende que só o Amor nos liberta da prisão interior, do separatismo solitário. Só o Amor liberta da divisão do mundo. Por ser o polo exterior de sua imagem interior, o outro complementa e fecha o ciclo da sua identidade.


Escorpião também é vermelho, mais escuro e intenso, que simboliza a atração, o amor, a paixão e desejo. Inspira poder, garra e confiança. Tons de violeta e roxo trazem mudança, transmutação. São cores do mais alto nível espiritual e mental, tem um efeito de limpeza para os transtornos emocionais.

Palavras-chave: Perspicácia, transformação, profundidade, concentração.
Afirmação de luz: "Eu uso meu poder interno construtivamente na autotransformação e na cura."

O escorpiano consciente busca a grande alquimia do Ser. A transformação do Eu em profundidade, a dolorosa confrontação com seus desejos. É uma morte psíquica. Dá-se quando a vida o obriga a largar o que julgava ser sua força, sua obscura segurança, seu poder. Vive e aceita a perda, vivida como Processo de Regeneração. Abre uma nova vida e transcende a realidade. É a via da salvação.


Para Sagitário os tons de magenta, que inspiram liberdade. Quando uma pessoa se sente desanimada ou preocupada por sua situação, ou quando se sente brava ou frustrada, a cor magenta acalma esses sentimentos e deixa que seu espírito emerja. Também estimula a generosidade, a criatividade e a independência. O violeta inspira a espiritualidade, a expansão, a proteção psíquica.

Palavras-chave: Expansão, gosto por viagens e aventuras, entusiasmo.
Afirmação de luz: "Eu manifesto a sabedoria interior e vejo o supremo nas coisas mais simples."

O sagitariano consciente compreende que não somos entidades solitárias, separadas da força de um universo em expansão. Transcende a divisão do ego separatista para aderir a Leis Intemporais capazes de o direcionar e orientar. Aprende Verdades Universais, que serão ensinadas aos outros. Ao adquirir uma nova fé que lhe mostra o caminho, procura expandir-se pelo prazer de ensinar. É a Via dos Mestres, a expressão da Sabedoria.


Capricórnio vem com a sobriedade dos tons de terra e do preto. Cores que inspiram austeridade, vida interior, previsão e ordem. O preto é ao mesmo tempo cor de proteção e mistério. Está relacionado com o silêncio e o infinito. Os laranjas, beges e terra também estimulam a mente, inspiram praticidade, abundância e organização.

Palavras-chave: Capacidade empreendedora, perseverança, sucesso, maturidade.
Palavras-chave: "Eu atinjo minhas metas relaxadamente, deleitando-me a cada passo do caminho."

O capricorniano consciente se identifica com a responsabilidade social. A contribuição se torna mais segura, mais adulta, mais livre e mais determinada. Vence os medos, a imaturidade e responde totalmente ao seu destino, ao seu projeto de vida. Uma vez liberto das inseguranças e condicionamentos que o prendiam ao passado, só então é emocionalmente adulto, capaz de se assumir responsável. Agora pode afirmar conscientemente o que antes não podia ser expresso, liberto de medos inconscientes, de resistências emocionais e sentimentos redutores de inferioridade. Nesta fase pode criar novas estruturas.


A cor azul turquesa está associada ao signo de Aquário, que pode vir cercada com outros tons de azul. É uma cor envolvente, refrescante e tranquilizante. O turquesa é aconselhável para o estresse mental, o cansaço e o desejo de purificar-se. É uma cor que nos anima a começar de novo com forças renovadas e idéias novas. Boa para momentos em que nos sentimos sozinhos, nos ajuda a ser mais comunicativos, sensíveis e criativos. Estimula a sede de conhecimento, o mental, a generosidade, saúde, cura, frescor e limpeza.

Palavras-chave: Criatividade, originalidade, ousadia, independência.
Afirmação de luz: "Eu planto um mundo melhor, vivendo a consciência cósmica aqui e agora."

O aquariano consciente apreende a intenção evolutiva de um Universo em expansão. Afirma-se como ser universal, consciente da sua evolução planetária, sabendo-se uma parte Individualizada desse organismo vivo que é a Humanidade, conhecendo-se como um elo dessa Imensa cadeia cósmica, onde cada um tem o lugar que é seu. Ao chegar a este alto nível de consciência, desperta para a sua responsabilidade de estar no mundo. Vibra na alta frequência humanitária da grande família humana de que faz parte. Ao assumir o que tem de único e individualizado, acrescenta de um modo solidário algo de seu ao movimento de evolução coletiva. Contribui para um futuro melhor, mais fraterno e libertador.


Peixes traz tons de azul e verde-água. Estas cores têm um profundo efeito sobre a mente e são utilizadas pelos psiquiatras para acalmar e tranquilizar os pacientes que sofrem problemas mentais e nervosos. O azul mais escuro é uma cor muito poderosa para a psique. É um estimulante para a imaginação e a intuição. Também nos conecta com os impulsos musicais e artísticos, o mistério, a sensibilidade, a beleza e os grandes ideais, inspirando-nos sensibilidade, espiritualidade e compaixão.

Palavras-chave: Inspiração, sensibilidade, imaginação, compaixão.
Afirmação de luz: "Eu sou um na minha integração com a vida e na realização de meus objetivos."

O pisciano consciente está conectado ao seu Eu Superior. O Eu Liberto, já sem medo, consciente de que É, em sua Essência Templo de Vida. Neste nível acontece a rendição do Ser, quando abre o coração. E desfaz o Nó da Eternidade. Das profundezas do Ser finalmente emerge uma Emoção de Unidade, um sentimento de Gratidão e Paz. Só então se reconhece Eterno.

quarta-feira, 13 de outubro de 2021

O PODER DE MADONA NEGRA


O Princípio Feminino. 
A Mãe Primordial.
A Deusa da Fertilidade.

As Virgens Negras são símbolos do Matriarcado. A cor negra de Madona se deve aos cultos muito antigos, até mesmo pré-históricos, relacionados com a fertilidade e fecundidade da terra, ao escuro da noite, ao útero, à Mãe Terra, à Deusa Mãe. 

Uma das mais antigas estatuetas encontradas representa Madona com seu filho divino, ambos com cabeça de cobra. Sua ligação com os animais era evidente. Em baixos-relevos cravados na rocha ou em pequenas estatuas, Ela aparece cercada de leões, pássaros, serpentes, leopardos, touros e peixes. O Ovo Cósmico, os círculos concêntricos, as imagens de mulheres avantajadas com protuberantes seios, nádegas e barriga, traziam este poder. Nádegas para parir, barriga para gerar e os seios para nutrir.


As antigas imagens das Virgens Negras são registros valiosos de uma época em que a Terra era reverenciada como Mãe e todas as criaturas eram Seus filhos. Já era conhecida, adorada e reverenciada nos cultos célticos e mesmo em cultos anteriores, muito mais antigos. Na Suméria, aparece como Inanna, de dupla personalidade: de dia é a valorosa Senhora das Batalhas, deusa dos Heróis. À noite torna-se a Deusa da fertilidade, dos prazeres e do amor. 

Na Babilônia, Ela é Isthar. Entre os hebreus, é Astarte. Na Frigia, é Cibele. No Egito, é Isis. Na Grécia é a Mãe Animal que, como cabra, porca ou vaca, alimenta o pequenino Zeus. A Deusa de Creta - Deméter - é a Senhora do Mundo Inferior, das profundezas da Terra e da Morte. Seu ventre terreno é o ventre também da fertilidade de onde a vida emana. 

Harmonizar os opostos – vida e morte, masculino e feminino - é a principal Força da Madona Negra. Ela é o Negro da Luz. A cor negra evoca o mistério impenetrável da Fonte Criadora. Ísis e Shekina são cobertas por mantos ou véus pretos, Cibele era venerada como um bloco de pedra preta, Deméter e Athena tinham versões escuras e a belíssima e tocante estátua de Ártemis de Éfeso, a Mãe dos mil seios, era negra. Como doadora da vida, Ela é o útero eterno. Ela é o Orixá Oxum, senhora das águas, que são o sangue da Terra. 


O seu culto foi difundido por todo o Império Romano, associando-se, posteriormente, às imagens marianas do cristianismo. Nos primórdios do da religião cristã, o princípio feminino era representado por Virgens Negras e Brancas e por uma multidão de santas, todas brancas, com exceção de Sara, a Egípcia, padroeira dos ciganos. Na medida da expansão e do fortalecimento da religião cristã, as estátuas de mármore e bronze das deusas pré-cristãs foram destruídas. Seu culto foi perseguido e proibido. 

Porém, em lugares remotos dos países cristianizados, fieis dos antigos cultos preservaram as pequenas estátuas, escondendo-as nas grutas e fendas da terra, em criptas dos templos antigos, perto de fontes e rios e no oco das árvores. Alguns foram encontrados no sul da França, na proximidade dos centros religiosos dos cátaros e templários e nos lugares onde foi preservado o culto da Mãe Divina e de Maria Madalena. 

Em vários locais, as Virgens Negras “apareceram” posteriormente e de maneira milagrosa, encontradas por pessoas humildes, animais ou crianças. Muitas delas foram perdidas ou destruídas por fanáticos e guerras, enquanto sua verdadeira origem e significado estavam sendo esquecidos. No entanto, sua lembrança influenciou gerações posteriores de escultores e artistas religiosos que reproduziram suas imagens, surgindo assim representações mais recentes, com características e trajes cristãos, mas preservando a cor negra. 


No século VII e VIII chegaram na Europa estátuas originais das deusas antigas trazidas do Oriente Médio pelos Cruzados. Na Idade Média os altares dedicados à Virgem Negra na Europa eram os mais procurados e venerados. Não foi possível extinguir da alma popular a veneração milenar de uma Mãe Divina. Seu culto era possuidor de um espírito de sabedoria própria, que não se submetia a nenhuma organização ou lei. 

A partir do século X, o culto das Mães negras se intensificou de tal forma que ultrapassou o do Pai e Seu Filho. Reis, guerreiros, camponeses, mulheres, doentes e peregrinos se ajoelhavam perante as imagens das Virgens milagrosas nas inúmeras igrejas e grutas a Elas dedicadas nos países europeus. Milagres e aparições aconteciam com frequência, principalmente curas de mulheres, enfermos e crianças. A Virgem Negra tornou-se motivo predominante na literatura mística e alquímica dos séculos XII e XIII e o impulso para a construção de inúmeras catedrais, igrejas e permanentes romarias.


Em tentativas equivocadas e sem fundamento para explicar a cor negra das estátuas, alegavam escurecimento pela fumaça das velas ou reações químicas dos pigmentos das tintas. Era necessário ocultar e distorcer o verdadeiro significado da cor negra: atributo milenar da terra, do inconsciente, da fase escura da Lua, do poder misterioso e sagrado da mulher, da sabedoria ancestral que aceitava a morte seguida pelo renascimento, assim com o dia segue à noite. 

O culto da Virgem Negra representava a importante perpetuação do princípio feminino na cultura e religião patriarcal e misógina. Por isso devia ser abolido ou desacreditado. Apesar da oposição dos teólogos cristãos, da perseguição pela Inquisição, da destruição de inúmeras imagens pelos protestantes, revoluções, guerras e reformas políticas, das tentativas de tingir e disfarçar as estátuas de branco, o fenômeno complexo e multifacetado das Virgens Negras persistiu ao longo dos séculos. 

As fogueiras da Inquisição foram seguidas pela frieza da Era da Razão e do materialismo científico, que antagonizava tudo o que era relacionado ao princípio feminino. Porém, no século XIX e XX, aparições marianas reanimaram o culto da Virgem Negra. A necessidade de conciliar religião e sexualidade trouxe de novo os valores telúricos e femininos à consciência coletiva. 


Algumas das Virgens Negras se tornaram símbolos religiosos e mesmo padroeiras nacionais, como a Virgem de Guadalupe, a Madona Negra de Czestochova (Polônia). Na França, em Saintes Marie dela Mer procissões, missas e oferendas no mar reverenciam a negra Sara Kali.


Para nós, é a Padroeira do Brasil - Nossa Senhora Aparecida, descoberta em 1717 no rio Paraíba, em São Paulo. É uma pequena imagem que se apoia numa lua crescente. Nesse lugar hoje existe uma cidade-santuário, que acolhe peregrinos de todo o Brasil e do exterior. 

Apesar da diversidade de aparências, origens e antiguidade, as Virgens Negras evocam as memórias ancestrais da Grande Mãe, da Mãe Terra. Sua antiguidade supera a das religiões e civilizações. Têm um grande poder de cura e transformação, pois possuem o antigo axé das deusas telúricas, as Senhoras da vida, morte e regeneração. 

Ela é a consoladora dos aflitos e dos excluídos. Aparece misteriosamente onde há sofrimento e opressão. Milagrosa, poderosa, misericordiosa, ela traz conforto e alento para todos. Seu coração é imenso como o Cosmo.


A sua aparição em sonhos, visões e terapias das mulheres contemporâneas representa uma mensagem do feminino sagrado e transcendente. Um incentivo para transpormos as pontes que nos afastam e separam e o aviso urgente e premente de reconhecermos o poder sagrado da Terra e da mulher, da diversidade de todas as formas de vida e da necessária inclusão em uma harmoniosa e abrangente parceria. Nossa sobrevivência como Filhos da Terra depende da nossa capacidade de resgatar, honrar e cuidar da Sua luz.

Madona Negra chega até nós nas viagens xamânicas ao som do tambor. No Xamanismo moderno, há uma vivência especial em que vamos ao seu encontro nas meditações. Ela nos abre o coração. Recebemos seu poder de cura, de fertilidade, criatividade, vida e seus ensinamentos, que estão gravados na alma da humanidade e do inconsciente coletivo. 

Nossa próxima vivência para o encontro com Madona Negra será no Brasil, no sul de Minas Gerais. Faremos um retiro no feriado de 15 de novembro, quem se interessar pode ver os detalhes aqui.

Salve Madona Negra!


VÊNUS - O AMOR, A BELEZA, O PRAZER E OS VALORES

Compartilho aqui um amplo material sobre o planeta Vênus, que inclusive faz parte do conteúdo do meu curso de Astrologia. Além da simbologia de Vênus, a interpretação do planeta em cada casa e em cada signo no mapa natal, tambémVênus retrógrado. Espero que façam bom proveito!

VÊNUS NA MITOLOGIA

Na mitologia, Vênus é a deusa do panteão romano, equivalente a Afrodite no panteão grego, representante do Amor e da Beleza. O mito de seu nascimento conta que ela surgiu de dentro de uma concha de madrepérola, gerada por Urano nas espumas do mar (aphros, em grego). Logo após o seu nascimento foi arrebatada para o céu, em grande pompa, pelas deusas Horas, que presidiam às estações. Todos os deuses a acharam tão formosa, que a designaram deusa do amor e cada um deles queria desposá-la.

Foi Vulcano que a recebeu por mulher, por ter forjado os raios com que Júpiter combateu os Gigantes, que queriam apoderar-se do céu. Mas Vénus, não conseguia suportar o marido por causa de sua feiura. Entregou-se à vida dissoluta e teve muitos amantes, entre os quais Marte, filho de Juno e deus da guerra, com quem teve um filho - Cupido. Vulcano a surpreendeu com Marte, cercou o lugar com uma rede invisível e convocou todos os deuses para que presenciassem o espetáculo.

“O Nascimento de Vênus” de Sandro Boticelli. Galeria Uffizi.

Vênus também desposou Anquises (príncipe troiano) com quem teve Eneias, que, já homem, partiu com uma grande armada para a Itália, para aí fundar um novo império. Ela presidia a todas as festas de prazer e divertimento, sempre acompanhada das três Graças.
É representada geralmente com Cupido, seu filho, sobre um coche puxado por pombos ou por cisnes. Aparece em muitas obras artísticas como um ideal de beleza, desde a clássica (greco-romana) até as modernas, passando pela renascentista.

A VÊNUS ASTROLÓGICA
Na astrologia, Vênus engendra as forças que nos levam à procura de prazer. Representa também a nossa busca pela harmonia, em todos os níveis. Rege o amor, a sensualidade, a alegria, a beleza, a doçura e os relacionamentos sentimentais. É o principio de atração entre os seres. Vênus emite ondas de simpatia que fazem com que as pessoas desejem estar juntas, serem agradáveis com os outros e amarem-se. Seus efeitos nos sensibilizam ante todas as manifestações da beleza.

De polaridade feminino-negativa, o planeta Vênus é magnético, sensível, fecundo, pertencente ao elemento ar, suas vibrações atingem a sensibilidade. Refina as sensações e emoções, estando associado à paz e à harmonia. Afeta as atividades artísticas e todas as manifestações de criatividade.

Simbolizando a atração recíproca dos seres e das aproximações sexuais, Vênus representa a esposa, a amante, a jovem, a mãe, a amiga, as artes e o prazer.

Em Libra e Touro encontra seu domicílio,. Em Touro, está mais ligado ao prazer sensorial, às posses, as finanças, ao conforto. Em Libra, está mais ligado às parcerias, relacionamentos e habilidades sociais.

Regência: Touro e Libra
Detrimento ou Exílio: Escorpião e Áries
Exaltação: Peixes
Queda: Virgem

Metal: cobre
Cristais: Malaquita, Turmalina Verde, Esmeraldas, Quarzto Verde, Quartzo Rosa, Kunzita, Crisocola.
Anatomia: Vênus governa especialmente sobre os rins e as paratireóides. Domina sobre o tato, a virilha e os órgãos genitais femininos.

VÊNUS NOS SIGNOS

VÊNUS EM ÁRIES
Quem possui Vênus nesse signo do zodíaco é ardente e impulsivo, podendo se apaixonar e desapaixonar de maneira quase instantânea. As paixões súbitas não duram muito, pois numa relação, a conquista é a parte mais estimulante para eles. Depois, quando o fogo da paixão começa a diminuir, eles podem perder o interesse.

Quem tem Vênus em Áries tende a buscar o prazer de forma imediatista. É caprichoso e inconstante. Quando se interessa por alguém quer sexo no primeiro encontro. Incapaz de esperar, não dá muitas voltas para dizer o que quer: vai direto ao assunto, de maneira franca e aberta, sem rodeios. É pegar ou largar!

Quem tem Vênus em Áries precisa se sentir livre, leve e solto. Gosta de brincar, dançar e mesmo que tenha seu par, é dono de si. Tem um jeito espontâneo de expressar afeto, gosta de ser paparicado, elogiado e valorizado no que faz. Mas se a graça estiver apenas na conquista, ela desaparece depois que o objetivo é alcançado.

O cuidado deve ser para compras impulsivas, para a busca do prazer inconsequente. Quem se relaciona intimamente com alguém que tem essa característica astrológica não pode se queixar de falta de sexo. Mas é muito difícil manter a chama acesa durante muito tempo. Portanto, num relacionamento de longo prazo é necessário contar sempre com algo novo e excitante. Quem tem Vênus em Áries deve aprender a ser criativo no amor, deve aprender a transcender seus desejos infantis e buscar outros valores, se quiser viver uma história duradoura.

VÊNUS EM TOURO
Quem possui Vênus neste signo alia o prazer e o conforto ao amor e aos sentimentos. Procura um amor seguro, de longo prazo, que seja aliado a um plano de vida comum. O nativo é naturalmente fiel. Além da amabilidade e da sensualidade, expressa seu amor proporcionando conforto e segurança. Necessita de demonstrações constantes de fidelidade.

Gosta de realização e satisfação sensorial: uma boa comida, um bom perfume, o conforto de casa. Um bom vinho, uma boa massagem, tratamentos estéticos, o namoro, as artes e a vida cultural. Tudo o que envolve sensibilidade e prazer, tudo que estimule os sentidos merece investimento especial.

Essa necessidade de segurança pode torná-lo excessivamente ciumento e possessivo. Por essa razão, o nativo costuma controlar cada passo do ser amado. Geralmente é belo, atraente, gosta de se vestir bem, com conforto e luxo. O amor é caloroso e sensual. Aprecia o luxo e pode gastar muito com seus cuidados pessoais, podendo até exceder no luxo para ostentar suas posses.

VÊNUS EM GÊMEOS
O nativo com Vênus em Gêmeos precisa de estimulo intelectual num relacionamento. Expressa seu amor de forma raciocinada, gosta de explicar constantemente aquilo que sente. Adora conversar com seu parceiro, manifestando curiosidade sobre emoções e sentimentos alheios.

O amor geminiano é racional, mas não por isso é menos intenso. Caso sinta necessidade de expressar aquilo que sente, o faz com muita sinceridade, diretamente e sem rodeios e quer a mesma sinceridade de seu parceiro. Sua mente é refinada e artística. Por isso, perde o estimulo se o parceiro for do tipo caseiro, possessivo, ou (pior ainda) grosseiro.

No amor não pode haver rotina. O relacionamento deve ser leve e divertido, recheado de passeios, teatro, cinema, viagens e mudanças na rotina. Isso pode manter acesa a chama da paixão. Caso contrário, ocorre o risco de perder o interesse pelo outro sem justificativas razoáveis.

De qualquer forma, os envolvimentos fluem sem muitas complicações, pois é mais lógico, inteligente e, portanto, um bom negociador nas questões amorosas. É também um bom mediador, sabe evitar conflitos e possui mais jogo de cintura para lidar com impasses. Por outro lado, corre o risco de escapar de forma escorregadia em situações que precisam de enfrentamento. Se conseguir compreender que algumas situações devem ser encaradas, seu poder de negociação pode ajudá-lo a conseguir um bom desenlace.

VÊNUS EM CÂNCER
O nativo com Vênus em Câncer é, antes de tudo, um cuidador. Sonha com uma casa aconchegante, cheia de filhos, mesa posta, comida farta. Quem possui essa característica tem necessidade de se sentir amparado e procura sempre o conforto de seu lar, pois é naturalmente tímido e sentimental, apegado às lembranças do passado.

As relações amorosas podem não ser muito são muito fogosas, mas são românticas e podem proporcionar muito prazer quando estiverem envolvidos sentimentos sinceros. Existe certa carência afetiva (carência do útero materno) neste tipo de amor canceriano. Por causa disso, quem tem Vênus em Câncer nutre e cativa com pequenos cuidados maternais a pessoa amada, tornando-a dependente de seus cuidados.

Tanto Câncer quanto Vênus estão relacionados às qualidades femininas. Há sensibilidade, o uso da intuição e da imaginação, que podem enriquecer as trocas. Porém, a sua fragilidade emocional exagerada pode causar estragos num relacionamento, especialmente quando o parceiro não perceber a fragilidade de seus sentimentos, magoando-os, sem demonstrações de afeto ou envolvimento emocional.

VÊNUS EM LEÃO
O nativo com Vênus em Leão é muito ardente nas relações amorosas e precisa da admiração do seu parceiro para se sentir realmente amado. O seu afeto é sincero, mas requer atenções sem limites, mimos e presentes que o façam sentir exclusivos e únicos.

Quem nasce com esse posicionamento no mapa gosta de brilhar. Possui magnetismo para encantar, elogiar, seduzir. É caloroso e vibrante. Pode iluminar também nossos parceiros e amigos, enaltecendo-os. Mas se seu parceiro brilha mais, o nativo dá um jeito de recuperar o lugar de protagonista na relação. É preciso cuidado com a necessidade de aprovação a todo momento, com a aversão à críticas. Eis aí sua vulnerabilidade.

Essa Vênus de Fogo se inflama facilmente, mas também pode se apagar com a mesma rapidez se o outro não conseguir corresponder às altas expectativas. Quem possui essa Vênus sente atração pelo luxo e pelo belo. Apaixona-se por pessoas que demonstram força e autoridade. Não pode amar sem admirar.

Pode demonstrar uma vaidade exagerada e gostar demais dos prazeres mundanos, parecendo frívolo e superficial. Exigente, rende-se somente àquele amor que se ajoelhar aos seus pés. Gostam sempre de manter o comando na relação e usam do seu magnetismo para fazer valer suas vontades.

Feitas as ressalvas, a disposição para se apaixonar, amar e namorar é grande. Quando apaixonados, se entregam de corpo e alma. Pode dedicar um amor generoso e devotado e fiel, fazendo de tudo para oferecer o melhor de si ao seu parceiro.

VÊNUS EM VIRGEM
O nativo com Vênus neste signo é prestativo e devotado. Sente necessidade de relacionamentos estáveis e duradouros, onde a mútua compreensão e os pequenos cuidados diários são sinais de um amor racional e pragmático.

O nativo gosta de cultivar a prestatividade e o capricho em seus serviços, gosta de demonstrar amor e afeto em atitudes práticas. A experiência amorosa ganha uma atmosfera mais funcional. Com bom senso, cada detalhe, cada palavra e cada gesto minucioso é observado. É preciso cuidado para não se tornar crítico demais.

Não se deixa encantar por arroubos de afeto que sabe serem fogo de palha. Cuida, alimenta, promove a segurança do parceiro e dele deseja fidelidade e sinceridade. Pode fazer qualquer sacrifício para melhorar a vida do casal, tendo prazer nas pequenas coisas do dia-a-dia. Seu afeto é sincero, mas pode parecer frio pela ausência de demonstrações passionais, mesmo se é capaz de se expressar nas pequenas coisas do cotidiano. Necessita de rituais nos momentos mais íntimos, mas não tolera exageros.

VÊNUS EM LIBRA
Vênus está associada ao prazer, a tudo o que nos é agradável, ao que amamos e valorizamos. Em Libra, o signo das parcerias, Vênus quer se apresentar da melhor forma possível para agradar e seduzir. Mas também espera reciprocidade!

Vênus em Libra é discreta e refinada, não gosta de arroubos exacerbados, rudes e sexualmente primitivos. Ela quer estar junto de alguém para compartilhar a vida, deseja alguém que seja intelectual, igual, cúmplice e amigo. O amor deve ser esteticamente belo, doce e amável, cheio de pequenas atenções com o parceiro. Há necessidade de vivenciar um amor sofisticado e refinado. Adora receber aquelas atenções românticas que parecem tão fora de moda nos dias atuais.

Muitas vezes, porém, cede aos caprichos do seu parceiro somente para não desagradar. Pode haver certo distanciamento afetivo na tentativa de evitar conflitos, agressões, grosserias e situações desagradáveis. É preciso atenção: isso pode encobrir questões mais profundas nas relações.

Os nativos com Vênus em Libra são amantes da beleza e de qualquer demonstração artística. Possuem uma necessidade íntima instintiva que os impulsiona a procurar o par ideal, nem que isso resulte numa busca eterna. Capazes de uma sedução sutil e diplomática, atraem aquilo que desejam, sem imporem-se ao parceiro que escolheu.

VÊNUS EM ESCORPIÃO
Em Escorpião, Vênus quer intensidade e sedução, quer viver emoções fortes. A sexualidade fica evidenciada. A vontade é de se conectar com o outro num nível mais profundo. Vênus rege o signo de Touro, oposto a Escorpião, na verdade ela não se sente muito bem nesse signo. O planeta do amor no signo da metamorfose pode causar estranhamento, provocação, ciúmes, desconfiança, disputas de controle e poder. Os nativos costumam controlar o parceiro, ameaçando e espantando qualquer rival, mesmo que este exista somente em sua imaginação.

Vênus em Escorpião não gosta de coisas mornas. Vênus quer estabilidade e permanência, Escorpião denuncia a transitoriedade das coisas. Eis aí o conflito. O amor deve se transformar, se regenerar pra continuar existindo... e muita gente não gosta de sair da sua zona de conforto.

O cuidado deve ser com as paixões cegas, as ilusões, daqueles que esquecem de si mesmos e mergulham numa história, achando que o outro pode ser a tábua de salvação pra suas vidas.

De qualquer forma, o amor de quem tem essa Vênus em seu mapa é o mais quente do zodíaco. Passional, visceral, fogoso, enfim, é o amor paixão por excelência. Arrebatador, não conhece limites, nem na cama e nem fora! Ao se apaixonar, quem tem Vênus em Escorpião, requer absoluta dedicação de seu parceiro, já que sua paixão é tão profunda que não quer se arriscar a perder o objeto de seu desejo.

A sua sensualidade irá se expressar de maneira tão intensa que poderá se exceder nos jogos eróticos mais proibidos. Para manter a chama desta Vênus sempre acesa é necessária muita imaginação, pois sem sexo não haverá relacionamento.

VÊNUS EM SAGITÁRIO
O nativo com Vênus em Sagitário está sempre em busca de algo novo para conquistar e manterá acesa a chama do relacionamento somente se o parceiro não se deixar conquistar muito facilmente!

O desafio é equilibrar o amor, que quer apego, com a seta sagitariana que aponta rumos distantes. Como a aventura é o ponto forte desta Vênus, o amor precisará também ser uma aventura, com desafios, obstáculos e conquistas diárias. Os parceiros devem partilhar o desejo de serem livres, devem seguir juntos para novas aventuras e conhecer o mundo para que a relação se fortaleça.

Devem partilhar a cumplicidade e a sintonia em assuntos filosóficos, pois o mundo não precisar ser necessariamente uma divisa geográfica, mas também cultural, étnica e intelectual. O que atrai é a cultura do outro, sua inteligência, o que cada um tem a oferecer para a expansão da consciência.

Com a Vênus sagitariana, quando não há mais novidades no relacionamento, ou buscam novas experiências e aventuras juntos, ou a relação perde a potência. Esta Vênus detesta rotina e está sempre em busca de novas sensações, por essa razão o parceiro precisa ser interessante e cheio de recursos, físicos e intelectuais.

O fogo que acende a paixão expressa nesta Vênus não se apagará se a vida dos dois for uma constante aventura, excitante e cheia de surpresas. O seu parceiro deverá se manter inatingível e até distante... Caso contrário, a paixão se esvairá tão rapidamente como quando iniciou. As viagens e as aventuras em comum servirão como estímulo para manter a fogueira acesa.

VÊNUS EM CAPRICÓRNIO
O nativo com Vênus em Capricórnio ama de forma pragmática, pensada e realista. Pouco romântico e avesso a expressões sentimentais, se expressa através de avaliações e comparações, administrando seus relacionamentos e avaliando riscos, danos e perdas. Quanto mais tempo permanecer numa relação, tanto melhor saberá demonstrar seu afeto, sem grandes efusões.

Vênus em Capricórnio dá um tom mais sério e maduro às questões do amor e das finanças. O nativo gosta de tomar providências objetivas, realistas e práticas em relação às parcerias profissionais e amorosas. O amor fica menos imaginativo, menos açucarado, é verdade. Mas em compensação, o nativo parte pra realização dos desejos. Procurando um comprometimento sério, dentro dos moldes tradicionais, não hesita em investir no relacionamento, mas suas demonstrações de afeto visam sempre pautar a seriedade de suas intenções.

Acreditando que as relações se constroem no dia-a-dia, não cria ilusões inúteis e é capaz de investir no longo prazo, visando estabilidade e comprometimento, sempre em vista de conquistar objetivos comuns. O nativo com essa Vênus não cai sob as flechas de Cupido, mas prefere um amor pragmático e prático, capaz de criar alicerces sólidos para o futuro, dentro dos moldes da família tradicional.

VÊNUS EM AQUÁRIO
O nativo com Vênus em Aquário acredita que o amor, antes de tudo, significa liberdade e amizade. Sincero nos relacionamentos, acredita que quando se ama verdadeiramente alguém, é preciso respeitar a individualidade, sem demonstrar ciúme ou possessividade - atitudes que ela despreza profundamente.

Esta posição de Vênus inspira a amar e buscar o diferente, a cultivar ousadia, originalidade e inventividade, a fugir da mesmice e do que já foi estabelecido pela sociedade tradicional. A romper com os padrões estabelecidos e olhar para o futuro.

Pode amar alguém de outra classe social e até de outra cultura, ou até alguém do mesmo sexo, pois se sente estimulado ao desafiar o 'status quo', a sociedade tradicional. Avesso aos arroubos das paixões, pode romper bruscamente os relacionamentos que procuram cercear sua liberdade.

O nativo gosta de fugir de situações convencionais, de temperar o romance com situações insólitas e inesperadas. Aceitar as diferenças é também fundamental, sem tentar mudar o outro. O amor pode sobreviver mesmo à distância, pela internet, morando em casas separadas ou se encontrando sem prévio aviso, aleatoriamente. Até mesmo sem sexo! Não que ele não ame o sexo, mas procura intelectualizá-lo, racionalizá-lo, analisá-lo demais.

VÊNUS EM PEIXES
Essa é a posição de Vênus mais romântica e sonhadora do zodíaco. Vênus recebe de braços abertos as qualidades e toda a imensidão de Peixes: sensibilidade, inspiração, magia, encantamento, compaixão.

A intimidade com o outro, as experiências que envolvem prazer e sensibilidade, ganham ares sagrados. Nada do que se refere ao amor fica pequeno. Quando se apaixona, o nativo se entrega totalmente, fundindo-se com o outro e colocando-se aos seus pés. A anulação da personalidade no intuito de agradar o parceiro pode ser uma armadilha no longo prazo. Tudo emerge das profundezas, o bom e o ruim também. Anjos e demônios, sonhos e pesadelos, felicidades paradisíacas e sofrimentos do tipo "meu mundo caiu".

Com Vênus em Peixes é bom ter cuidado pra não idealizar o outro, ou o amor em si. Criar fantasias tão grandes que ninguém se torna capaz de satisfazê-las. Ao ver o outro como uma tábua de salvação pra sua vida, pode se dar mal ao embarcar em ilusões. É preciso cuidado para não se envolver em paixões impossíveis e fadadas a causar dor e sofrimento! Idealizando demais o amor, o nativo pode sofrer decepções e frustrações assim que a rotina natural de uma relação duradoura se instalar. Os sonhos se desfazem e o príncipe voltará a ser um sapo ao amanhecer.

A imaginação é fértil. O nativo precisa dar vazão às suas fantasias que são mais sensuais que sexuais. Precisa de uma união completa com o outro e irá fugir dos relacionamentos passionais que visam somente a satisfação sexual. Essa Vênus inspira o amor universal, com nossos semelhantes e com Deus. O amor deve ser compreendido como uma libertação psíquica e espiritual, como uma troca consciente e equilibrada a ser construída com quem partilha os mesmos anseios filosóficos e espirituais.

VÊNUS NAS CASAS

VÊNUS NA CASA 1
Vênus na Primeira Casa indica pessoas que possuem graça pessoal, modos agradáveis e um comportamento amigável. Esta posição é especialmente favorável no horóscopo de uma mulher, porque confere beleza física.

Geralmente, a infância é feliz, o que conduz a uma opinião favorável sobre a vida. Vênus na casa 1 também mostra que a pessoa é socialmente expansiva e ativa nos seus esforços para desenvolver amizades e romances.

As pessoas com esta posição gostam de roupas bonitas e de tudo o que realce sua aparência pessoal. Sua capacidade natural para se relacionar socialmente provavelmente resulta em oportunidades românticas, matrimoniais e nos negócios. O talento pode manifestar-se na arte, na música ou noutro tipo de expressão artística.

VÊNUS NA CASA 2
Vênus na Segunda Casa indica amor à riqueza, a coisas belas, objetos de arte e adornos pessoais. Em geral, todas as coisas adoráveis que o dinheiro pode comprar.

Os nativos também buscam a riqueza para atingir status social. No romance ou casamento, procuram parceiros ricos, que possam proporcionar-lhes os confortos materiais que desejam. Esta posição confere talento nos negócios, especialmente naqueles relacionados à arte.

Os artistas com Vênus nesta casa têm boa chance de ganhar dinheiro com a sua arte. As mulheres com esta posição de Vênus geralmente são extravagantes e os homens tendem a gastar muito dinheiro com as suas amizades femininas. O nativo pode receber ajuda dos amigos e dos contatos sociais, levando a acordos em negócios e a posições que trazem riqueza.

VÊNUS NA CASA 3
Vênus na Terceira Casa indica interesse intelectual em atividades artísticas e culturais. Há um amor especial pela literatura e pela poesia. Capacidade de se comunicar harmoniosamente por meio da fala e da escrita. As pessoas com esta posição podem ser bons artistas, eruditos e escritores.

Há muita movimentação e viagens curtas, por prazer e obrigação social. As pessoas com Vênus na casa 3 tendem a analisar os relacionamentos românticos e contatos sociais de maneira intelectual. Geralmente se comunicam facilmente com os seus cônjuges e amigos íntimos. Têm bom relacionamento com irmãos, irmãs e vizinhos.

Os contatos sociais e românticos são realizados com vizinhos ou pessoas conhecidas em atividades comunitárias e intelectuais. São pessoas que escrevem lindas mensagens de amor e poemas românticos. As relações sociais e românticas estabelecidas por intermédio de jornais ou redes sociais provavelmente são resultado de Vênus na casa 3.

VÊNUS NA CASA 4
Vênus na Quarta Casa indica ligação emocional com o lar e o cenário doméstico. Os relacionamentos com os membros da família tendem a ser harmoniosos. Os nativos gostam de receber seus amigos íntimos e namorados em casa, onde podem cozinhar para eles e criar um ambiente aconchegante, acolhedor e pessoal.

O lar desses nativos é sempre artisticamente decorado, de maneira tão bela quanto suas posses lhes permitam. A proximidade emocional com os pais está favorecida e muita alegria pode vir por intermédio deles. Heranças podem vir dos pais.

Há a promessa de beleza e conforto no final da vida. Há amor pela terra, flores, jardinagem e vegetação exuberante e um amor patriótico pelas belezas naturais da terra natal.

VÊNUS NA CASA 5
Vênus na Quinta Casa indica uma forte inclinação para o prazer e uma natureza romântica. Há amor pela vida, com um ponto de vista otimista. O romance é de importância fundamental. Pode haver felicidade e prazer no romance, com muitas oportunidades românticas.

Os nativos com esta posição geralmente são populares e queridos. Amam as artes e podem ser muito talentosos, especialmente nas artes dramáticas. Gostam de frequentar teatros e assistem a apresentações musicais em suas atividades sociais e românticas.

Esta posição de Vênus proporciona amor pelas crianças. Ela também cria pais amorosos, professores e psicólogos infantis. Os filhos desses nativos provavelmente serão meninas com talento artístico e beleza física.

VÊNUS NA CASA 6
Vênus na casa 6 indica a possibilidade de atividades sociais e envolvimentos românticos estabelecidos no trabalho. O trabalho geralmente está ligado a atividades artísticas, eventos ou acontecimentos sociais. É importante cultivar o amor pelo trabalho, relacionamentos harmoniosos e amigáveis com colaboradores, empregados e patrões.

As condições de trabalho podem ser belas e harmoniosas. As pessoas com esta posição com frequência se casam com alguém que conhecem no seu trabalho, ou desenvolve projetos de trabalho em comum com seu amor.

Esta posição oferece o gosto por roupas bonitas e habilidade na criação e confecção de roupas. O afeto com frequência é dedicado a animais de estimação. A saúde é boa, porém, não muito resistente. Essas pessoas podem ter boa saúde se não abusarem. Após o casamento, muitas vezes a saúde melhora.

VÊNUS NA CASA 7
Vênus na Sétima Casa pode indicar habilidade social e um casamento feliz. Os nativos têm muita popularidade devido às suas maneiras agradáveis e consideração pelos outros.

Há habilidade para lidar com o público, favorável para aqueles que se dedicam à psicologia, vendas, relações públicas e artes dramáticas. O casamento e amizades íntimas são muito importantes para essas pessoas. Elas procuram o casamento para sua satisfação romântica e pela felicidade que ele oferece.

Geralmente se casam cedo e obtém prosperidade social e financeira por intermédio do casamento. Manifestam amor nos seus relacionamentos pessoais e, consequentemente, recebem amor de volta. Essas pessoas raramente precisam se envolver em ações judiciais, porém, quando o fazem, tentam resolver o assunto sem recorrer a um tribunal.

VÊNUS NA CASA 8
Vênus na Oitava Casa indica lucros financeiros por intermédio do casamento, outras sociedades e relações sociais. Com frequência, esta posição indica uma herança ao longo da vida. O casamento também pode ser motivado pela possibilidade de ganhos financeiros.

Há tendência a uma natureza sensual. A posição de Vênus na casa 8 proporciona emoções excessivamente intensas. É preciso cuidado com o ciúmes e a possessividade, porque aqui Vênus está na casa relacionada a Escorpião, o signo de seu detrimento.

VÊNUS NA CASA 9
Vênus na Nona Casa indica amor pela filosofia, pela religião e pela arte. As pessoas com esta posição com frequência fazem longas viagens por prazer. Os parceiros no casamento e outros importantes contatos sociais e românticos podem acontecer por intermédio de universidades e igrejas, durante longas viagens ou em países estrangeiros.

Podem ocorrer fortes ligações com estrangeiros ou pessoas de outras raças e religiões. Os nativos possuem ideais elevados sobre o amor. Podem tentar converter as pessoas amadas às suas próprias opiniões religiosas ou filosóficas.

Essas pessoas geralmente são bem informadas no que se refere à história cultural e artística. Em alguns casos, tornam se especialistas nessas áreas. Vênus nesta casa muitas vezes proporciona amor à música e à arte religiosas. Pode haver relacionamentos harmoniosos e lucrativos com pessoas da família.

VÊNUS NA CASA 10
Vênus na Décima Casa indica ambição social e artística. O indivíduo provavelmente irá escolher uma profissão relacionada às artes e, se possuir talento artístico, tem boa chance de reconhecimento.

É provável que procure se casar com alguém capaz de lhe proporcionar status e riqueza. Podem existir boas relações e amizade com patrões e pessoas em posições de poder.

Esta posição de Vênus proporciona aos nativos sucesso nos contatos com o sexo oposto, o que pode favorecer as suas carreiras. É preciso cuidado para não se tornar socialmente interesseiro ou alguém que esquece os seus velhos amigos assim que realiza suas ambições sociais.

VÊNUS NA CASA 11
Vênus na Décima Primeira Casa indica amizades sinceras e relacionamentos estabelecidos por meio de atividades em grupo. A generosidade com os amigos assegura que receberá bom retorno deles. Por essa razão, as esperanças e desejos têm boa chance de se realizarem.

O nativo com Vênus nesta casa cultiva muitos amigos do sexo oposto. As amizades também são estabelecidas com artistas e músicos. O parceiro no casamento com frequência é apresentado por amigos ou conhecido em atividades de grupo. Os amigos com frequência se tornam namorados. E os namorados, amigos.

VÊNUS NA CASA 12
Vênus na Décima Segunda Casa indica amor pela tranquilidade isolamento e solidão. Os contatos pessoais e sociais com frequência são mais reservados. Podem ocorrer casos secretos de amor. A timidez social pode levar à solidão ou à frustração romântica.

Há harmonia emocional com a mente inconsciente, que pode proporcionar profunda inspiração artística. Grande parte do comportamento social é motivado por um nível inconsciente. As pessoas com esta posição são gentis e compreensivas com aqueles que se encontram em dificuldades. Possui grande sensibilidade e podem se magoar com facilidade. Há muita compaixão nesta posição, porque ela corresponde ao signo de Peixes, no qual Vênus está exaltado.

VÊNUS RETRÓGRADO

Vênus retrógrado num mapa astral anuncia uma vida amorosa difícil. A pessoa age com o ser amado de maneira contraditória. Procuram programar a sua relação amorosa com ele, seguindo uma linha demasiado dura, demasiado exigente ou não o bastante! Há um desacordo entre os objetivos amorosos das pessoas e a sua maneira concreta de viver o amor.

As suas dificuldades com o sexo oposto devem-se a uma falta de segurança interior. Padecendo de uma grande solidão afetiva, aspiram de tal maneira à felicidade, que bloqueiam neles mesmos as forças que lhes permitiriam atingi-la.

Vênus retrógrado indica um carma no campo afetivo: as pessoas não haviam entendido sobre o amor em suas vidas passadas. O seu comportamento inadequado lhes havia acarretado grandes sofrimentos. Na vida atual, a lembrança dessa dor os impede de se darem plenamente.

As pessoas pertencentes aos dois sexos sem se darem conta, podem suspeitar que aqueles que os amam tenham intenções egoístas ou interesseiras, mesmo quando não é este o caso. A maioria das vezes não é. Essa suspeita leva-os a recusar o amor, muitas vezes sem razão, pois assim se privam de uma oportunidade de felicidade.

O aprendizado é sair de sua prisão afetiva. Desbloquear-se e entregar-se verdadeiramente ao ser amado.

VÊNUS RETRÓGRADO NOS SIGNOS

VÊNUS RETRÓGRADO EM ÁRIES
O nativo desconfia dos outros: tem dificuldade em assumir o casamento, em virtude de uma grande desconfiança em relação ao amor. Ficará feliz quando compreender as virtudes do diálogo: ouvir mais, deixar o ser amado se expressar, sem lhe impor sempre uma direção ou um comando.

Essa Vênus imediatista, impulsiva, autoritária e exigente deve aprender a paciência. Deve aprender a transcender seus desejos infantis e buscar outros valores, se quiser viver uma história duradoura.

VÊNUS RETRÓGRADO EM TOURO
Esta situação planetária evoca uma ligação que não pudera desabrochar numa vida passada. O nativo pode reencontrar atualmente esse amor. Amar alguém que já conhece há várias vidas lhe dará um extraordinário sentimento de segurança.

Entretanto, o nativo deve evitar ser obsessivamente possessivo, o que o impedira outrora de ser feliz. Deve aprender a não exigir dos seres mais do que podem dar.

VÊNUS RETRÓGRADO EM GÊMEOS
Neste signo da adolescência, em que o ser ainda não atingiu sua polaridade sexual, Vênus retrógrado indica uma instabilidade afetiva nas existências anteriores, nas quais a pessoa vivia o amor como um jogo leviano.

O nativo deve agora aprender a se comprometer seriamente, a cultivar responsabilidade e integridade. Resistindo à tentação da inconstância, à tendência de falar demais e de jogar seus parceiros um contra o outro com fofocas ou intrigas.

VÊNUS RETRÓGRADO EM CÂNCER
Em Câncer, signo da tradição e da família, Vênus retrógrado demora-se na infância e na imaturidade de um comportamento mais exigente de atenções do que generoso. Muito dependente das suas experiências anteriores, o nativo procura reconstituir sua família de uma encarnação precedente.

Essa posição de Vênus indica um "complexo de Édipo" tanto mais difícil de liquidar quanto é herdado de uma vida passada. O nativo se esforça para reconstituir sua vida presente sobre o modelo das suas infâncias passadas: quer amar sem correr riscos. Poderá se libertar quando amadurecer suas emoções e assumir a fundo sua paternidade (ou maternidade).

VÊNUS RETRÓGRADO EM LEÃO
Em suas vidas passadas, o nativo ficava constantemente preocupado em deslumbrar suas futuras conquistas - daí uma busca de luxo, de dinheiro, de esnobismo. Na intimidade, fazia medo aos que amava, por seu autoritarismo. Superprotetor, queria assumir tudo.

Pode demonstrar uma vaidade exagerada e gostar demais dos prazeres mundanos, parecendo frívolo e superficial. Exigente, rende-se somente àquele amor que se ajoelhar aos seus pés. Gostam sempre de manter o comando na relação e usam do seu magnetismo para fazer valer suas vontades.

Deve agora ser mais generoso, procurar relações simples e amistosas com o ser amado, deixando-lhe o direito de existir por si mesmo. Deve ser devotado e fiel, fazendo de tudo para oferecer o melhor de si ao seu parceiro.

VÊNUS RETRÓGRADO EM VIRGEM
Esta posição do planeta indica um ser muito crítico, que traz essa tendência de vidas passadas. O nativo, antes de amar, procurava sempre o defeito da pessoa, o que lhe dava um pretexto para não se comprometer numa relação afetiva com ela.

Deve agora aprender a ser mais tolerante e compassivo para sair da sua atitude destrutiva e egoísta. Deve aprender também a fazer pequenos sacrifícios para melhorar sua convivência diária, encontrando prazer nas pequenas coisas do dia-a-dia.

VÊNUS RETRÓGRADO EM LIBRA
Pode haver certo distanciamento afetivo na tentativa de evitar conflitos, agressões, grosserias e situações desagradáveis. É preciso atenção: isso pode encobrir questões mais profundas nas relações.

Em suas vidas passadas, o pior inimigo do nativo foi ele mesmo. Demasiado romântico, demasiado perfeccionista, deve aprender a amar com indulgência, equilibrando amor e firmeza. Ser condescendente, mas ao mesmo tempo aprender a colocar limites de forma saudável.

VÊNUS RETRÓGRADO EM ESCORPIÃO
Em vidas passadas, o nativo foi insatisfeito, sequioso de novidades, intensas experiências, emoções e paixões destrutivas. Suas dificuldades com o sexo oposto têm origem nas outras vidas: o nativo viveu experiências amorosas que lhe haviam provocado um profundo desprezo por si próprio. Seu "comportamento de fracasso" tende a provar que o amor é digno de desprezo.

Deve essencialmente aprender a perdoar e a esquecer para que possa se abrir ao amor. Deve também buscar uma perspectiva espiritual mais elevada.

VÊNUS RETRÓGRADO EM SAGITÁRIO
O indivíduo dá valor antes de tudo à sua independência e à sua liberdade. Por causa disso sacrificou o amor em suas vidas passadas. Incapaz de estabilidade afetiva, vive muitas vezes sozinho e não suporta o casamento por muito tempo.

A necessidade de mudança impele o nativo para uma vida amorosa agitada, com múltiplas experiências que duram apenas um certo tempo. Ele se estabilizará, se consentir em sacrificar parcialmente sua liberdade em nome de um relacionamento duradouro e bem sucedido.

VÊNUS RETRÓGRADO EM CAPRICÓRNIO
Essa posição de Vênus impele o nativo para um cônjuge mais idoso, que simboliza a autoridade que conheceu e que vivenciou no passado. Tem uma tendência a não esquecer nada, a nada perdoar e a se comportar de forma austera. Isso pode ser frustrante para ele e para os outros.

Este é precisamente um dos casos em que a família é para ele uma prova cármica. Nesta vida o nativo deve cultivar generosidade, amorosidade e afetividade. Superar o medo de dar, de se dar.

VÊNUS RETRÓGRADO EM AQUÁRIO
O nativo demonstra mais boa vontade para com os amigos, em detrimento de sua família. É mais generoso com os amigos do que com os seus amores. Demasiado independente, reluta em aceitar qualquer compromisso afetivo. Foge assim que fareja a menor obrigação ou necessidade de comprometimento.

Por isso se torna solitário. Interessa-se no fim da vida pela História, pois procura inconscientemente compreender porque, em suas encarnações precedentes, os outros fugiam dele assim que aparecia. Não pede nem procura uma total intimidade com os outros, pois já fica muito feliz em sentir-se aceito, ou mesmo simplesmente tolerado.

O nativo deve agora se envolver em causas mais solidárias e humanitárias. Assim encontrará um grupo com o qual possa efetivamente colaborar para a comunidade.

VÊNUS RETRÓGRADO EM PEIXES
Muito solitário, o nativo tem a tendência a buscar de novo os fantasmas românticos das vidas anteriores. Impressionável, imaginativo e sensível, seu equilíbrio emotivo e nervoso deixa a desejar.

Deve procurar libertar-se de um de ilusões (como, por exemplo, buscar de novo a alma irmã perdida em cada encontro amoroso). O auxílio aos outros lhe ensinará a amar de maneira positiva.

VÊNUS RETRÓGRADO NAS CASAS

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 1
A casa 1 descreve a pessoa tal como o percebem os outros. Vênus nesta casa indica que a pessoa gosta de si mesma. Quando o planeta esta retrógrado, é provável que a pessoa, em suas vidas anteriores, tenha levado esse amor ao excesso: era Narciso, deslumbrado consigo mesmo.

O nativo não se sente satisfeito, procura atenção dos outros, tende a não ter medida de dar e receber afeto. Quer viver a própria vida, mas pode ser tornar possessivo com os outros. A pessoa não se dedica aos afetos, mas absorve muito das outras pessoas para alimentar sua autoconfiança.

Na vida atual, ele tem demasiada tendência a querer agradar. Procura atrair para si o amor dos outros, ao invés de dar amor àqueles que dele têm necessidade. É preciso cultivar mais generosidade. O nativo deve aprender a transcender seus desejos infantis e buscar outros valores, se quiser viver uma história duradoura.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 2
Sequioso de segurança, o nativo permanece apegado demais aos objetos, pessoas e instituições que oferecem segurança, para ele tranquilizadoras. Pode ser, com frequência, um excelente artesão, ou artista, mas as suas criações nunca são de vanguarda: ele ficou preso à sensibilidade artística de épocas passadas.

O nativo tenta reciclar experiências passadas para ter sentimentos de segurança. É possessivo, quer absorver o universo à sua volta. Pode ser muito materialista, enquanto procura restabelecer e fortalecer todos os sentimentos passados de autovalor. Tem forte tendência a repetir todas as coisas de que gosta e se torna uma pessoa de muitos hábitos.

A necessidade por segurança no plano físico e material pode ser tão grande, que o nativo se torna apegada, não é generoso. Não é muito competitiva, pois há preguiça. Experimenta dificuldades com o sexo oposto como resultado da possessividade ou do medo de ser possuído.

Gosta de fazer as coisas à sua maneira e se aborrece quando sente que os outros estão invadindo seus métodos de fazer as coisas. Pode haver um carma de ligação ao amor de uma vida passada e de bem-estar com respeito a pessoas, objetos e circunstâncias. O nativo deve cultivar o desapego, transformar o medo de empobrecer com mais fé, espiritualidade e generosidade, para abandonar suas tendências materialistas.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 3
Neste signo o nativo tem algo a aprender no campo da comunicação com os outros: em vidas passadas, seus discursos agressivos, canhestros ou indelicados haviam afastado os que o cercavam, particularmente seus irmãos e irmãs, primos e, na escola, seus colegas.

Há tendência de não se sincronizar na maioria de seus relacionamentos. Ama demais ou de menos em relação ao amor recebido. Ou, então, seu amor se torna fora de sintonia na dimensão do tempo. Pode sentir um grande amor por uma pessoa enquanto se prepara para estar com ela, mas se desanima durante o contato pessoal e depois olhando para trás e o recria em sua mente. Assim, cria problemas afetivos sem viver os relacionamentos no aqui e no agora.

Passa muito tempo analisando tudo que sente. As qualidades mutáveis da casa 3 dificultam pessoa da sintonia mental com seus próprios sentimentos. Sente-se inseguro, especialmente com pessoas da própria idade. Para sentir-se aceito, pode dizer ou fazer coisas que sabe não serem suas.

Deverá aprender a se amar, a se controlar, usar de integridade e sinceridade. Sobretudo a usar de mais tato nas relações faladas ou escritas com seus parentes e pessoas próximas.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 4
Em suas vidas passadas, o nativo não soube criar um ambiente satisfatório no seu lar (ou a sua pátria, se tinha responsabilidades políticas ou administrativas). Seus familiares não se sentiam felizes em sua casa. Isso se deve ao fato de que seu lado afetivo estava subdesenvolvido.

Gosta de ter alguém do sexo oposto em quem possa se apoiar. Seu conceito de amor sempre envolve um grau de proteção dos pais, dos quais, embora possa se ressentir exteriormente, interiormente precisa demais.

É infantil, recriando continuamente o tipo de amor que experimentou em seus primeiros anos de vida, por não ter amadurecido seu amor e a ligação com um dos pais. Assim, continua tentando voltar ao útero materno. Algumas vezes sente medo das pessoas e, como resultado, tem mais dificuldade para expressar seus gostos para o mundo exterior do que para os de sua intimidade.

Inconscientemente, limita o número de pessoas e de situações exteriores com as quais possa se sentir confortável. Está aprendendo através de um Carma que continua repetindo o começo das experiências de amor até que tenha confiança suficiente para acreditar que, através delas, ganhará a segurança que precisa para expressar seu amor no mundo exterior.

Em suma: Eterna criança, apavorado com o mundo exterior, não tendo liquidado outrora seu Édipo, deve aprender agora a sair de sua concha para dar ternura e proteção aos seus.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 5
Em suas vidas anteriores, a pessoa estava quase que exclusivamente voltado para o prazer, para o lazer e para os amores inconstantes. Era provavelmente um jogador. Pode ter sido pouco ortodoxo em seu comportamento sexual. E possível também que tenha negligenciado os seus filhos em vidas passadas.

O nativo geralmente tem um ego muito forte, que se manifesta através do processo criativo. Algumas vezes, pode dominar as pessoas pela confiança interior que tenta transparecer. Faz uma encenação para os outros e tende a projetar seus sentimentos nos outros porque não tolera rejeição e pode rejeitar os outros antes de perceber que eles a rejeitarão, quando sente que pode não estar à altura dos padrões alheios.

Em alguns casos traz consigo o orgulho, que os outros precisam reforçar antes que os admita em seu círculo social. Sente-se melhor quando é capaz de ajudar os outros, considerando-os menos competentes.

Uma das dificuldades nesta posição são as frustrações quando se prende a expectativas irrealistas. É incapaz de achar a pessoa perfeita que possa preencher tudo que acha que precisa. Está aprendendo a lição cármica da satisfação. A insatisfação que sente pelos outros é sempre a insatisfação que criou em si. A lição é esperar menos da vida e realizar a felicidade que está procurando.

Deverá tentar, na vida atual, amar sinceramente e também assumir seus compromissos paternos.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 6
Em vidas passadas, o nativo foi negligente com as leis naturais da higiene. Sua falta de disciplina na alimentação pode ter acarretado má saúde ou ainda (segundo as indicações do resto do mapa astral) teria feito mau uso de sua boa saúde - que lhe havia sido dada para que se colocasse a serviço dos outros. Cuidar do próximo, ministrar-lhe ensinamentos e prestar serviços - eis o que deveria ter feito, e não fez.

Há uma tendência a experimentar relacionamentos decepcionantes, particularmente nas áreas associadas ao trabalho. Costuma se afastar dos outros porque não entende como lidar com as imperfeições que vê neles. Assim, sua aproximação com as pessoas é muito mecânica e todo pensamento e ação que recebe de outra pessoa são vistos como parte de muitos movimentos em seu planejado jogo de xadrez da vida. Pode fazer muitos favores para os outros, mas se satisfaz apenas quando sabe que estes podem ser devolvidos.

Tende a julgar os outros pelo que eles fazem, medindo suas realizações e atos em comparação com seus próprios ideais. Assim, tem dois padrões, não percebendo que os ideais de todas as pessoas que conhece podem ser tão elevados quanto os seus e que a falta de habilidade deles para viver de acordo com estes ideais, em sua presença, é um reflexo de suas próprias fraquezas humanas.

Usa a maior parte de sua energia sublimando e reprimindo muitas de suas necessidades. É preciso aprender a admitir a necessidade que tem dos outros. O nativo deve, agora, para liquidar seu carma, respeitar uma higiene de vida, cultivar hábitos saudáveis e uma disciplina alimentar sem projetar isso nos outros. Colocar sua experiência a serviço da humanidade sofredora.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 7
O nativo pode viver dissabores no casamento (ou nas associações) por causa das vidas passadas demasiado individualistas. O nativo aceitava o amor que lhe era oferecido e não o retribuía. Não respeitava os compromissos assumidos em contratos e "puxava a brasa para a sua sardinha" em todas as circunstâncias.

Seu humor e seus sentimentos são desviados pelo mundo ao seu redor. Pode assumir diferentes identidades. Seus sentimentos são como um pêndulo, balançando de um lado para outro conforme os ventos dos sentimentos de outras pessoas, sempre passando pelo centro mas raramente ficando lá. Nunca tem certeza se é visto ou não como sendo adequado aos olhos dos outros.

Muito sensível ao seu meio ambiente externo, inicialmente se submete e se perde nele e então foge para recobrar seu equilíbrio. Contudo, não gosta de fazer as coisas sozinho. Está vivendo um Carma de experimentar as partes desequilibradas de si mesmo através dos caminhos nos quais os outros o veem.

É preciso aprender a ver seu verdadeiro reflexo através dos olhos daqueles a quem ama. Entretanto, se lutar contra o fato de que muitas de suas ideias, pensamentos e sentimentos parecem ser rejeitados e não compreender o porquê disto, então continuará repetindo o desequilíbrio.

Deve aprender também a respeitar os direitos dos outros e a desenvolver a harmonia conjugal. A se conduzir de maneira generosa e construtiva em todas as associações nas quais esteja envolvido.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 8
Em suas vidas passadas tudo acabava mal para o nativo, por causa de certos traços de carácter negativos, dos quais ele deve agora se livrar. O nativo se complicava nas relações humanas, deixava-se levar a situações inverossímeis por sua necessidade de sexo e de dinheiro.

É possível que tenha tido faculdades mediúnicas, dons ocultos que tenha utilizado mal (para fins materiais e pessoais). É possível também que tenha vivido mortes muito dolorosas.

A natureza do desejo energiza a necessidade de criar uma satisfação futura. A emoção do amor é frequentemente ligada a uma raiva ou a um ressentimento do passado, a lembranças dolorosas. Sexualmente, oscila de períodos de intensa necessidade a períodos de completa falta de interesse. Seu impulso sexual está relacionado a um forte desejo de possuir. Às vezes, pode secretamente ter ciúmes dos outros ou inveja dos que parecem ter mais do que ela.

Há tendência de esconder de seus próprios sentimentos. Há muita impaciência, uma vez que está experimentando a profundidade de suas próprias necessidades e sentindo a influência das necessidades de outras pessoas. Isto frequentemente provoca um conflito entre a maneira como se relaciona com a sociedade e o modo como verdadeiramente se sente. Muitas vezes existe grande ressentimento, porque se sente enganada ou privada de muitas coisas que ela acredita serem suas.

Tende a passar a vida fazendo as coisas da maneira mais difícil, invejando o modo com os outros podem atingir as mesmas metas com menos esforço. Experimenta um sentimento de isolamento do mundo. Há um resíduo de vida passada, de amor perdido. Como resultado, acha difícil confiar inteiramente nas pessoas que encontra na vida atual porque, inconscientemente, vê em cada uma delas, uma das partes simbólicas do amor do qual foi privado no passado.

Lições cármicas: fazer bom uso do dinheiro dos outros, aprender a perdoar para se abrir ao amor, buscar uma perspectiva espiritual mais elevada, que permitirá a pessoa não temer a morte, as perdas e as transformações da vida.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 9
Esta posição de Vênus sugere que o nativo tenha sido um beato nas vidas passadas, praticando uma religião conformista, puramente social. Ao mesmo tempo, permitia-se inúmeras distorções da lei que pretendia honrar.

Além disso, o nativo tem uma grande necessidade por liberdade pessoal e não permite que os outros dificultem ou obstruam o seu espaço. Em algumas pessoas esta posição se manifesta num grande amor pela vida espiritual. Há necessidade por um sentido de amplidão da vida e sacrifica a intimidade com outras pessoas a fim de preencher esta necessidade.

É independente e não gosta de ser colocado no molde dos desejos dos outros. Pode ser uma posição difícil para o casamento ou qualquer outro relacionamento de natureza duradoura, pois não aceita compromissos permanentes. Carmicamente traz consigo para esta vida um resíduo muito forte de fazer o que gosta e quando gosta de fazê-lo.

O nativo deve, portanto, buscar um real progresso espiritual. Praticar amplamente a tolerância religiosa e a abertura para o relacionamento sem medo de perder sua liberdade.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 10
O nativo traz frustrações de vidas passadas, o que desejara lhe fora recusado. Almejara particularmente o prestígio, as honras, a glória - ou, pelo menos, a aprovação dos seus chefes. O fracasso vem de certos traços negativos de sua personalidade, particularmente a falta de tato e de diplomacia. Por um orgulho mal colocado, o nativo deseja ser aceito por seus superiores, mas não faz nada para isso. É capaz, mas não se deve deixar bloquear por um excessivo sentimento de superioridade.

Gosta de olhar para trás, para as realizações de seus desejos e necessidades, para saber que é aceito por aqueles que anteriormente admirou como sendo superiores. Deseja a aceitação social, mas não procura por ela. Assim, sua expressão exterior de criatividade é dificultado pela expectativa de ser ou não ser rejeitada pelos outros.

Pode se tornar excessivamente preocupado sobre como está se integrando com os outros e como resultado torna-se muito sensível em situações sociais. Isto tende a fazê-lo se sentir menos confortável em público. Sente fortemente a responsabilidade do passado e não tem certeza se é capaz de viver de acordo com ela. No mapa de um homem isto pode trazer dificuldades com as mulheres, como resultado do domínio de uma mulher mais velha no começo da vida.

Geralmente existe muita habilidade criativa já desenvolvida em encarnações passadas, mas o indivíduo precisa desenvolver a confiança em si mesmo, se quiser expressá-la. Carmicamente passa pela vida tentando reunir os sentimentos que lhe darão propósito de que necessita. Tão logo possa fazê-lo, começará a expressar o que esteve procurando em sua vida.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 11
Os amigos do nativo foram, numa vida passada, tão mal acolhidos, que o impediram de progredir. Seduzido pelas lisonjas interesseiras desses amigos, não tinha coragem de afastá-los. Na vida atual, o nativo reencontra suas antigas relações e o mesmo tipo de vida social.

O nativo pode viver uma curiosidade sem direção. Procura por satisfação em muitas direções diferentes e algumas vezes, o senso de realidade é tão singular que quase se separa de seu plano terreno de identidade. Quer experimentar tudo, mas não sabe por quê. Precisa aprender a discriminar para que cada nova extravagância e ilusão que atraia seja bonita em si mesma. A mistura de todas elas é desarmoniosa e o fazem sentir desconfortável com elas. Expressa muita rejeição pessoal, isso o torna mais afastado.

Seu secreto desejo de viver experiências por si mesmas o mantém ligeiramente afastado do resto da humanidade, que ele ama tão ternamente. Alguns, com esta posição, passam por experiências sexuais bizarras, uma vez que a necessidade por exploração está sempre tentando transcender as normas da sociedade.

Em encarnações passadas experimentou tantas coisas diferentes que o agradaram, que se tornou uma pessoa constantemente à procura do que ainda não experimentou. Seus sonhos podem ser irrealistas, mas a natureza de sua realidade pessoal é desinibida com as restrições da sociedade convencional.

Seu futuro é inteiramente baseado no quanto ele se apega às suas fantasias passadas. Deve agora aprender o discernimento e escolher relações mais refinadas, que o ajudarão a se elevar cultural e moralmente.

VÊNUS RETRÓGRADO NA CASA 12
Em vidas passadas o nativo permaneceu apegado a um amor antigo, um amor que nunca se rompeu. O nativo demonstra tendência à autocompaixão, pois sabe, mais ou menos conscientemente, que deixou esse ser amado para trás. Muito romântico, não tem realmente os pés na Terra, e caminha na vida atual trazendo essa ferida secreta. Tem a possibilidade de transformar essa carga emotiva em obra de arte, ou em criação humanitária.

O nativo tenta esconder os sentimentos que pensa que possam ser rejeitados. Pode ser feliz quando está sozinho, mas não gosta de se sentir abandonado pelos outros. Ao menor sinal de rejeição, pode passar por longos períodos sentindo pena de si mesmo, pois sabe instintivamente que veio para esta encarnação deixando para trás seu verdadeiro amor.

Como tal, tenta se contentar encontrando aspectos simbólicos daquele amor em todas as pessoas que encontra, porém dentro de conceitos românticos do passado. Pode ser insatisfeito com as experiências de sua vida atual, pois tudo o que percebe é visto através das lentes coloridas de seus conceitos preconcebidos. Caminha pela vida com uma silenciosa mágoa e não gosta que os outros lhe façam exigências.

Geralmente, nesta posição, existe muita emoção contida e, embora os outros raramente vejam isto, está consciente disso e se recusa a viver o presente. Pode ser muito criativo se não for forçado, pois tende a gastar muito tempo dentro de si mesma, absorvendo lembranças passadas de momentos nos quais sentiu paz consigo mesmo.

Não procura a popularidade exterior. Podem surgir casos de amores clandestinos tentando manter no presente um amor do passado. Emocionalmente controlado, tende a permitir que oportunidades da vida a passem para trás. Cessará de perder seu tempo em vãs lamentações (cármicas), no dia em que compreender que deve viver plenamente o presente. Alcançará a felicidade quando perceber que, por viver no presente, não está realmente perdendo seu passado.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...