terça-feira, 16 de dezembro de 2014

REFLEXÕES SOBRE A COMPAIXÃO


Olá, amigos!
Compartilho algumas reflexões sobre o significado da compaixão. Fruto de leituras, pesquisas, vivências e do que tenho aprendido com alguns mestres. Antes quero deixar claro que não me coloco na posição de mestre, apenas de um comunicador que procura dividir aprendizados. Sei que há uma grande diferença entre conhecer o caminho e trilhar o caminho. E temos todos um longo caminho pela frente até que possamos manifestar verdadeira e continuamente a compaixão em nossas vidas.

O sofrimento e a dor são naturais, todos vivemos isso: uma hora é a morte de alguém, outra hora é a doença do outro, a dificuldade de superarmos limitações... e assim segue a vida. A compaixão é quando captamos a dor do outro e por meio dela ficamos unidos a todos. Apenas assim podemos contribuir para a libertação e o crescimento de todos nós.

Compaixão é quando podemos ver ou sentir a natureza humana de uma pessoa se manifestando e aproveitarmos a oportunidade para procurar ajudar, para transformar sombras em luz. Por meio de conversas e terapias, ou muitas vezes até pela correção mais direta e firme. Mas se tivermos raiva, rejeição, julgamento ou impaciência diante da natureza humana, a cura não acontece. Neste nível de envolvimento pessoal não é possível ajudar o outro. Só podemos interferir na natureza humana de alguém quando acolhemos essa natureza em nós mesmos, sem julgar ou condenar, com compaixão e impessoalidade, sabendo que a sua natureza humana é também a nossa. Ao superarmos em nós, podemos corrigir.

COMPAIXÃO NÃO É PENA
A atitude do ego de sentir "dó" não é compaixão. Não adianta analisar a fome de um país, assistir a noticiários e ter pena dos miseráveis, achando que compaixão é apenas condenar o governo e partilhar mensagens de revolta na internet. Alimentar os que passam fome tem seu valor, mas o que dermos materialmente dura apenas um ou dois dias. É apenas a nossa iluminação, a nossa libertação que traz a verdadeira felicidade para o mundo, pois estamos todos conectados. A compaixão é como um alimento que não se esgota e que se irradia para todos.

É a aceitação dos outros como eles são. Temos que deixar cada um carregar sua cruz, caso contrário não carregamos nem a nossa, nem a do outro. Primeiro temos que ter compaixão por nós mesmos, para então poder auxiliar o outro.

Por exemplo: em relação aos filhos ou aos familiares, temos que aprender a aceitá-los da forma como eles são, porque não existe perfeição nesse mundo. Ninguém é perfeito e por isso não podemos julgar. Julgar é condenar. Ter compaixão é libertar. A verdadeira compaixão é abrir o coração pra tudo e pra todos, deixar o espírito fazer o que só Ele sabe fazer.

Somos todos produto do inconsciente coletivo e por isso não podemos jogar a primeira pedra. Toda a humanidade está em nós. Todos já fomos vítimas e algozes em nossas sucessivas encarnações. Alguns trazem certos aspectos a mais ou a menos do que os outros, mas tudo está em nós. Também não podemos esconder nossa humanidade debaixo do tapete pra manter as aparências, pois se não aceitarmos ser o que somos, quem vai comandar é o ego.

OUVIR O OUTRO
A mente surda é aquela que fica conjecturando sobre si mesma enquanto o outro está falando. Essa atitude mental faz com que não fiquemos abertos para aquilo que o outro fala. Isso é um vício. Rejeitar e não ouvir o outro é não sentir o que ele é. Muitas vezes fazemos isso porque desejamos que o outro seja o que nós queremos.

Ouvir o outro é sentir o que ele é verdadeiramente. É não rejeitar sua forma de estar no mundo. O outro precisa da nossa compaixão! Se não ouvirmos o que o outro fala de coração aberto, como seremos tocados por aquilo que o outro é? Como desenvolver a compaixão? Devemos ouvir não só pra entender o que o outro está falando, mas pra podermos nos relacionar verdadeiramente com o universo da natureza humana.

A LINGUAGEM UNIVERSAL
Falamos a linguagem universal quando nos abrimos para receber e entender tudo o que os outros nos dizem, além da nossa própria verdade. Quando respeitamos e compreendemos o ponto de vista de cada um, porque sabemos que as diferentes verdades conduzem para a Verdade Universal.

O mundo do ego ordena: você tem que ter personalidade, opinião! Mas os grandes Mestres ensinam: você tem que perder a personalidade, dissolvê-la. Se somos donos da nossa suposta verdade, da verdade de nossa mente condicionada, estamos aprisionados. Mas se não temos mais a nossa própria verdade, podemos viver todas. A Verdade Universal se dissolve nas diversas verdades e vice-versa.

CURAR COM A COMPAIXÃO
Curamos com a compaixão quando conseguimos enxergar a Luz, a Essência Divina contida em cada pessoa. Olhar seus dons, suas qualidades, seu potencial. Quando vier o vício de olhar as sombras é preciso mudar o enfoque, respeitando o momento na evolução, no crescimento daquela pessoa. O curador consegue ver o bom e o belo, de Ser para Ser.

Mas só temos o poder de curar quando não temos mais o desejo de mudar o outro, porque quem tem esse desejo é o ego. E o ego não tem poder nem autoridade pra isso, pois o livre-arbítrio é nosso direito mais sagrado. Ao nos envolvermos emocionalmente com situações que não podemos resolver, estamos apenas demonstrando nossa infantilidade.

Precisamos aprender a colocar as coisas em seu devido lugar. Quando alguém está passando por uma dificuldade, é ele que está passando, e não nós. Temos que aceitar que essa é a história dele, o seu carma. A mãe, por exemplo, pode estar dormindo com o filho e se o filho tiver um pesadelo, ela não poderá ajudá-lo. É ele que tem que despertar.

Nem imaginar o que o outro está sentindo nós podemos, pois é o momento dele viver o que precisa viver e apenas quem vive sabe realmente o que se passa dentro de si. Não temos que sofrer só porque todo mundo sofre. Como auxiliar o outro se ficamos fragilizados como ele? Sim, é preciso ser sensível e reconhecer a dor do outro, mas devemos ser o que somos, mantendo-nos autênticos em nossa individualidade.

REFLETIR COMO O DIAMANTE
A compaixão acontece quando somos movimentados pelo outro. Recebemos o que vem da pessoa e passamos a compreender o que está dentro dela, mas sem nos perder de nós mesmos, do nosso centro e do nosso ser. Pra isso temos que estar libertos do ego, da persona. É preciso estar vazio pra poder sentir o outro.

No estado do ego queremos salvar as pessoas e este desejo gera uma tensão, uma simbiose que nos liga doentiamente a elas. Mas num estado mais ampliado, no espírito, somos como o diamante, que reflete todas cores e não tem cor.

TERRA FÉRTIL
Fértil é a pessoa natural e espontânea, que não tem medo de nada, que não teme ser aquilo que é. Temos que nos abrir para dar e não ficar esperando que o outro dê. Temos que ser flexíveis, que ser humanos iguais a todos, sem nos sentirmos especiais. A terra fértil recebe todas as sementes, sem escolher nem um, nem outro.

Fértil é a pessoa aberta para doar, assim como a Mãe Terra doa seus frutos. Não é preciso medo, nem dúvidas de que podemos doar um sorriso, uma flor, uma música, uma ideia, uma intuição, um olhar.

Pra conquistar a consciência do todo, nossa tarefa é conquistar a consciência de nós mesmos. E se não fizermos primeiro por nós, não poderemos verdadeiramente fazer nada por ninguém. Se formos felizes, faremos os outros felizes. Se formos equilibrados, podemos equilibrar todo o ambiente em que chegamos. Se tivermos compaixão por nós, poderemos ter por todos. Se nos amarmos, podemos amar o próximo. Se libertarmos a nós mesmos, poderemos libertar a todos.

Portanto, cuidar da nossa própria história, buscar o nosso próprio despertar, é o verdadeiro caminho da compaixão.

Sejamos felizes!!!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

PREVISÕES ASTROLÓGICAS PARA 2015


Olá, amigos!
Queremos saber se 2015 será um ano melhor, mas nós é que temos que nos esforçar pra sermos melhores. Tudo parte de nós. O céu indica as lições, os temas em evidência para determinado período. E sempre temos lições, pois o aprendizado é eterno. O objetivo deste artigo é analisar brevemente as tendências gerais para 2015, pra que o texto não fique muito longo e cansativo. Aviso desde já que não farei previsões específicas pra cada signo.

O ano astrológico terá início do dia 20 de março às 19h45 (horário de Brasília), com o ingresso do Sol em Áries. Será um ano regido por Marte, o planeta da ação, da conquista, da afirmação, da energia sexual, masculina e assertiva. É o arquétipo do guerreiro. Se sua energia não for conduzida com sabedoria pode gerar agressividade, conflitos, guerra e acidentes.

Aproveito para indicar o excelente artigo do querido António Rosa - MARTE, PLANETA REGENTE DO ANO ASTROLÓGICO DE 2015 - e render-lhe uma homenagem. Essa semana nos despedimos do nosso professor, mestre, amigo e referência na Astrologia. António partiu para os planos superiores dormindo. Regressou à casa da melhor forma possível, digna dos seres iluminados. Deixo aqui registrada minha gratidão por seu trabalho, seu grande legado e por seu carinho. Devo a ele o suporte e o incentivo para o meu trabalho com Astrologia e para este blog. Contei com seu total apoio desde que o conheci, em abril de 2009 (encontrei o post em que ele deixou seu primeiro comentário aqui). Recorria a ele quando tinha dúvidas e sempre me respondia prontamente. António vai fazer falta! No artigo indicado acima, um dos últimos trabalhos em seu blog COVA DO URSO, podem conferir sua competência e sua generosidade. Uma postagem detalhada e cuidadosa, bem ao seu estilo característico. Deixou um riquíssimo material no site ESCOLA DE ASTROLOGIA NOVA-LIS, sua herança para todos nós. Até breve, querido amigo!

António diz em seu artigo que podemos esperar para 2015 "mudanças, mudanças, mudanças... Tendencialmente, sempre à bruta. A todos os níveis: pessoais, territoriais, geográficos, climatéricos e espirituais. Estejamos atentos. Não nos podemos esquecer que teremos a companhia de Júpiter em Leão, durante uma pate de 2015. E Úrano em Carneiro. É muito Fogo junto."


No momento do ingresso do Sol em Áries, Marte estará poderoso nesse signo de sua regência. Lá também estarão Lua (conjunta ao Nodo Sul) e Urano. É um ano para INICIATIVAS. Bom para cultivarmos autonomia, poder de decisão e liderança, audácia, garra e coragem. Para vencermos a inércia, enfrentarmos os desafios, aprendermos a ser independentes e fazermos o que deve ser feito.

O clima é mais belicoso. Mas a Lua conjunta ao Nodo Sul em harmonia com Saturno diz que sai ganhando quem souber fazer bom proveito da sabedoria trazida no passado. Quem contar com o apoio dos mestres. Quem tiver metas claras, agir com equilíbrio emocional, maturidade e responsabilidade. Se as iniciativas forem combinadas com comprometimento e consciência, os resultados são sempre garantidos, não é? (Voltarei a analisar este mapa detalhadamente em março, mais próximo da ocasião).

SATURNO EM SAGITÁRIO
Saturno ingressa em Sagitário já em 24/12/14. Fica retrógrado em 15/03/15. Retorna a Escorpião em
17/06/15. Volta ao movimento direto em 02/08/15 e reingressa em Sagitário em 19/09/15, ficando por lá até 21/12/17.

Saturno é o mestre que cobra competência por onde passa. Fala de estrutura, controle, limite, da realidade nua e crua. Pede determinação, responsabilidade, dever, mostra o que é preciso ser corrigido, muitas vezes às custas de dificuldades. Sagitário é o signo dos altos ideais, do mundo sem fronteiras, das viagens, dos estudos superiores, do sacerdócio, das religiões.

Temos aqui a tarefa de cortas as asas da expansão sem controle e da busca distorcida da espiritualidade. Cultivar a noção da realidade para que nossos vôos sejam mais bem sucedidos. Sonhamos com mundos distantes, mas precisamos aprender a superar as restrições para chegar aos destinos traçados com maturidade.

Saturno vai trazer mais exigências quanto á qualidade dos estudos e atividades que exijam inteligência. Nos assuntos relacionados ao saber e ao desenvolvimento espiritual. Os sacerdotes e dirigentes espirituais que fazem seu trabalho de forma irresponsável podem contar com a cobrança deste planeta. Os mestres e professores também.

A ideia é expandir, crescer, produzir avanços pouco a pouco. Crescer direito, de forma segura e duradoura. Os países, as empresas e as pessoas que têm feito seu dever de casa podem se beneficiar com melhores índices de expansão. Questões éticas tendem a ser tratadas com mais seriedade. Crescer "a qualquer preço" é uma ideia que se torna cada vez mais contraproducente.

Uma das áreas que pede mais cuidado é a EDUCAÇÃO. As instituições de ensino (principalmente o ensino superior) passarão por uma sabatina geral que testará sua eficácia e sua adequação ao mercado. Podemos esperar também mais intercâmbio de profissionais qualificados entre os países. A legislação trabalhista também pode ser revista para que gere mais crescimento.

Em termos pessoais, Saturno fará aspectos fortes ao Sol dos signos de Sagitário, Gêmeos, Virgem e Peixes. Testará a objetividade, o foco, a consciência, a clareza e a determinação dos nativos destes signos. Evidenciará o medo de não saber exercer a autoridade ou de não realizar nada de importante. São trânsitos de limpeza cármica. Novamente indico um artigo de António Rosa aqui.

SATURNO EM ESCORPIÃO
Um breve regresso e acertar de contas no signo de Escorpião, de 16/06 a 19/09/15. Copio aqui o que escrevi no ano passado para esse trânsito:

Atitudes e temas que estarão favorecidos:
- revitalização de áreas urbanas
- práticas mais econômicas
- sustentabilidade
- atividades ligadas à reciclagem e despoluição em geral
- cirurgias corretivas, que trarão mais qualidade de vida
- mais responsabilidade e maturidade em relação às práticas sexuais
- interromper processos danosos e abusivos
- quitar dívidas e se antecipar a possíveis problemas
- buscar ajuda para problemas crônicos – vícios, fobias e dificuldades emocionais
- cultivar disciplina
- mudar, transformar, dar uma virada, resolver uma história e se libertar de algo

Muito cuidado com mentiras, soluções rápidas e irreais. Saturno em Escorpião pede profundidade e seriedade. Os tratamentos de saúde, emocionais e espirituais ganharão força cada vez mais. Palavras-chave: enfrentar, mergulhar, confrontar a verdade, resolver, perdoar, limpar, finalizar.

JÚPITER EM LEÃO
O expansivo Júpiter segue retrógrado em Leão até 08/04/14. Ingressará em no criterioso Virgem em 12/08/15 e ficará por lá até 09/09/16.

Júpiter segue à vontade em Leão, signo de fogo. Esquentando os corações, inspirando confiança, confiança, alegria, criatividade, entusiasmo e autoestima. Mas como está retrógrado até abril, pede um cuidado maior e revisões na forma como lidamos com a vaidade, a prepotência, a busca de prazer a qualquer custo, o exagero nas celebrações, os vícios em jogos e divertimentos.

Outros temas para Júpiter retrógrado:
- Revisões em posturas dogmáticas, daqueles que se acham o dono da verdade.
- Revisões em assuntos jurídicos, que podem apresentar mais lentidão. Principalmente os assuntos ligados ao ramo do lazer e entretenimento (Leão).
- Revisões em nossos processos criativos, em posturas egocêntricas, arrogância e presunção (Júpiter expande os assuntos da casa e do signo por onde passa).
- Não é um bom período para encaminhar processos na justiça. Caso seja absolutamente necessário, é melhor contar com atrasos nesses assuntos.
- Eventos esportivos ou culturais de grande porte deixam de contar com as benesses desse planeta.
- Intercâmbios com regiões distantes pedem mais cuidado, revisões e atenção.
- Devemos diminuir nossas expectativas em relação ao progresso e expansão de projetos ou de empresas. Júpiter retrógrado pede cuidado para não pecarmos pelo excesso de confiança.
- Pode ser um bom período para revisões na educação dos filhos, já que filhos também é um assunto pertinente a Leão.
- Bom  para viagens de resgates, regressos e reencontros do passado, para revermos assuntos em regiões distantes.
- Bom também para revisões e reorientações religiosas, espirituais e filosóficas.

JÚPITER EM VIRGEM
No segundo semestre, a partir de 12/08/15, Júpiter expandirá os temas relativos ao signo de Virgem. Mas Júpiter é o antigo regente de Peixes, signo oposto. Portanto, essa posição não é muito confortável pra este planeta.

Virgem é relacionado ao senso de realidade, ao pragmatismo, à crítica, ao serviço bem feito, aos cuidados nos detalhes. Júpiter quer dinamismo, grandes visões, espaço e fé. O desafio é aliar a fé com o raciocínio, pois Virgem não perdoa falhas e só crê no que é palpável. É preciso aprender com o dom da obervação, reconhecer os erros que comprometem a qualidade do que produzimos e do serviço que oferecemos.

Nossos pés devem estar mais fincados no chão, os avanços se dão a passos pequenos. Só vamos crescer se aprimorarmos a rotina, os cuidados com a saúde, a higiene, a alimentação. Se soubermos cultivar as virtudes da simplicidade, da praticidade, dos valores éticos e morais. Nossos ideais devem se apoiar nos alicerces do trabalho cotidiano, de tudo que seja produto do esforço, do aprimoramento das técnicas e da experiência empírica. As crenças são baseadas em constatações. De nada adiantam as teorias se a prática não for levada em consideração.

Temos um bom período para organizarmos nosso dia-a-dia com mais critério. Quem viaja na maionese e alimenta sonhos distantes, difíceis de serem realizados pode se desiludir, cair na real.

Em termos gerais, cresce o rigor na escolha dos alimentos, na qualidade nos produtos e serviços que consumimos. Podemos até pensar num deslocamento para cidades menores ou propriedades rurais, em nome da mais qualidade de vida. O destaque vai para medicamentos e terapias naturais, o desenvolvimento da percepção de que a nutrição está associada à saúde e à cura.

Nada de fazer mal feito ou com má vontade! Logística, capricho, zelo, bom acabamento, prestatividade, eficiência, contabilidade, controle de qualidade, precisão e serviços técnicos ficam favorecidos.

QUADRATURA URANO/PLUTÃO
O tenso aspecto entre esses dois planetas, que esteve presente no céu desde 2010, chegará ao fim apenas em 2016. No próximo ano o período de máxima aproximação será de janeiro a abril. Muitos astrólogos já falaram sobre essa dupla. A ela se atribui as crises, a instabilidade política e econômica que vivemos. É o embate do novo que está chegando (Urano em Áries) com o poder institucionalizado, velho e obsoleto que deve ser transformado (Plutão em Capricórnio).

É uma panela de pressão que serve pra nos tirar da zona de conforto. Vivemos essa quadratura em nossas vidas e em nossas relações pessoais também. Quem de nós não se depara com recaídas, com padrões que devem ser transformados, com crises que nos empurram para libertações?

Precisamos acordar! A velocidade esta aumentando... Tenhamos certeza que o projeto humano para o planeta Terra é perfeito, mas para poder usufruir da sua beleza é necessário um upgrade. Evitemos o que não seja fundamental e belo. Sejamos moderados e tolerantes. É importante reconhecermos nossos erros e faltas para corrigi-los com prontidão. Para mais detalhes, recomendo a leitura do artigo que escrevi em 2011 - A QUADRATURA URANO-PLUTÃO.

TRÍGONO JÚPITER/URANO
A inspiradora harmonia entre estes dois planetas se fará nos meses de fevereiro, março, junho e julho. Júpiter e Urano em signos de fogo favorecem a liberdade, a independência, a criatividade, a confiança para ousar, inovar, romper com limitações para fazer diferente.

Aqui as novidades e as soluções criativas ficam favorecidas, prometendo excelentes negócios. O setor tecnológico também ganha destaque. Excelente momento para investimentos em novas soluções energéticas, por exemplo. O crescimento e a prosperidade são aliado à mudança, e não à repetição. Renovação é a palavra de ordem, em qualquer área.

TRÍGONO JÚPITER/PLUTÃO
Nos meses de setembro e outubro teremos essa poderosa combinação, que favorece a percepção do que deve ser transfonado pra que haja crescimento. Favorece também o mercado financeiro, financiamentos, renegociações, curas, resgates, recebimentos de atrasados e saneamentos gerais. Investimentos feitos no período tendem a trazer bons resultados.


Teremos para o ano outros importantes aspectos entre os planetas lentos. Nos meses de julho e agosto a quadratura entre Júpiter e Saturno pedem cuidado com grandes investimentos, fica mais difícil gerar expansão no período. Júpiter confronta Netuno no mês de setembro, pedindo cuidado com expectativas infundadas e fantasiosas, colocando em xeque a credulidade. Já no fim do ano, em novembro e dezembro, é a vez de Saturno formar quadratura com Netuno para testar a perseverança em nossos sonhos. Saturno representa o concreto, Netuno representa a transcendência. Será preciso harmonizar as responsabilidades e as obrigações com o lado mais poético, contemplativo e romântico da vida. Mas voltarei a falar de todos esses aspectos na ocasião propícia, pois o artigo já vai longo.

ECLIPSES
Os eclipses nos empurram para mudanças e libertações. Estejamos preparados para essas datas:
ECLIPSE SOLAR – 20/03 em Peixes
ECLIPSE LUNAR – 04/04 em Áries
ECLIPSE SOLAR – 13/09 em Virgem
ECLIPSE LUNAR – 27/09 em Libra

Também falarei detalhadamente sobre os eclipses em ocasiões mais próximas dessas datas. Costumo sempre avisar que não é bom estarmos assoberbados, com agenda cheia e sem espaço para manobras nas proximidades destes eventos. Vale se programar para desacelerar e pegar leve nestes dias, ok?

MERCÚRIO RETRÓGRADO
Deixo também as datas de Mercúrio retrógrado pra nos programarmos. O planeta da comunicação fica retrógrado em média 3 vezes por ano e durante 3 semanas. Período em que tudo fica mais lento, a comunicação fica truncada, assuntos burocráticos tendem a apresentar problemas. Melhor evitar assinar contratos, cirurgias, eventos e viagens importantes nessas datas.

De 22/01 a 11/02
De 20/05 a 11/05
De 18/09 a 09/10

Para finalizar, lembro que esta é uma análise geral. Para diagnósticos mais precisos e individuais, vale consultar um astrólogo de confiança. Quem quiser ler previsões astrológica para cada signo, pode conferir o trabalho da colega Titi Vidal - aqui.

Desejo a todos sucesso, prosperidade e alegria em 2015. Que possamos nos desapegar de nossos valores egóicos, de nossos valores materialistas, de nosso egoísmo, de nossa imagem idealizada, nossas máscaras, nossa zona de conforto... Que possamos nos despedir de nossos padrões doentios, porque o maior apego é aos nossos condicionamentos. O homem está colocando seu coração no apego. Mas é natureza do amor não é o apego, pois apego é doença, é energia estagnada. Esta é a Era em que precisamos nos desapegar do que achávamos ser o amor. A natureza do Amor, com letra maiúscula, é muito maior do que a persona. Que aprendamos a amar com compaixão. Que possamos ser o recipiente onde o AMOR possa Ser e se manisfestar nesse mundo. Desejo isso pra mim e pra todos, do fundo do coração.
Sejamos felizes!!!!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

DICAS ASTRAIS PARA A SEMANA DE 09/12/14 - JÚPITER RETRÓGRADO E VÊNUS EM CAPRICÓRNIO


Olá, amigos!
Sol e Mercúrio seguem juntos no expansivo Sagitário e durante a semana se harmonizam com Júpiter. O clima é de entusiasmo, otimismo e conceitos mais abrangentes. Nossa capacidade de raciocínio fica ampliada, queremos lançar flechas para o alto, rumo a alvos mais distantes. Em pleno fim de ano e preparativos para as festas de natal, vemos mais movimento nas estradas, nas ruas, nas lojas e shoppings.

É tempo de contatos, telefonemas, divulgações, estudos, marketing, encontros, reuniões de pauta, negociações. A liberdade de pensamento e expressão está em destaque, mas é importante sempre saber dosar as coisas, não é? Tomar cuidado para não dizer algo sem pensar nas consequências, para não acreditar em tudo o que se ouve e se vê nas notícias, cuidado para não gastar mais do que o bolso permite, priorizar os deveres e responsabilidades, não pecar pelo excesso de euforia e otimismo, não contar com o ovo antes da galinha.

JÚPITER RETRÓGRADO
Júpiter ficou retrógrado no dia 08/12 no confiante Leão. Retomará o movimento direto apenas em abril de 2015. Algumas reflexões entram em pauta:

- Revisões em posturas dogmáticas, daqueles que se acham o dono da verdade.
- Revisões em assuntos jurídicos, que podem apresentar mais lentidão. Principalmente os assuntos ligados ao ramo do lazer e entretenimento (Leão).
- Revisões em nossos processos criativos, em posturas egóicas, vaidade, arrogância e presunção (Júpiter expande os assuntos da casa e do signo por onde passa).
- Não é um bom período para encaminhar processos na justiça. Caso seja absolutamente necessário, é melhor contar com atrasos nesses assuntos.
- Eventos esportivos ou culturais de grande porte deixam de contar com as benesses desse planeta.
- Intercâmbios com regiões distantes pedem mais cuidado, revisões e atenção.
- Devemos diminuir nossas expectativas em relação ao progresso e expansão de projetos ou de empresas. Júpiter retrógrado pede cuidado para não pecarmos pelo excesso de confiança.
- Pode ser um bom período para revisões na educação dos filhos, já que filhos também é um assunto pertinente a Leão.
- Bom  para viagens de resgates, regressos e reencontros do passado, para revermos assuntos em regiões distantes.
- Bom também para revisões e reorientações religiosas, espirituais e filosóficas.

VÊNUS EM CAPRICÓRNIO
Para equilibrar um pouco o clima de euforia, Vênus ingressa em Capricórnio nessa quarta-feira, 10/12. Ela fica mais sóbria, racional e prudente. Vênus em Capricórnio dá um tom mais sério e maduro às questões do amor e das finanças. Nas próximas semanas teremos um bom período para tomarmos providências objetivas, realistas e práticas em relação às parcerias profissionais e amorosas. O amor fica menos imaginativo, menos açucarado, é verdade. Mas em compensação, é hora de partir pra realização dos desejos, sem chorumelas.

É preciso haver garantias para investir em relacionamentos e sociedades. Vale, portanto, calcular cada passo com prudência, para seguir adiante. Vale também oferecer segurança, agir com bom-senso de dever e responsabilidade.

Os investimentos de longo prazo ficam favorecidos. É tempo de colocar a vida em ordem, poupar e otimizar os recursos. A Vênus capricorniana gosta de tomar providências para assegurar um futuro estável. Ela é ambiciosa! Vamos, portanto, investir nos dons organização, no profissionalismo e na boa capacidade administrativa, pois são essas qualidades que nos garantem crescer.

Vênus segue em Capricórnio até 01/01//15. Vai se harmonizar com Netuno por volta do dia 14/12 e o recado aqui é o seguinte: por mais que vejamos a vida com lentes cor de rosa, devemos aprender a nos contentar com o que temos e fazer as devidas concessões. O dever vem antes do prazer.

É preciso alinhar o sonho com a realidade, cultivar a disciplina necessária para a concretização dos ideais. Os artistas, místicos e sonhadores devem cultivar um fio terra, devem aperfeiçoar técnicas, devem estar dispostos a servir e a organizar a rotina, caso contrário, os desejos de fuga da realidade, o escapismo e a loucura podem consumir a preciosa energia vital.

Enquanto isso, a Lua segue em Leão. Ingressará em Virgem na quinta-feira pra nos ajudar a cultivar uma postura mais criteriosa, detalhista, prática e eficiente. Vale sim, cultivar ideais elevados e fazer grandes planos. Mas pra que eles se concretizem, é preciso responsabilidade, organização e empenho.

Sejamos felizes!!!
As dicas para cada signo estão na UOL - http://mulher.uol.com.br/horoscopo/previsao-diaria/
As informações sobre consultas astrológicas particulares estão aqui - http://www.marcelodalla.com/2011/01/servicos-de-astrologia.html


domingo, 7 de dezembro de 2014

NATUREZA HUMANA & NATUREZA DIVINA


A humanidade vive um grande conflito existencial. A relação entre as duas naturezas que nos constituem: a natureza humana e a natureza divina. Todo conflito que nos atormenta tem como pano de fundo essa relação. Caminhamos oscilantes entre os extremos dessa polaridade: o humano e o divino, a matéria e o Espírito, a sombra e a Luz, o ego e o Ser.

A natureza humana é basicamente o nosso ego, nossa ignorância, a mente concreta, os instintos, desejos e emoções densos que nos aprisionam no mundo da matéria. É o que causa sofrimento à nossa alma.  A natureza divina é a mente desperta, a Centelha Divina, o amor, a compaixão e a sabedoria. Todas as religiões afirmam a existência dessa natureza dentro de nós, ela é nossa verdadeira essência. E por a possuirmos, podemos e devemos, mesmo em nossa ignorância, iniciar a busca pelo seu despertar. Essa na verdade é a grande razão da existência, é o sentido de voltar para a Casa do Pai.

Com a transição para a Era de Aquário, a humanidade vive um grande despertar. Mas nossa natureza divina ainda vive oculta sob camadas de ilusão, de ignorância. As influências negativas tendem a perder seu poder, mas ainda exercem uma profunda e devastadora influência sobre o mundo.  Ainda experimentamos o estado da mente de forma confusa, dual e obscura como sendo seu estado natural.

Grande parte da humanidade ainda acredita que a natureza humana é sua real e imutável condição. Mas os seres despertos e realizados experienciam a mente clara e pura, livres dos condicionamentos da mente comum. Em momentos específicos, nós que vivemos o início desse despertar temos a oportunidade de nos conectar com a nossa natureza divina, sentir o êxtase, a gratidão e a paz desse estado. Podemos experienciar seus reflexos no nosso cotidiano, quando nosso coração se abre para a compaixão, a bondade, a irmandade, a neutralidade e o conhecimento superior.

Conquistar esse estado de forma permanente é nosso desafio. O objetivo da preciosa existência humana é se libertar dos reinos inferiores de consciência, por onde nossa alma transmigra vida após vida. Sair da roda do Samsara, como denominam os budistas. Essa busca traz experiências dolorosas de quebra do ego, de superação de tendências cármicas e instintivas, de purificação das emoções negativas (raiva, ódio, revolta, mágoa, rancor, etc).

O que nos encoraja são os exemplos vivos daqueles que alcançaram a vitória de transcender a natureza humana: Cristo, Buda, todos os mestres, lamas e guias, ao longo dos tempos, vem se doando para guiar aqueles que escolhem entrar nesse caminho.

Só poderemos nos tornar imunes às influências negativas quando não formos mais escravos do ego. Por ser ainda muito grande o espaço de nossa ignorância é que as sombras nos cercam e nos acertam com suas flechas. Mas é também graças a essa oscilação que podemos nos conectar, cultivar e optar pelo comando da Luz a cada momento de nossas vidas.

Assim nos firmamos cada vez mais nessa escolha. Um dia poderemos realizar por completo nossa natureza divina. Não haverá mais dúvidas, não haverá mais escolhas.

Sejamos felizes!!!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

DICAS ASTRAIS PARA O INÍCIO DE DEZEMBRO - MARTE EM AQUÁRIO


Olá, amigos!
Já estamos em dezembro! O céu indica boas energias pro início do mês: Mercúrio se afasta da quadratura com Netuno e caminha para se encontrar com o Sol. Ambos se harmonizarão com Urano até o fim da semana, prometendo muitas novidades. Vênus sorri para Júpiter e Marte combina forças com Saturno. Marte ingressará em Aquário no próximo dia 4. Mas vamos por partes.

Muitas possibilidades, novas oportunidades, novas ideias e assuntos estão em pauta, é importante sabermos priorizar. Vale fazer uma lista das tarefas e compromissos para não nos perdermos e aproveitarmos melhor o período.

SOL E MERCÚRIO EM TRÍGONO COM URANO
A mente está inquieta e afiada, cresce o interesse para desafios intelectuais, Sol e Mercúrio seguem em Sagitário, apontando setas para mundos distantes, assuntos elevados, filosofias e assuntos de que nunca se ouviu falar. É preciso flexibilidade para atravessar fronteiras, romper com dogmas e preconceitos, entrar em contato com diferentes culturas e modos de abordar a realidade.

A vida cultural e os assuntos que despertam a imaginação estão em destaque. As novas tecnologias, palestras, cursos, livros, workshops, a internet e as rede sociais, tudo o que nos coloca em contato com o mundo também. Queremos pensar e nos expressar com liberdade, queremos desafios intelectuais, queremos falar com mais espontaneidade.

Mas é preciso considerar o que as outras pessoas pensam também. Acolher as opiniões alheias e complementar as ideias, para não perdermos informações importantes e comprometermos o aprendizado.

Sol e Mercúrio combinam forças com Urano para favorecer inovações, originalidade, imprevisibilidade, revoluções e altruísmo. Queremos autonomia para ir e vir e espaço para nos movimentarmos. Queremos romper com tudo o que tolhe e aprisiona: velhas regras, conceitos obsoletos, hábitos nocivos. Com amente criativa e a alma revolucionária, queremos progredir, deixar de lado o conformismo e a estagnação.

Temos, portanto, um ótimo período para nos reinventarmos. Fazermos escolhas que fogem do senso comum. Buscarmos soluções originais e criativas para velhas questões, para investirmos em novas tecnologias, nos atualizarmos com as novidades e lançamentos do mercado.

MARTE EM AQUÁRIO
Marte ainda combina forças com Saturno para favorecer iniciativas estratégicas, maduras, estruturas e responsáveis. Ingressará em Aquário no dia 4 e ficará por lá até 01/2015. Nosso desafio é combinar a independência e a autonomia com os valores humanitários e as causas sociais. As iniciativas que visam benefícios pessoais só produzem resultados se a vontade dos outros ou do grupo for levada em colaboração. O que é bom pra mim e também para todos?

No sentido contrário, os conflitos sociais despertam interesse e a consciência de que é preciso lutar não só pelo bem de todos, mas também pelos nossos próprios.

Aquário representa as redes, as inovações, a liberdade e a amizade. Temos um bom momento para cultivarmos autenticidade, sermos respeitados entre os amigos e o grupo pelo que somos. Mas é preciso cuidado, porque cresce também a tendência para disputas nas atividades em grupo. Na urgência de mudar, fica mais difícil ficarmos parados por muito tempo num mesmo assunto ou num mesmo lugar. As repetições ficam desfavorecidas, inclusive na vida sexual. Fica a dica para casais: inovações na vida em comum são importantes!

Por tudo isso, temos pela frente um período de revoluções e mudanças gerais. Bom para atacarmos de frente os desafios das novas empreitadas.

VÊNUS + JÚPITER
Vênus segue fogosa, aventureira e expansiva no signo de Sagitário. Júpiter também segue em signo de fogo, Leão, mais confiante, criativo e seguro de si. A combinação destes dois planetas em signo de fogo indica mais entusiasmo para o convívio social: todos querem mostrar o melhor de si mesmos.

Vênus inspira desejo, amor, prazer e beleza. Júpiter inspira abundância, progresso e amplitude. Bom período para cultivarmos generosidade nas trocas de afeto. Mais cordialidade, gentileza e desejo de nos cercarmos por coisas belas. As relações se tornam mais harmoniosas na medida em que respeitam a liberdade e o espaço individual. Na medida em que buscamos crescer, aprender, viajar, conhecer, filosofar em sintonia com o outro.

As artes, os prazeres sensoriais, o lazer, os assuntos ligados à estética e design ficam favorecidos. Ganha quem ouvir a intuição para perceber o desejo do outro. Quem cultivar simpatia, bom humor, quem caprichar nos sorrisos e nos elogios encontra portas mais abertas e ganha mais prestígio social também. Isso sempre, não é? Quanto mais agora!

A retrogradação de Júpiter acontecerá entre 8/12/14 e 8/04/15, mas este é um tema para o próximo artigo.

Sejamos felizes!!!
As dicas para cada signo estão na UOL - http://mulher.uol.com.br/horoscopo/previsao-diaria/
As informações sobre consultas astrológicas particulares estão aqui - http://www.marcelodalla.com/2011/01/servicos-de-astrologia.html


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...