sexta-feira, 6 de junho de 2014

PAPO DE AUTOAJUDA? SIM, POR QUE NÃO?


Olá, amigos!
Compartilho aqui uma seleção de pensamentos e reflexões deixados no Facebook. São aprendizados que tenho vivido, filosofias de vida, mensagens de estímulo, conclusões, observações... Acho que podem ser úteis. Deixo bem claro que não são verdades absolutas, porque elas não existem. Procuro estar sempre aberto para debater, mudar de ideia, dialogar, desde que haja bom senso e respeito. Sintam-se livres para concordar ou não! Vamos a elas:

Pode parecer que o meu papo é um papo de autoajuda... não tem importância, eu falo com o coração. Aliás, criticam tanto o segmento "autoajuda", porque ficou banalizado. Mas... o que seria de nós se não procurássemos nos autoajudar?

Um treinamento: Cultivar gratidão por tudo o que chega e por tudo o que queremos conquistar, como se estivesse chegando. Acreditar. Ficar de olho em nossas crenças, sentimentos, pensamentos, palavras e ações e se elas não forem positivas, começar um trabalho de autoconhecimento, expansão da consciência pra transmutá-las e construir outra realidade. Tantas terapias, tantas técnicas de cura, tantos livros e tantos mestres estão aí pra isso. Não é um caminho fácil. Quem disse que é fácil? Mas é necessário e é aos poucos, lentamente, degrau a degrau, passo a passo. Com direito a muitas recaídas também. É necessário ter coragem + ação pra seguir o caminho do coração e servir, fazer a diferença na vida das pessoas.

Outro treinamento: confiar numa inteligência maior, numa força maior que nos sustenta, que nos guia e que sabe o que é melhor pra nós. Ter fé. E se não tiver, buscar entender porque não tem. Uma hora, mais cedo ou mais tarde, vai começar ter... rsrsrsrs

Eu não sou perfeito, tenho muito o que aprender, crescer, evoluir. Todos temos. Sempre. É por isso que não aprecio rótulos como "mestre", "guru", "iluminado"... apenas compartilho o que venho aprendendo, sou um comunicador. Mestre, pra mim, com M maiúsculo, só avatares, alguns poucos seres de Luz que vieram pra cá com esse intuito. Na verdade, pensando bem, todos somos mestres de todos, não é? Aquele que te provoca é seu mestre também, de um jeito meio torto. Com a internet ficou fácil se esconder atrás de um computador e sair por aí dizendo qualquer coisa. A regra de ouro é essa: não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com você. Básico, mas às vezes nos esquecemos disso. Não sou perfeito, me incluo nisso também. Também é muito fácil se fazer de espiritualizado, iluminado, lindinho e perfeito... refletimos sobre o ideal, mas estamos longe de atingi-lo. O importante é seguir com essas trocas e partilhas positivas, construtivas, prazerosas. Olhar pras nossas sombras também é importante. Antes de mudar o mundo, temos que olhar pra nós mesmos, mudar a nós mesmos. De que adianta sair por aí se queixando, condenando corrutos, acusando outros, reclamando da política, sem fazer um trabalho interno? Se cada um se dispusesse a fazer esse trabalho de reforma íntima... ah... com certeza o mundo seria bem melhor.

Uns preferem lutar contra o que está ruim para conquistar o que é bom. Outros preferem focar, valorizar, enaltecer e colocar energia no que é belo, bom e prazeroso para enfraquecer cada vez mais o que é ruim. Prefiro a segunda opção, é bem mais feliz. Será que é tão difícil entender isso?

Procuro não postar fotos de violência ou de notícias negativas. Não luto contra o preconceito, nem contra a corrupção, nem contra as drogas. Não quero lutar contra nada. Quero focar no contrário: na paz, na saúde, na alegria, na honestidade, no amor. Quero divulgar soluções. E creio que a solução é valorizar e energizar o que é bom. Esta é minha postura e tenho todo o direito de mantê-la, ainda que alguns não concordem. O ser humano é capaz de coisas terríveis, mas também de coisas maravilhosas. Afinal, vivemos na dualidade. Somos livres, cada um escolhe seu foco, onde quer colocar sua energia e o que quer atrair pra sua vida.

Pra manifestar abundancia, temos que nos sentir merecedores e gratos. Temos que limpar a ansiedade, o medo, a preocupação, a insatisfação, aquele sentimento de "falta". Quebrar com aquela velha crença de que pra ganhar dinheiro tem que ralar, suar, sofrer. Muitos detonam a saúde por causa disso. Há espaço na vida pro trabalho, pro prazer, pro descanso e pro lazer. Aliás, trabalho e prazer deveriam se misturar, não é?

O que é abundância? É o livre fluxo de energia. É o livre fluxo do dar e receber... amor, saúde, alegria, amigos, dinheiro... É bom lembrar que acumular gera estagnação. Nós não somos donos de nada, pois somos espíritos vivendo experiências na matéria. Aqui somos apenas administradores. Mais dinheiro, mais responsabilidades também.

E o que é felicidade? Não vamos confundir felicidade com euforia, que também é um desequilíbrio emocional, assim como o desespero. Os budistas praticam uma coisa que se chama EQUANIMIDADE. Manter o foco, o centramento, tanto diante de situações agradáveis, quanto de desagradáveis. Felicidade é um estado de espírito que tem a ver com a paz, o contentamento, a tranquilidade. Felicidade está primeiro dentro e depois fora. Felicidade é já, agora. É um clic na alma.

Proponho uma reflexão: Temos gostos diferentes, cada um é de um jeito e tem plena liberdade pra pensar, emitir opiniões e se expressar. Cada um na sua pagina, que é como se fosse sua casa. Defendo esse direito. Salve a diversidade! Estamos todos aprendendo a lidar com essas midias sociais e uma discussão saudável é sempre bem vinda. Aqui no FB lido com muitas pessoas e já apareceu gente de todo tipo. Gente bacana, inteligente, talentosa, alto astral, gente louca, gente equivocada, gente invejosa que tenta te diminuir pra se sentir melhor, gente q quer chamar atenção, gente carente... tem de todo tipo mesmo. Bom senso, educação, respeito, cordialidade devem vir sempre acima de tudo, né? Alguém que entra na postagem do outro pra retrucar, tem q se lembrar que está entrando no espaço do outro. Se não gostou, é muito mais fácil e simples mudar de canal. Gente que se acha no direito de dar lição de moral, se achando o dono da cocada, o maioral, só por esse motivo já perdeu toda razão. E gente que expõe intimidades também, às vezes passa dos limites. Um grande aprendizado esse que a internet nos proporciona, não é? Ontem a amiga e colega Titi Vidal disse uma verdade: com um pouquinho de bom senso, boa parte dos problemas do mundo seriam resolvidos. Tem toda razão.

Nós damos poder pro outro na medida em que deixamos que nos irritem, que afetem nosso equilíbrio, na medida em que acreditamos numa crítica destrutiva, que nos ofendam, ou deixamos que derrubem nossa energia quando a intenção era essa. Damos o poder pro outro quando, só pra agradar, deixamos de lado nossas preferências, traímos nossa essência, ficamos condescendentes ou resignados ao ponto de abandonar nossos sonhos. O caminho do autoconhecimento e da expansão da consciência nos leva a retomar o poder, a fortalecer a autoestima, a refazer a conexão com nossa essência e a valorizar nossos dons inatos. "Nada nem ninguém tem o poder de abalar meu equilíbrio, meu bom humor e meu bem estar".

Sobre horóscopos diários: são válidos na medida em que tentamos levar uma informação filosófica relevante pras pessoas e trazer um pensamento de estímulo pro dia-a-dia. Serve pra suprir essa carência natural que as pessoas tem de uma forcinha extra na rotina da vida. Sou suspeito pra falar pq trabalho com isso, mas acho válido sim, senão nem trabalharia. Considero como uma oportunidade de dizer coisas boas pras pessoas. Não é questão de acreditar ou não, é questão de estar em sintonia. Agora... depende muito de quem escreve, né? Um dos motivos da Astrologia ficar desacreditada é pq tem muito picareta na história. Mas segue quem estiver na sintonia.

Tenho visto por aí a seguinte mensagem: "Perdoar é divino, mas mandar à merda é sensacional". Bom... às vezes dá mesmo vontade de mandar certas pessoas às favas. Mas refletindo sobre isso sem falsos moralismos, vejo que "mandar à merda" não é sensacional não. E nem um pouco sábio. Se tudo o que enviamos aos outros volta, se estamos todos conectados e se não devemos fazer aos outros o que não gostaríamos que fizessem conosco, então... Ninguém gostaria de ser mandado à merda, certo? Aliás, convenhamos, isso é tão vulgar! É mais light citar Lenine: "vá ver se eu tô lá na esquina, devo estar, tchau".

Tá lendo um bom livro? Não.
Tá fazendo meditação? Não.
Tá indo tomar um passe? Não.
Tá se tratando, buscando ajuda? Não.
Pratica alguma atividade física? Não.
Tá se alimentando bem? Come frutas, saladas? Não.
Então depois não venha reclamar, por favor!!!!!

Costumo dizer que a gente precisa estar sempre se tratando: florais, terapias, meditação, etc... pq o mundo puxa a gente pra baixo. Tem gente que procura confusão, vive no conflito e no drama. É hábito, círculo vicioso, ignorância, costume... vício mesmo. É tão melhor viver em paz e harmonia e é o tipo de coisa que só depende de nós mesmos, não é? O grande projeto é unir forças e transmutar essa nuvem pesada que se formou ao redor do planeta em milhares de anos. Mas estamos no processo.

Ser educado, civilizado e consciente é pensar no próximo e no bem da coletividade. É deixar de querer levar vantagem em tudo, como ao dirigir no trânsito, por exemplo. É falar baixo e jamais ligar o som alto em locais públicos. É manter a direita na escada rolante e deixar livre a esquerda pra quem está com pressa. É reciclar o lixo, procurar diminuir o consumo de energia, evitar usar plásticos e descartáveis na medida do possível. É saber que colhemos o que plantamos e portanto, procurar investir em melhores semeaduras. É pensar antes de falar, ser gentil, diplomático, manter um nível coerente e aberto para aprendizado numa discussão. É não invadir blogs e perfis alheios para tecer comentários que nada acrescentam. É saber a hora certa de sair de cena quando qualquer desgaste de energia se torna perda de tempo. É ter autoestima em dia, mas combinada com a dose certa de humildade. É saber reconhecer suas falhas e limitações, saber que ainda está longe do ideal e ainda assim continuar crescendo, aprendendo e tentando. É saber que nossa liberdade termina quando começa a do outro, que não podemos mudar ninguém a não ser nós mesmos. É não ter medo ou vergonha de mudar de ideia ou de opinião. É ser grato pela vida e se identificar com as soluções. É amar a si mesmo com todas as suas sombras e por isso mesmo compreender, tolerar, perdoar. Deixar que digam, que pensem, que falem e seguir em frente, certo de seu caminho. Ser educado, civilizado e consciente é ser chique. Esta é minha meta para o próximo ano e pros anos vindouros.

Já disse isso uma vez: eu não quero um relacionamento sério. As pessoas muitas vezes nomeiam as coisas com palavras impróprias, creio eu, e as outras repetem sem pensar. Eu quero um relacionamento verdadeiro, feliz, alegre, estável, sincero, criativo, produtivo, amoroso... tudo menos sério!!! Tô fugindo desse peso e dessa caretice!

Vi uma imagem com a frase "PRESERVE, PESSOAS BOAS ESTÃO SENDO EXTINTAS". Não acredito nisso. Pelo contrário, as pessoas estão despertando e quem não está fica cada vez mais evidente. Duas coisas importantes pra se lembrar: se compararmos com 100 anos atrás, o quanto evoluímos!!! Outra coisa: ter cuidado com o que se diz e se partilha, pois isso é cocriar a realidade.

A Umbanda é universalista, agrega o conhecimento das 4 raças. A Umbanda é amor e caridade, nos coloca em contato direto com guias, mentores e entidades espirituais que trabalham incansavelmente a serviço da humanidade. Com eles formamos parcerias de trabalho. A Umbanda tem estreita relação com a natureza, compreende essas forças através dos Orixás. Não, na Umbanda não tem magia negra nem sacrifício de animais. Pelo contrário, lá se quebra essas demandas que infelizmente ainda fazem por aí. Lá se cura, se limpa, se refaz. A Umbanda é brasileira, lá acontece a miscigenação dos povos em harmonia e beleza. Alguns ainda acham que Umbanda é coisa do "demônio". Esses, lamentavelmente, tem uma visão equivocada não só da Umbanda, mas da vida. Salve a Umbanda!!!!

Acho essa uma ideia simples, mas parece que as pessoas tem dificuldade de assimilar: enquanto focarmos no problema, estamos energizando o problema. Lutar contra as injustiças, energizamos as injustiças, Lutar contra a corrupção, energizamos a corrupção. Lutar contra a desigualdade, energizamos a desigualdade. Uma pena que o ser humano ainda ache que é preciso "lutar" e resolver as coisas com violência e imposições. Se focássemos nas soluções, na expansão da consciência, na importância do amor, do respeito, da EDUCAÇÃO, quanta diferença isso faria! É o que procuro fazer com meu trabalho.

Tenho aprendido uma coisa, uma correção que procuro praticar: ao invés de pedir força, procuro agradecer pela força que está chegando. Ao invés de pedir luz, procuro agradecer pela luz que está chegando. Ao invés de pedir trabalho, agradecer pelo trabalho que está a caminho. Em suma, ao invés de pedir (vibrar na falta), agradecer pelas coisas que virão como se já estivessem acontecendo. Um aprendizado constante esse...

Sejamos felizes!!!

11 comentários:

Pat disse...

Bom demais! Agradeço por existirem no mundo, pessoas como você! Compartilho e me afino com todas suas idéias.

Rita Araújo disse...

Excelentes reflexões! Adorei!

MARCELO DALLA disse...

Valeu, queridas!!! Somos todos UM!!! Namastê :)

Astrid Annabelle disse...

Sinto e penso como você Marcelo! Somos Luz amorosa e nada nos falta apenas temos que soltar as "cascas"...Beijo no seu coração ♡
Astrid Annabelle

MARCELO DALLA disse...

Grato pelo carinho de sempre, querida amiga! estamos em sintonia!!! :) bjossssss

elaine cristina guglielmi disse...

Obrigada por todas as oportunidades,que voce compartillha gratuitamente.Muita Luz no seu caminho de Amor.

Érima de Andrade disse...

Muito bom! Gratidão!

Lídice Conceição Pagano dos Santos disse...

Muito Obrigada! me Identifico muito com o que expressa!

MUITA LUZ!!!

Unknown disse...

Gratidão, pelos esclarecimentos.

Unknown disse...

Gratidão!

Lynare Maryen disse...

É com pessoas assim que o planeta precisa...."Consciência".Sou imensamente grata por voce postar preciosos conselhos e nos lembrar de quem somos "Luz Divina"...
Um Grade abraço irmão na luz...
Lurdez

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...