segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Histórias de Amor


Ao completar 15 anos, Juca pediu um binóculo de presente para o pai. Esse objeto seria de imensa ajuda em sua nova obsessão: contemplar Rosana, bela donzela que morava ao lado. A janela de seu quarto dava pra janela do quarto de Juca, que sorrateiramente a espreitava de manhã, quando vestia o uniforme da escola, à tarde, quando chegava e à noite, quando vestia a camisola de dormir. Vício, fascínio, paixão platônica. Juca não ia bem nos estudos e mal se alimentava.

Um dia foi diferente, Juca acordou e como de hábito correu para a janela. Surpresa: os vizinhos estavam de mudança. Sentiu que o chão abaixo de seus pés desmoronava, seu objeto de adoração partia para nunca mais. Adoeceu. Já não queria mais viver e seus pais não sabiam mais que providências tomar. Até quando novos vizinhos chegaram e para o mesmo quarto foi morar Marina, ainda mais bela que Rosana. Juca rapidamente recuperou a saúde e nunca mais pensou na antiga vizinha.

13 comentários:

Cris França disse...

e é assim, o amor nunca morre, só muda de endereço...rs bjs

Ana Cristina Quevedo disse...

Para o voyer romantico haverá sempre uma musa a espreita.

Beijo

Fatima disse...

Nada como ter 15 anos!
Bjs.

marcelo dalla disse...

Cris, Ana e Fátima: procurei retratar o espírito adolescente neste conto. Nessa época tudo é tão intenso e urgente... hoje nos lembramos e damos risada de coisas que na época pareciam fatais. hehehehe

bjos

HSLO disse...

Adorei meus 15 anos..kkkk.


abraços

Hugo

António Rosa disse...

Marcelo,

Vc já pensou em divulgar estes contos em sites literários? Ou juntar vários e fazer um ebook para download, mesmo a custo zero, ou então com um custo simbólico, tipo donativo?

Ou seja, entrar nos circuitos literários.

Tudo de bom, meu amigo.

Cris França disse...

tem selinho pra vc lá em casa, passe por lá, bjão

Sandra Botelho disse...

nada melhor que um novo amor para curar o antigo...
Ainda mais quando se tem quinze anos...
Bjos meus e lindo dia!

angela disse...

A rapidez com que a maioria dos adolescentes passam pelas questões amorosas é invejavel...rss quisera eu...

HAZEL disse...

ahahahahha adorei o conto!

Paulo Braccini disse...

eita Juca danadinho gente! rs

bjux

;-)

Santinha disse...

para os apaixonados sempre haverá uma bela Rosana à espreita.
bjus

marcelo dalla disse...

Queridos!!! Adoro ler o comentário de vcs, que delícia!
Por favor, voltem sempre e não me abandonem... rsrsrsrs

Antônio, meu amigo, tenho planos pra essas histórias, quero mesmo editar um livro. Por enquanto ainda pretendo criar mais até ter um bom número.

bjos e abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...