sábado, 9 de janeiro de 2010

VONTADE MAIOR

De vez em quando sinto uma vontade irresistível de dizer algo que nunca foi dito. De compor um texto que solte faíscas, clarões luminosos cortando o céu. Algo tão mágico que paralise os leitores de encantamento.

Tudo isso pra abrir um buraco na realidade morna, pra desse buraco escorrer uma chuva transcendente junto com um coro de vozes misteriosas a penetrar cada poro de nossos corpos.

É uma vontade irresistível de levar o momento presente pra dentro da eternidade, me dedicar ao extremo exercício da beleza, trazer o movimento da dança pra quem vive arrastando pedras, cuidar de todas as feridas com a minha voz e contaminar de sentimentalismo até mesmo o coração mais implacável.

Quero uma vida inovadora em minhas frases. Elas devem ser fluidas e penetrantes. Quero que em meu ato de escrever esteja um grito fabuloso, armado pelas tantas variedades de amores possíveis. Que cada letra seja um prodígio, que cada palavra seja divina, um céu habitado pela vida quimérica dos santos.

Provocarei gargalhadas que curam o medo, darei de presente canções que iluminam as sombras, a miséria, o esquecimento. Pretendo me transformar numa respiração de clareza e entendimento, pra poder abrir os caminhos dos que têm coragem. Rasgar de vez essa ilusão abismada, chacoalhar o mundo pra que todos despertem desse sono sufocante.

É uma vontade maior, irrefreável, de abrir todas as portas, acender todas as luzes e aposentar as chaves. De dedicar cada instante a fazer com que ondas de perplexidade alaguem homens, mulheres e crianças, pra trazer de volta o brilho em todos os olhares.

Um dia aprenderei o segredo de provocar silêncios, daqueles que surgem quando se compreende tudo. Aprenderei a parar todos os ruídos e encontrarei o vazio pleno de beatitude, quando não se quer mais nada.

E tenho dito!

15 comentários:

Fatima disse...

Seu desejo se realiza sempre meu amigo!
Lindo texto!
Bjs.

António Rosa disse...

Fiquei encantado com este texto, porque me identifico completamente.

São os melhores votos de início de ano que alguma vez li.

É a mais linda co-criação que tive oportunidade de acompanhar.

Muito bom e bonito o teu texto.

Abraço

Ana Cristina Quevedo disse...

O desejo de todo escritor é sentir-se compreendido, sentir que o 'do outro lado' inebriou-se com tua escrita.

E isso voce já consegue.

Beijo.

Cris França disse...

Marcelo,

Você me ensinou a nunca esquecer que aquilo que desejamos ardentemente sempre se realiza. Apenas siga seu coração, e creia, a uma força mais que nos usa, a todos, para levarmos paz, amor e verdade ao mundo.
Somos ferramentas meu amigo, em mãos maiores e mais habilidosas, da qual nunca teremos o entendimento, mas a sentiremos, empíricamente em nossas vidas, então, apenas creia...


um beijo enorme!

Sandra Botelho disse...

Um dia aprenderei o segredo de provocar silêncios, daqueles que surgem quando se compreende tudo

Se era esse seu objetivo, posso lhe dizer que já provocou meu silencio e minha adimiração.
Nossa lindo demais.
Bjos no coração

Kyria disse...

Ai meu Deus, apaixonei e vou continuar "devaneando" que estas mandalas foram feitas pensando em mim, hihihi
Beijos

Livinha disse...

Não estás sentindo as faíscas, estalando dentro de ti?
Estais aí a reluzir, nobres textos..
Percebes o que acabaste de produzir? extasiaste olhos de
almas, como a orar um terço...
Brilhante a tua essência, energia
resplandecência...
trouxeste de um recanto bonito
farpas de cristais contornando teu corpo físico, aureolando teu semblante de Paz...
Estais a emergir de águas profundas, de onde buscaste tesouros adormecidos no silêcio e
que você os captou, tão bem...

Não tenho mais palavras Celito, teus desejos, estão sendo feitos todos os dias, quando movido pela tua estrela guia. você faz-se em brilho, por onde passa... Pura sintonia..

Deus está te abençoando...
Feliz fim de semana

Beijos, beijos e beijos

Ps: Mandei o e-mail pra você...
palavrasepoemas@hotmail.com
Interessante saber...

marcelo dalla disse...

Amigos, leio e releio este texto... é a minha oração.

Como Antônio disse, uma co-criação. Fátima, Cris, Ana Cristina, Sandra, Kyria, Livinha... vamos crer juntos. Já é!

Agora compreendo porquê as mulheres comentam mais... a energia feminina tem mais sentimento do que a lógica masculina.


Bjos e abraços

Fada Moranga disse...

Marcelo, para quê pedir aquilo que já nos deram?

;-)

Beijos***deFada

Rosan disse...

oi Marcelo.
tu já é.
agora é só seguir em frente, se colocando a disposição da espiritualidade maior que nos guia...

beijo de luz

marcelo dalla disse...

Fada e Rosan... é verdade, vcs tem razão. Mas mais do que um pedido esta é uma afirmação poética!

Grato pelo carinho de todos vcs!
bjos

angela disse...

Bonito Marcelo, muito bonito o texto, mais lindo ainda os desejos que ele contém.
beijos

Shin Tau disse...

Marcelo -_-

sintonia como sempre! Comecemos em nós, calando o ruído e ouvindo silêncio! Assim seja

Beijões amigo

Vane Aguiar disse...

Acho que sempre você é vitorioso em suas palavras, elas me tocam e inspiram a tal ponto que passo a desejar também o que escreve. Sinto vontade de sentar na praia com papel e caneta e apenas relatar o mundo que se passa dentro de mim...

Abraços com carinho

Vane Aguiar
http://cabiveiseincabiveis.blogspot.com

Robertantigona disse...

Meu caro Dalla, as palavras mal exprimem o que teu texto faz sentir. Quisera mostrar com simples palavras como meu coração torna num mar agitado, compungido, diante dele. Eu, que tantas vezes fiz de minha gargalhada punhal, trago-a, hoje, tímida, quase triste... Não desejo agredir ninguém. Nem mesmo os que se pensam meus desafetos. Principalmente estes.
Teu texto-oração alcança-me 'franciscanamente'. Atinges o que intenta teu desejo.
Paz, amigo!
Robertantigona.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...