sábado, 18 de julho de 2009

Códigos Arcturianos - LIBERDADE

"A energia de Liberdade nos ajuda a alcançar nossa própria Liberdade. Freqüentemente buscamos a liberdade fora de nós mesmos, o que nos faz sentir presos. A liberdade não tem nada a ver com as circunstâncias que nos rodeiam. É uma emoção que só podemos encontrar internamente." (clique na imagem para ampliá-la)

Tempos atrás recebi um email que continha imagens fantásticas para meditação, criadas pelos Arcturianos. Lembram muito aqueles símbolos geométricos deixados nos campos da INGLATERRA e outros países – os crop circles. Segundo a mensagem recebida, todo crop circle contém diferentes códigos com uma influência específica para nossa mente subconsciente. São imagens ricas de simbologia transcendental, próprias para o exercício de visualização que ativam o padrão mental e promovem a ampliação do potencial quântico de cada um de nós.

Mas as imagens, tão belas, estavam em baixa resolução. Decidi recriá-las maiores, ampliá-las para melhor visualização. A primeira escolhida foi esta – LIBERDADE – que compartilho com vocês. Procurei ser o mais fiel possível à imagem original. Experimentem, apreciem a beleza, percebam se faz diferença... Caso se interessem em conhecer as outras, encontrei-as no blog Luz Vital.

Quem são os Arcturianos?
Segundo o site Anjos de Luz (resumo o texto aqui pra vocês), os Arcturianos são uma das civilizações mais adiantadas de toda nossa galáxia. Arcturus é uma supergigante estrela vermelha na constelação Bootes, e a estrela mais brilhante daquela constelação, distando 36 anos-luz da Terra. É visível do Hemisfério Norte de Março a Novembro.

É uma civilização de quinta dimensão, que pode nos dar uma idéia do futuro da Terra. Sua energia funciona como terapia emocional, mental e espiritual para a humanidade. É também um portal de energia pelo qual humanos passam durante a morte e renascimento. Funciona como uma estação onde consciências não físicas se acostumam à fisicalidade. O livro chamado “Nós, os Arcturianos”, de Norma Milanovich, trata sobre o assunto e é altamente recomendado.

Trabalham em conexão direta com os Mestres Ascenços, a quem eles chamam de Irmandade do Tudo. Também trabalham próximos ao que chamam como Comando Galáctico. Viajam pelo espaço em suas espaçonaves, que são algumas das mais avançadas em todo universo. Uma das razões pela qual a Terra ainda não foi invadida por civilizações bélicas de extraterrestres é o grande medo que eles têm das naves dos Arcturianos, que são como obras-de-arte tecnológicas, muito além de tudo o que é conhecido por nós.

A sociedade Arcturiana é governada pelos Anciões, reverenciados por seu avançado conhecimento, sabedoria e frequências vibracionais extremamente altas. Quanto maior a frequência vibracional, mais perto o ser encontra-se da Luz, do Espírito, de Deus. São seres fisicamente pequenos, esbeltos, têm mais ou menos um metro, um metro e trinta centímetros de altura. A sua pele tem uma cor esverdeada, os olhos muito grandes e amendoados, castanho-escuro ou pretos. Têm a habilidade de mover objetos com o poder de suas mentes, são completamente telepáticos.

Sua fonte de alimento é um líquido efervescente que é altamente vitalizante para todo o seu ser. A longevidade destes seres é de 350 a 400 anos de vida. Sua espiritualidade altamente desenvolvida permite-lhes evitar o envelhecimento, uma vez que têm capacidade de transcender tempo e espaço. São os mais amorosos e compreensivos seres que se possa imaginar. Terminam sua existência quando o contrato que foi arranjado nesse sentido chega ao fim. Não há doença em Arcturus, elas foram eliminadas há séculos atrás.

Em Arcturus também não há competições. Cada pensamento, palavra, ato e produto é julgado por sua habilidade de elevar a vibração à proximidade de Deus. A freqüência vibracional de cada pessoa é diretamente relacionada ao domínio que a pessoa exerce sobre o seu corpo, emoções, pensamentos, ações e criações. Os Arcturianos têm total domínio sobre estes aspectos do "eu".

Artigo de minha amiga Doriana Tamburini sobre a tecnologia arturiana - http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=9829

16 comentários:

Periquita disse...

Nunca havia ouvido ou "lido" falar dos Arcturianos. Tudo isso me arrepiou e me fez lembrar de algo aqui em mim. Um presente este post.
Aliás, este blog. Obrigada pelas palavras tão emocionantes, que verdadeiramente me encorajam.
bjo

marcelo dalla disse...

Que bom! Tudo isso realmente ativa alguma memória ancestral em nós. Eu é que te agradeço, querida. bjosss

Siala ap Maeve disse...

Também recebi esse email enviado pelo meu pai há uns tempos atrás...a sua imagem está simplesmente fabulosa!!!
Tenho lido bastante sobre os Arcturianos e outros povos estelares que nos acompanham, mas não conhecia este texto da Doriana.
Beijos meus

Kyria disse...

Espetáculo de imagem, muito vibrante, toda cheia de energia e inspiração.
Realmente, a liberdade está dentro de nós, cabe a cada um zelar por ela, exercê-la e não entregá-la a ninguém pois ela é pessoal e intransferível.
Bjs

Kyria disse...

É radiante esta imagem

Kyria disse...

É encorajadora também

marcelo dalla disse...

Kyria todas as imagens dessa série são realmente lindas, radiantes e encorajadoras. Geometria sagrada! Aos poucos produzirei as outras, aguarde!!! bjos querida

MAH TREVIZAN (: disse...

.boa noite (:
eu simplesmente adorei seu blog *-*
e estou acompanhando, como você pode perceber, hahaha;
.obrigada por estar me acompanhando também :]
sempre que eu puder passarei por aqui,com certeza :D

até mais
um beijo :*

Livinha disse...

Marcelo,
Nos mundos que chegaram a um grau superior, as condições da vida moral e material, são muitíssimo diversas da vida na terra. Como por toda parte, a forma corporea aí é sempre humana, mas embelezada, aperfeiçoada e, sobre tudo, purificada. O corpo nada tem da materialidade terrestre e não está, conseguintemente, sujeito as necessidades, nem às doenças ou deteriorações que a predominância da materia provoca, Mais apurados, os sentidos são aptos a percepções a que neste mundo a grosseria da materia obsta. A leveza específica do corpo permite locomoção rápida e fácil:em vez de se arrastar penosamente pelo solo, desliza, a bem dizer pela superficie, ou plana na atmosfera, sem qualquer outro esforço além do da vontade conforme se representa os anjos, ou como os antigos imaginavam os manes nos Campos Elíseos. Os homens conservam a seu grado, os traços de suas passadas migrações e se mostram a seus amigos tais quais estes os conheceram, porém irradiando uma luz divina, transfigurados pelas impressões interiores, então sempre elevadas. Em lugar dos semblantes descorados, abatidos pelos sofrimentos e paixões, a inteligencia e a vida cintilam com o fulgor que os pintores hão figurado no nimbo ou auréola dos santos.
A pouca resistencia que a materia oferece a Espíritos já muito adiantados torna rápido o desenvolvimento dos corpos e curta ou quase nula a infância. Isenta de cuidados e angustias, a vida é proporcionalmente muito mais longa do que na terra. Em princípio a logevidade guarda proporção com o grau de adiantamento dos mundos. A morte de modo algum acarreta os horrores da decomposição; longe de causar pavor é considerada uma transformação feliz, por isso que lá não existe a dúvida sobre o porvir. Durante a vida, a alma, já não tendo a constringi-la a materia compacta, expande-se e goza de uma lucidez que a coloca em estado quase permanente de emancipação e lhe consente a livre transmissão do pensamento.
do livro: Evangelho Segundo o espiritismo cap. III ítem 9. Instruções dos espíritos.
................................
Perdoe, acho que hoje passei dos limites, porém me empolguei, vez que isto é uma demonstração das muitas moradas na casa do nosso Pai
e eis um quadro do que seja esses mundos superiores...
É por isto que se diz que o tempo urge e a hora é agora de se dar as nossas reparações, pois que nossos planeta sofrerá mudanças direcionado ao alcance da libertação...
Adoro tudo que vc coloca em pauta, nos leva a pensar e aprender mais...

Feliz Domingo pra você!
Bjs

marcelo dalla disse...

Maravilhoso Livinha!!!! Seu comentário é digno de um post, me permite publicá-lo? Tudo o que disse, no meu modesto entendimento está correto. Tô lendo o "Livro dos Espíritos", de Alan Kardecm interessante vc mencionar outro livro do mesmo autor...
Fique à vontade para escrever o quanto quiser e não me peça desculpas, pelo contrário, eu agradeço!
bjos querida

Astrid Annabelle disse...

As imagens que vi...todas...são espetaculares.
Li a matéria toda e fiquei muito bem impressionada, Marcelo.
Parabéns por tudo...seu blog está cada vez melhor!!!E LINDO!!!!
Beijos
Astrid Annabelle

Adelaide Figueiredo disse...

Marcelo,

Parabéns.
Gostei muito de ler este texto e das imagens também. Seria uma autêntica maravilha vivermos como os Arcturianos. Será que alguma vez lá chegaremos?...
Abraço

Isa Grou disse...

Olá Marcelo,

Os crop circles sempre me fascinaram e fascinam... essas imagens são realmente fantásticas... eu diria ... quase hipnóticas...
Eu também nunca li nada a respeito dos Arcturianos... vou procurar me informar mais a respeito...
Parabéns Marcelo...........é como se vc tivesse dado mais "vida" às imagens... lindo!

Beijos.

Livinha disse...

Marcelo, fique a vontade no divulgar. Acho que apenas contribui de uma certa forma o ampliar de entendimento e acho que tudo o que for de bom nesta vida a gente precisa levar, divulgar sim.
O que te mandei foi retirado na íntegra do Evangelho, palavras minhas não chegaria a tanto, é profundo demais para que eu saiba fazer belíssimas colocações e explicações... Esqueci de colocar a autoria do Lívro... Allan Kardec.
Sua compreensão está perfeita.

Abços!

marcelo dalla disse...

@ Siala - amei conhecer seu espaço!
@ Mah - um prazer conhecer o seu tb. És muito bem vinda!!!
@ Livinha - a intenção é sempre essa, aprender e compartilhar o q aprendemos.
@ Astrid - fico feliz por estar gostando. tô quse terminando sua análise!
@ Adelaide - quem sabe daqui a uns 100 mil anos? rsrsrsrs
@ Isa - fantásticas mesmo, estou apaixonado por essas imagens!
bjossssssssssssssss

António Rosa, José disse...

Marcelo,

Gostei das suas mandalas. Excelente trabalho de sintonização.

Quanto ao texto, li com atenção, mas como já há vários leio coisas sobre os arcturianos, e seu modo de vida, prefiro 'ir devagar'.

Aprecio muito o trabalho de Barbara Hand Clow.

Continue com as sua mandalas arcturianas, que são bem mais funcionais que qualquer texto à volta do assunto.

Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...