segunda-feira, 18 de maio de 2009

Transição Planetária?

Muita gente me pergunta sobre o que realmente significa essa tal "Era de Aquário", que transição é essa pela qual o mundo passa, etc, etc. Como já devem ter notado, esse assunto me interessa muito, há tempos venho pesquisando sobre isso. Elaborei para os curiosos um pequeno resumo com a essência deste tema.

"Transição Planetária" é o termo usado para denominar o processo de transformações pela qual o planeta Terra e todos os seres nele viventes estão iniciando e continuarão a passar pelos próximos anos (não se sabe ao certo quanto tempo durará). Nessa transição, ocorrerá uma transformação dimensional, ou seja, a passagem do planeta da terceira e quarta para a quinta dimensão, um estado no qual nossos corpos se tornarão mais energia do que matéria.

Isso se deve ao fato de que mais uma vez a Terra iniciou sua passagem pelo Cinturão de Fótons e gradativamente avançamos para uma interação mais intensa com essa nuvem de poeira cósmica. Cinturão de Fótons é o nome dado a um gigantesco anel de radiação que fica à volta do grande Sol Central de nome Alcione, localizado na constelação das Plêiades, em torno do qual orbitam nosso sistema solar e todos os planetas que o acompanham.

Essa procissão do nosso sistema solar em sentido anti-horário ao redor de Alcione, é um fenômeno cíclico. Em cada órbita completa em torno de Alcione, nosso sol, a lua e os planetas atuais mergulham por duas vezes nesse anel de micro partículas de radiação, uma vez para o norte e uma vez para o sul. A passagem do istema solar pelo Cinturão de Fótons se dá a cada período de tempo de aproximadamente 12.400 anos. Mais informações aqui.

A transição planetária é um período oportuno e auspicioso para evolução física, mental e espiritual de todos aqueles que estiverem devidamente preparados para esta passagem. Quem, por afinidade energética, não elevar seu padrão vibratório junto com a mãe Terra (ou Gaia) e não ampliar sua consciência, será encaminhado para outro plano ou planeta, mais de acordo com seu estágio evolutivo (já ouviram falar dos exilados de Capella? Este é um tema para outro post).

A humanidade está aprendendo uma lição importante nesta época, que é se conscientizar de sua própria essência divina, de sua ligação com o Criador Primordial e com tudo o que existe. A lição aquariana é perceber que todas as coisas estão interligadas e que todos fazem parte de tudo isso. O resultado desta transição será a vivência de um período completamente novo para a humanidade, onde reinará mais harmonia e amor entre os homens. Este será um grande salto para a humanidade. Neste milênio acontecerá a entrada da humanidade na Idade da Luz, o despertar da Consciência Crística. Se alguém quiser complementar com mais informações, fique à vontade!

9 comentários:

La Motte Valois disse...

Bom saber. Eu na verdade nunca parei para entender bem a era, mas na minha cabeça sempre tive a impressão de que esta seria uma fase boa, para todos, de forma geral. Espero que eu esteja certo. Acho que estaremos seguros contanto que estejamos conectados com algo mais forte do que nós e contanto que acreditemos em algo maior. Divino: não sei. Mas devemos acreditar. Mas acredito muito em transições e em influências planetárias. Acho que não há como negar.
Um abraço.

António Rosa disse...

Didáctico e expressivo. São experiências novas para a humanidade, que se têm acelerado desde o início da década de 90. Bem explicado.

La Motte Valois disse...

Ola Marcelo! Vi que serás entrevistado no site: Cova do Urso, parabens! Tenho certeza que sera um sucesso, tens muito a falar.

Um grande abraço!
Ricardo Cezar

marcelo dalla disse...

Pois é Antônio, captaste a intenção, que é pra ser bem didático mesmo. Pinceladas gerais, para os leigos! ;)

Maria de Fátima disse...

Olá Marcelo gostei de ler e fiquei a perceber melhor.Beijinhos.

irradiandoluz disse...

Me interesso muito por este tema. Segundo o Calendário Maia, atualmente a órbita da Terra ainda não entro completamente na área do Cinturão de Fótons. Assim, em alguns períodos do ano, estamos fora de sua influência direta, enquanto em outros, estamos dentro dela.
A transição só estará completa em 31 de dezembro de 2012, quando se encerra o grande ciclo do Calendário Maia de 52 mil anos.
Até lá, as almas fazem suas escolhas (*conscientes ou não):
De que lado você samba? Você samba de que lado?

AXÉ
Gabriel Dread
Obs: venho aqui através da Cova do Urso. Agradeço o António por ter nos apresentado.

irradiandoluz disse...

Ah, uma última informação: segundo os estudiosos do Calendário Maia, a primeira vez que a órbita terrestre acessou o cinturão de fótons (nesta era recente) foi na Convergência Harmônica de 1987.
Não por acaso, foi quando o Dr. José Argueles consegui decifrar muitas das chaves para o entendimento do Calendário das 13 Luas de 28 dias.

AXÉ
Gabi Dread

marcelo dalla disse...

Olá Gabriel! Informações corretíssimas. Segundo Barbara Hand Clow e segundo varias outras fontes, em 2012 o sitema solar penetra totalmente dentro do cinturão de fótons. Completamos um ciclo de 26 mil anos!!! A pergunta que me faço é esta: o que mais precisa acontecer pra que todos despertem? Axé pra vc tb!

Andre Flagger disse...

Bem, estou lendo aqui seus rastros, Dalla, as historias de pesquisa, comentários...
Uma de minhas perguntas está relacionada ao outro ciclo após o nosso que acabamos de entrar. Se entramos no centurão de fótons para um despertar, em novo cliclo, entrar-se-á em nova senda de trevas após o mesmo, correto? Ou seja: fora do centurão daqui há 12 mil anos. sendo assim, pode-se se dizer que tudo sob essa influência penderá novamente sem a energia criativa? O que aconteceria com a nossa matéria, humanidade que aprendeu novos segredos, se integrou a novas energias? Hora de migração de região, dimensão, planeta, ou?...
Abraços do André Flagger.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...