quinta-feira, 14 de maio de 2009

RESPOSTAS

Era uma vez um conto de fadas
No qual um dia você foi o herói.
Hoje fica olhando o horizonte pela janela,
Como se tivesse habitado as estrelas
E perdido o caminho de volta.

Você procura a paz de um paraíso mitológico,
Um brinquedo abandonado no quintal da infância,
Um pedaço de seu próprio corpo,
Que de tantas vidas sem ele,
Quase já se acostumou a ficar sem.

Lá fora, no barulho do tráfego,
Pessoas passam como sombras estranhas,
Como se não fizessem parte de um mesmo destino.
Todas carentes, com buracos enormes no peito.
Sentem saudade, mas não sabem de quê.
Se encolhem no sofá e choram, como você.

Saiba que um encontro foi marcado:
Desde o início uma incrível descoberta lhe espera.
Mas para se lembrar é preciso que pare com analgésicos,
Que desista dos erros e encare de frente essa dor.
Que tire os olhos da janela e os mergulhe no vazio imenso da alma.

Então a busca que parecia eterna chegará ao fim.
Um êxtase maior do que qualquer prazer efêmero,
Um significado além de qualquer palavra,
Serão provas de que tudo fazia sentido.
Você se reconhecerá divino, eterno e poderoso como sempre foi,
Mas há muito havia esquecido.

11 comentários:

Shin Tau disse...

Marcelo,

que lindo!!! Conseguiste colocar um ensinamento fundamental de forma tão bela, parab´nes pela tua expressividade.
Adorei :"Que tire os olhos da janela e os mergulhe no vazio imenso da alma." foi o que fiz estes dias!!!

Uma beijoca

marcelo dalla disse...

Olá querida! Eu tb tenho feito isso nesses últimos tempos... q bom q gostou! bjo

adriana disse...

:)

António Rosa disse...

Marcelo

Lindo e expressivo. Os Novos Tempos já estão chegados. Conseguiste fazer poesia e ensinamento, em simultâneo. Parabéns.

Fiquei enternecido a relembrar o que esquecido estava.

António Rosa disse...

Marcelo

Só reparei agora no link à «Nova-Lis».

Muito obrigado e bem-haja.

Lucas Moratelli disse...

Que mais dizer que és ótimo em prosa e verso. :)

_

Esses momentos de "olhos da janela", às vezes, são inevitáveis. Triste é quando isso se estende pela vida toda.

Ótimo, ótimo!

Abraço.

Adelaide Figueiredo disse...

Marcelo,

Muito bonito!

Mas ficou implicito o ensinamento :)

Até breve

marcelo dalla disse...

Pois é Lucas... o problema é quando as pessoas só olham pra fora e nunca pra dentro.

Marise Catrine disse...

Marcelo,
(suspiro)!!!
Maravilhoso.
Beijocas

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Marcelo "inútil dormir que a dor não passa..."
Um abraço

marcelo dalla disse...

Olá Wadnerley!!! Um dia ela vai passar. Trabalhemos... abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...