domingo, 15 de fevereiro de 2009

O ETERNO AGORA

Se quiser falar comigo, tem que ser agora.
Amanhã desmontarei minha casa e meu corpo
Pra dar espaço a algo novo que ainda não sei o que é.
Estarei nas esquinas vendendo meus poemas
E mesmo que ninguém os compre,
Apresentarei-os ao vento.

Se quiser que lhe ajude, tem que ser agora,
Porque daqui a pouco dobro a curva
E atravesso a muvuca sozinho.
Cantando e gritando enquanto acendo as velas,
Sangrando atravessado por uma flecha.
Aquela mesmo - a do cupido.

Se quiser me perguntar algo, tem que ser agora.
Daqui a pouco já ditei todas as fábulas,
Fechei as cortinas,
Esqueci meu nome
E me deitei, completando a agenda.

Fale depressa, estenda-se no meu pensamento,
Misture sua voz na minha,
Pra que eu possa acordar com uma voz diferente na boca.
Amanhã serei um cometa, uma estrela, uma lua...
Porque minha alma é incendiária,
Toda a cidade corre o risco de se consumir em chamas.

Portanto, se quiser falar comigo,
Tem que ser agora.
E agora.
E agora também.
E agora.
E agora…

Um comentário:

Palavras de Osho disse...

"Porque minha alma é incendiária" - que maravilha de frase, que maravilha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...