quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Projetos para o próximo ano:

- Dizer o que nunca foi dito.
- Provar que não estamos sozinhos.
- Instalar um rádio-transmissor no telhado lá de casa.
- Tocar as músicas lindas dos amigos, aquelas que provocam um choro de limpeza na alma.
- Dar de presente canções que iluminam as sombras, a miséria, o esquecimento.
- Cavar um buraco na realidade chata e morna.
- Me transformar numa respiração de clareza e entendimento.
- Provocar gargalhadas que curam o medo.
- Trazer o movimento da dança pra quem vive arrastando pedras.
- Abrir caminhos para os que têm coragem.
- Cuidar das feridas com a minha voz.
- Me dedicar ao extremo exercício da beleza.
- Abrir todas as portas, acender todas as luzes e aposentar as chaves.
- Dedicar cada instante a fazer com que ondas de perplexidade alaguem homens, mulheres e crianças.
- Trazer o brilho de volta a todos os olhares.
- Levar os dias pra dentro da eternidade.
- Contaminar de sentimentalismo piegas até o coração mais implacável.
- Rasgar de vez essa ilusão abismada, chacoalhar o mundo pra que todos despertem desse sono sufocante.
- Compor um texto que solte faíscas, clarões luminosos cortando o céu. Algo tão mágico que paralise de encantamento quem ler. Criar uma vida inovadora em minhas frases. Que sejam tão fluidas, tão penetrantes, ao ponto de dissolver a mais terrível noite. Que meu ato de escrever transmita um grito fabuloso, armado pelas tantas variedades de amores possíveis. Que cada letra seja um prodígio, que cada palavra seja divina, um céu habitado pela vida quimérica dos santos.
- Por fim, aprender o segredo de provocar silêncios. Daqueles que surgem quando se compreende tudo.

E assim é! Feliz 2009!

2 comentários:

andre disse...

to adorondo isso tudo aqui..........

LUANDA disse...

Você cada vez mais hipnotico, se eu for comentar tudo ...rsrsrs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...