sábado, 12 de março de 2011

ENTRADA TRIUNFAL DE URANO EM ÁRIES - RETROSPECTIVA HISTÓRICA


Na noite passada (11/03/2011) ocorreu o ingresso de Urano no signo de Áries. O planeta rege as reviravoltas bruscas e radicais, as revoluções que em geral acontecem de forma inesperada ou tumultuada. Por onde transita promove instabilidade com mudanças rápidas e pode causar bagunça ou falta de organização. Mas traz também boas idéias e inovações, consideradas “excêntricas” num primeiro momento. Ao ingressar em Áries, signo que representa o pioneirismo e iniciativa, Urano ganha força e velocidade. Podemos esperar por grandes inovações e invenções tecnológicas, novidades até agora impensadas.

Urano fica em torno de 07 anos em cada signo, leva aproximadamente 84 anos para percorrer todo o zodíaco. A última vez que esteve em Áries foi entre abril de 1927 e março de 1935. Mas o que aconteceu naquela época? Quais foram os fatos históricos marcantes que podem nos dar uma idéia da influência desse planeta naquele momento?


A década de 20 foi marcada pela prosperidade e liberdade, animada pelo som das jazz-bands e pelo charme das melindrosas. Foi a era do Jazz. Essa nova música vibrante , sensual, dotada de “swing”, causou impacto sobre as platéias da época. Antes do jazz, a música para dançar era de origem européia, bastante formal e com regras claras para o contato entre os pares. Louis Armstrong torna-se o primeiro e um dos maiores solistas deste novo estilo musical.

O curto período entre as duas guerras ficou conhecido como "anos loucos", caracterizados por um estilo frenético de vida provocado pelas incertezas da paz gerada pela Primeira Guerra. Produziram radicais alterações na forma de analisar a realidade e de representá-la artisticamente.

Tempo de inovações tecnológicas, da eletricidade, da modernização das fábricas, do rádio e do início do cinema falado, que criaram, principalmente nos Estados Unidos, um clima de prosperidade sem precendentes, constituindo um dos pilares do chamado “american way of life” (o estilo de vida americano).


As mulheres copiavam as roupas e os trejeitos de atrizes famosas, como Gloria Swanson e Mary Pickford. A cantora e dançarina Josephne Baker também provocava alvoroço em suas apresentações, sempre em trajes ousados. Livre dos espartilhos, usados até o final do século 19, a mulher começava a ter mais liberdade e já se permitia mostrar as pernas, o colo e usar maquilagem.

A francesa Gabrielle Coco Chanel é a síntese da nova mulher dos anos 20. Ela alcança o auge do sucesso no mundo da moda. Seu clássico perfume - Channel no. 5 - é uma mina de ouro até hoje.


O estilo ART-DECÓ ganhou fama trazendo a arte construtivista – preocupada com a funcionalidade, além de lançamentos literários inovadores, como “Ulisses”, de James Joyce. É o momento também de Scott Fitzgerald, o grande sucesso literário da época, com o seu “Contos da Era do Jazz”.

Intelectuais fazem de Paris sua nova pátria, ícone do que a vanguarda européia define como "modernismo". Paris virou vitrine e todo mundo queria entrar nela. Em 1925, pela primeira vez, os surrealistas mostraram seus trabalhos nesta cidade. Entre os artistas estavam Joan Miró e Pablo Picasso.

No Brasil, a Semana de Arte Moderna (1922) foi o grande acontecimento cultural do período. Lançou as bases para a busca de uma forma de expressão tipicamente brasileira, que começou a surgir nos anos 30.


Em 1927, Jacques Doucet (1853-1929), figurinista francês, subiu as saias ao ponto de mostrar as ligas rendadas das mulheres - um verdadeiro escândalo aos mais conservadores.

A tecnologia de aeronaves em geral desenvolveu-se bastante. Neste período, rápidos avanços foram feitos no desenho de aviões, e linhas aéreas começaram a operar.

Em 6 de outubro de 1927, estréia, em Nova York, o primeiro filme falado da história cinematográfica. Trata-se de "O Cantor de Jazz", com Al Johson no papel principal.

Em 30 de de outubro de 1928, o dirigível alemão Graf Zeppelin é a primeira aeronave comercial a fazer a viagem de ida e de volta entre Europa e Estados Unidos.

Também em 1928, Alexander Fleming descobre a penicilina acidentalmente.

O gênero “ficção científica” ganha fama com as histórias em quadrinhos e pernonagens como Flash Gordon e Brick Bradford.

Investidores faziam fortunas diariamente na bolsa de valores, a idéia de que a vida devia ser aproveitada ao máximo em festas e diversão ganhava progressivo espaço, revolucionando o tradicional espírito de parcimônia protestante da cultura americana.

Mas toda a euforia dos “felizes anos 20″ acabou no dia 29 de outubro de 1929, quando a Bolsa de Valores de Nova York registrou a maior baixa de sua história. De um dia para o outro, os investidores perderam tudo, afetando toda a economia dos Estados Unidos, e, conseqüentemente, o resto do mundo. Os anos seguintes ficaram conhecidos como a Grande Depressão, marcados por falências e desemprego.


Querem mais “revoluções” do que estas? Que venha o novo!!!!!
Para mais informações, recomendo o artigo de Ana Cristina Abbade: URANO EM ÁRIES.

Adendo:
Um amigo chamou minha atenção no Facebook para o fato de que "nem toda novidade é boa, que existem coisas novas que vem pra destruir o antigo para piorar. Que a partir de 1929 começa uma das épocas mais nefastas do ultimo século. Crise nos EUA, ascensao do fascismo e nazismo", etc, etc...

Que fique registrado: Prefiro ser otimista e falar das coisas boas. É uma opção consciente minha. Sobre os presságios astrológicos planetários, acredito sinceramente que não teremos uma terceira guerra mundial, por exemplo. E sei também que nada é por acaso, tudo o que acontece é pro aprendizado próprio e da humanidade. Pra evolução. Portanto, que venha o novo sim senhor. Não tenho medo!!!!

20 comentários:

Filomena Nunes disse...

Viva Marcelo,

Já li e partilhei inúmeros artigos sobre este tema da actualidade.

O teu está igualmente excelente! Parabéns pela pesquisa histórica e pela análise.

Um abraço :))

Filomena

MARCELO DALLA disse...

Filomena: que bom que gostou!!!! Como disse no Facebook, este assunto me interessa muito tb.
E adoro história (Lua em Câncer). rsrsrs
bjossssssss

Filomena Nunes disse...

Sim, Marcelo.

Eu também adoro história e adoro histórias de vida e boas biografias..
Tem tudo a ver.. :))

Beijinhos

Leila Brasil disse...

Excelente postagem . Impossível ler apenas sem nada registrar. Por isso vim dizer obrigada pelo artigo.
Agora, licencinha que vou ler mais por aqui

MARCELO DALLA disse...

Leila!!!! Gosto que pense assim e agradeço a gentileza. Veja vc: o post já teve mais de 100 visualizações e apenas 2 pessoas comentaram.
Mas tudo bem tb...
Fique à vontade, sinta-se em casa!!!
bjosssssss

Leila Brasil disse...

Marcelo, as vezes parece bobo apenas dizer eu li e gostei . Dá vontade de falar alguma coisa bastante especial e nem sempre sabemos como .
Obrigada pela recepção !

Fui também no link indicado no texto e aproveitei bastante a visita

Em casa ,rs, viu?

MARCELO DALLA disse...

Leila: fui lá no teu blog tb, gostei dos ses textos e do astral do seu espaço!!!
Volte sempre q quiser!!!
bjosssss

Isa disse...

Marcelo,

Hoje, em Portugal, o povo (maioritariamente os jovens entre os 18 e os 36 anos) saíram à rua numa Manifestação sem precedentes (300 000 pessoas na rua)!
Eu também fui clamar por justiça social. Por trabalho, educação e saúde para todos.
Por um mundo melhor.
Esse Urano é certeiro!
Beijo

MARCELO DALLA disse...

Isa: que belo depoimento, realmente um fato histórico. Se estivesse aí em Portugal participaria tb!!!
Bjo

Matilde disse...

Mr. Dallinha!

Super bacana o post, e grata por estar sempre a acrescentar e compartilhar isso tudo!

Admiro-te imenso amigo! jokas!!

hausdesign disse...

Que venha o novo...Inspirador seu texto, parabéns!

MARCELO DALLA disse...

Matilde: agradeço a gentileza e a simpatia. Adoro quando os amigos de Portugal vem visitar o blog!!!!
bjossss

MARCELO DALLA disse...

Hausdesign: gratíssimo!!! Seja sempre bem vindo!!!
abraço

Daniela Scheifler disse...

Marcelo, que belo texto! Urano em Áries promete, né?

Hoje descobri que no PS3, em filmes em Blu Ray, pode-se colocar no modo movieQ via BD-Live e acessar a internet para saber mais sobre personagens e cenas. Não é demais.

Como diz o moço aqui de casa, Sol/Lua em Aquário e asc em Áries: nós já estamos no futuro! :-)

E eu concordo em gênero, número e grau com você: prefiro interpretar os símbolos na sua mais alta vibração. A linguagem tem muito poder, ainda mais essa da Astro que invoca símbolos tão antigos.

beijos e parabéns!

)O(Lua Nua)O( disse...

Eu tb sempre sou muito otimista, mas não estou conseguindo ver (falando intuitivamente) a entrada de Urano em Áries como uma coisa boa a curto prazo, talvez a longo prazo seja algo como destruir o velho para receber o novo...
Bjs

António Rosa disse...

Marcelo,

Como decidi descansar de tudo este fim-de-semana, só hoje é que vim aqui.

Magnífico post. De imensa criatividade.

Abraço.

Arte da Tribo Produções disse...

Que o velho caia para que o novo possa vir triunfante.

Muita energia e expectativas.
Pensando sempre em coisas boas!!!

Um abraço
e uma ótima semana.

Marcio Hoffmann
Arte da Tribo Produções

MARCELO DALLA disse...

Antonio querido! Foi o que imaginei, sabia que iria comentar!!!! rsrsrs
Tb gostei muito deste post. E fez sucesso, mais de 600 visualizações desde sábado.
abraço e boa semana!

MARCELO DALLA disse...

Marcio: É isso mesmo!!! Vamos em frente q atrás vem gente!!!
grande abraço, grato pela visita!!

Anônimo disse...

Essa entrada de Urano em Áries não foi mto boa para os japoneses. Espero que as "mudanças" não ocorram sempre dessa forma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...