segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Continue a nadar...


Homenagem a um de meus personagens preferidos: a Dory, de "Procurando Nemo". Com um olhar mais atento, percebemos a grande sabedoria que ela nos transmite. Lições simples, bem-humoradas, metafísicas até.

Ela sofre da perda de memória recente, ou seja, vive no aqui-agora. Corajosa, aberta para novas experiências, inocente e disposta a ajudar, não exita em partir para uma verdadeira epopéia com Marlin (pai do Nemo - cético, pessimista e medroso). Mesmo em situações arriscadas, como dentro do estômago de uma baleia, tanta acalmá-lo dizendo: - Tá tudo beeeeeeeeeeem!...

Marlin não acredita nela. Mas o que importa? Está tudo bem, realmente. Segue em frente cantando: - Continue a nadar, continue a nadar, continue a nadar. Me digam: existe outra possibilidade para nós, a não ser seguir em frente, continuar a nadar?

E ela sabe falar baleês! Onde aprendeu? Mais uma vez, não importa. Ela acredita que sabe e pronto. É inclusive graças ao seu hilário diálogo com a baleia que eles conseguem chegar ao seu destino.

Outro detalhe importante: com sua generosidade, sua preciosa contribuição para sucesso da missão do personagem principal, ela se supera e consegue lembrar o endereço da etiqueta perdida. Minha heroína! Não é só o Marlin que aprende muito com ela. De uns tempos pra cá, sempre que me pego ansioso, preocupado com algo, surge sua vozinha a me tranquilizar: Tá tudo beeeeeeeeeeeeem!!!

Parabéns aos criadores da Disney-Pixar. A Dory é genial!

19 comentários:

Fatima disse...

Oi querido!
Eu tb gosto muito da Dory do filme procurando Nemo. A minha filha tem todos os personagens principais.
Mas eu acho que vc se enganou o pai do Nemo,Marlin, é quem viaja com a Dory para procurar o Nemo.
Bjs.

Silvia Freedom disse...

Ameeeeeeiiiiiii! Concordo com tudo e sou fãaaaaa de carteirinha dessa Doryyyyyyyyzísssimmmaaa. Vi tantas vezes o filme que já decorei as falas. Muito boa a lembrança e lembre:

- Prá qualquer situação...naaa-daarrrrr!
e
- Vamú q Vamú!
Silvia

Silvia Freedom disse...

Não resisti e inclui dois trechos que gosto muito.....


http://www.youtube.com/watch?v=U0-LLwpS67k

e

http://www.youtube.com/watch?v=DZ8uSFZAeCQ

Bjs
Câmbio. Desligo.
Vamú q Vamú!

Silvia Freedom disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
marcelo dalla disse...

Tem razão, Fátima, Nemo é o filho. Vou corrigir! Thanks e bjos!!!

Marcelo disse...

Não foi a toa que inclui Procurando Nemo em minha coleção de DVDS. A Dory traz em sua postura, aquelas mensagens subliminares do "não desista", mesmo que inconsciente.

Tem selo para você no meu blog.
Um abraço.

marcelo dalla disse...

E o nome dela é mesmo Dory!!! rsrsrsr

marcelo dalla disse...

Que legal, Marcelo. Vou já pro seu espaço! Obrigado!

Guilherme Bandeira disse...

Fala meu camarada!

Agora também estou seguindo seu blog, vejo que temos muito em comum: alma de artista...rs.

Achei seu blog super maneiro (odeio essa frase, parece aquelas que todos dizem) estarei por aqui sempre...valeu!

Abraço!

Guilherme Bandeira
www.olhaquemaneiro.com.br

marcelo dalla disse...

Bem vindo, Guilherme!!!
abraço

Cris disse...

amei! ela é tudo de bom...

Dani disse...

acredita que ainda não assisti?? sempre achei muito simpáticos esses peixinhos, agora não vou resistir a pegar o filme! :)

marcelo dalla disse...

Cris, sou fã da Dory. Deu pra perceber, né?
Dani, vc vai gostar, tenho certeza!!!
bjos

Silvia Freedom disse...

Oi Marcelo,

Dory manda lembranças

marcelo dalla disse...

hehehehehehe Thanks Silvia!

Shin Tau disse...

Marcelo

a Pixar é a única produtora norte-amerciana de cinema animado para "crianças" que me põe louca com os seus filmes.

"À procurade Nemo" é como dizes uma obra de ensinamento e inspiração como não via há muito. A Dory é a LOUCA, arcano 0, a criança interior que todos temos, o Eu superior, enfim, tudo isso que já disseste.


Uma das coisas que esse filme me deixou impressionada foi o início, toda a família morre numa tragédia incrível, ficando apenas o pai e Nemo. Na altura pensei: «Olha que maneira porreira de mostrar às crianças as tragédias inevitáveis que nos acompanham.» A forma como eles tratam o tema é fenomenal, não vi melhor ainda a não ser em filmes asiáticos de animação.

A Pixar em feito um excelente trabalho em continuar a relembrar os ensinamentos esotéricos para as crianças e não só! Essa é a pérola, os seus filmes podem ser vistos pelos filhos, pais e avós, e todos aprenderão algo se quiserem, claro.

Já agora (pois estou a falar demais) aconselho o "Cars" um filme que nos fala muito sobre as pressas na vida e o desenvolvimento social das grandes urbes.

Beijocas Marcelo e excelente artigo :)

marcelo dalla disse...

Excelente comentário o seu tb, Shin Tau! Assisti Cars e gostei imenso!!! (como vcs dizem) Esses roteiristas são mesmo "antenados"... bem haja! (como vcs dizem tb) hehehe
grande bjo, tava com saudades das suas visitas!

railer disse...

ela é realmente uma lição. bela postagem e belo blog. vou te seguir!

analog disse...

good and nice fish.......

Get More Details

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...