domingo, 22 de setembro de 2013

SHIVA - O DEUS DA DESTRUIÇÃO, DA REGENERAÇÃO E DA LIBERTAÇÃO

Ilustração daqui
Olá amigos!
Ando nos últimos tempos cada vez mais encantado com o Hinduísmo. Brahma, Vishnu, Shiva, Lakshmi, Ganesha... é um conhecimento lindo e rico demais! Este post é uma homenagem a SHIVA, uma das três divindades grandiosas de nosso sistema solar. É a divindade destruidora, a evolução e o progresso personificado, sendo ao mesmo tempo o regenerador e o renovador. 

autor desconhecido

Brahma é o Pai: o Poder da Criação, da idealização da nossa razão de ser e atuar. Vishnu é o Filho: a Sabedoria e o Conhecimento da Vontade do Pai, ele é a missão de ensinar e acompanhar cada alma até a conclusão do plano divino na Terra. Shiva é o Espírito Santo: o Amor à perfeição e à conclusão do plano divino, somado à missão de purificar a criação, destruindo todas as forças contrárias à vida e ao amor divino.

ilustração daqui

Shiva com Parvati (sua contraparte feminina) são os representantes de Brahman atuando como os mensageiros da “Destruição, da Regeneração e da Libertação”. É Shiva quem nos ajuda a destruir as nossas más criações e a de nossos irmãos que estejam atuando contra nós.

ilustração daqui

Shiva é o responsável pela purificação de nosso ser, a regeneração de nossas células e do mundo que nos cerca. É ele quem nos ajudará na separação do joio e do trigo na colheita dos frutos do plano divino agora feito realidade em nossas vidas. Parvati atua como mãe e como guerreira, protege-nos e ao nosso plano divino, livrando-nos de todas as forças malignas, libertando-nos para que possamos colocar o plano de nosso Pai, Brahman, inteiramente realizado, verdadeiro e vitoriosamente manifestado.

autor desconhecido

As vezes ele é visto como NATARAJA – o deus das artes e das danças, o dançarino cósmico, bem como o senhor das artes marciais e o protetor dos animais. Numa de suas mãos ele carrega um pequeno tambor que anuncia a criação e noutra, o fogo da renovação. Sua mão estendida representa sua força superior, e o pé levantado simboliza a liberação. 

autor desconhecido

Ele dança sobre um demônio que representa a escuridão e o mal, estando assim, acima da ignorância e de todo mal, e em seu braço direito há uma serpente demonstrando que SHIVA domina todas as riquezas naturais. As lendas dizem que o rio Ganges nasce de sua cabeça. SHIVA é o controlador de toda a ira e é conhecido por sua imensa benevolência e misericórdia, concedendo-a a todos mui facilmente. 

autor desconhecido

As vezes ele é encontrado num estado de meditação, demonstrando que é o deus da Yoga. SHIVA é o senhor de DURGA – a deusa da natureza material – e é transcedental a qualquer desejo ou ilusão material . Ele é o pai de Ganesha – o deus da boa sorte e prosperidade. Ele é amigo dos yogis e é quem os ajuda a atingir suas metas de realização em Deus.

ilustração daqui

SHIVA, possui um terceiro olho que sempre permanece fechado, pois no momento em que abri-lo, toda a criação será incinerada pelo calor abrasivo do fogo da renovação. Dizem os orientais que SHIVA protege a casa dos seus seguidores de todos os tipos de males.  Seu terceiro olho (no centro da testa) está no formato oval e na posição vertical. “O Poder do Olho de Deus que tudo vê”, tanto no céu como na Terra.

ilustração daqui

A única coisa que precisamos fazer é entender que sem o apoio e o acompanhamento de Shiva, não chegaremos à perfeição de nosso plano divino. Ele sabe que não chegaremos a ele perfeito e nos espera com todos nossos defeitos.

autor desconhecido

Ele espera que o chamemos para que possa nos acompanhar neste trabalho de purificação e finalização do plano de nosso Pai. O Filho, Vishnu, é o mensageiro intermediário entre o Pai e nós. Assim, tudo o que o Pai nos dá, vem através dele. Ele é o Cristo Pessoal, o Eu Superior, O Anjo da Guarda, entre outros nomes.


ilustração daqui

O Espírito Santo, Shiva, é o mensageiro intermediário entre nós e Brahman. Assim, nada sobe ao Pai a não ser através dele. Ocorre que após completarmos todos os nossos serviços ao Pai, precisaremos passar nós mesmos e por completo, pelo fogo purificador de Shiva.


ilustração daqui

Shiva sempre aparece coberto por uma pele de tigre ou com uma pele de elefante  com a face branca como a neve e cabelos opacos. Ele se parece como um yogi. A pele do tigre simboliza o domínio sobre a própria inquietação e dispersão; a pele do elefante simboliza o domínio sobre seu orgulho e agressividade.


ilustração daqui

Suas armas são o tridente, "Trishula" cujas três pontas simbolizam as propriedades do Deus como criador, conservador e destruidor. Uma espada, um arco e um bastão que terminam em um crânio, atributo característico dos ascetas e yogis, demonstrando o poder, o equilíbrio e o conhecimento. Trishula representa a chama trina da trindade divina; o poder, o amor e a sabedoria de Brahman, as plumas da chama sagrada que podem destruir a ignorância dos humanos. Trishula representa também o instrumento para punir aqueles que fazem o mal contra as crianças de Deus.


ilustração daqui

A Serpente Naja e muito retratada ao redor do pescoço e da cintura do Senhor Shiva. Ela é a mais mortal das serpentes, isto simboliza que Shiva dominou a morte e tornou-se imortal. Na Yoga, a serpente representa a energia do fogo Kundaliní subindo pela coluna e ativando os chakras, produzindo a iluminação (samadhi), um estado de consciência expandida.

ilustração daqui

Shiva é aquele que destrói as coisas sob uma forma imperfeita, mas as traz à vida sob uma outra forma mais perfeita.  Shiva atua como o impressionante destruidor das paixões humanas e sentidos físicos, que estão no caminho do desenvolvimento das percepções espirituais mais altas e o crescimento do homem eterno interior.


Fontes de pesquisa:

3 comentários:

Laryssa GO disse...

Adorei o texto. ..

Rodrigo disse...

Belas imagens e texto.Também tenho mito interesse pelos deuses hindus, ultimamente não tenho estudado muito sobre eles. Foi bom revê-los aqui.

Rodrigo Serafim

Lourdes Carniel disse...

Adorei. Muito obrigada.
Foi muito esclarecedor.
Você também vai escrever sobre Durga?
Namastê
Lourdes Carniel

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...