terça-feira, 10 de janeiro de 2012

LIMPEZA DE CASA COM ERVAS E PLANTAS


Olá amigos!
Compartilho hoje um lindo e instrutivo texto do arquiteto Carlos Solano, especialista em Feng Shui. Ele nos revela alguns segredos para a higienização e o equilíbrio energético de casa, tenho certeza de que vão gostar. Vamos ao texto:

CASA NATURAL - RECEITAS DE UM BRASIL BRASILEIRO
Arquiteto Carlos Solano 

Tem coisas que não existem mais nesse mundo…“Mas em Minas tem!” me garantiu dona Francisca, minha faxineira sabe-tudo. Não só em Minas, mas em Goiás, na Bahia, no Amazonas, no Rio Grande do Sul... Enfim, depois de me aventurar por terras estrangeiras em busca das artes de cuidar da casa, eu comecei a desconfiar que no nosso Brasil, bem debaixo das nossas asas, deveria existir alguma coisa nesse sentido. Dito e feito! Na pureza do interior desse país, os cuidados com a casa ganham muitos sentidos, pois existe a fartura ou a beleza da natureza para inspirar.

Em Goiás, aprendi com dona Flor, benzedeira e parteira de mais de 5000 partos, que cuidar da pessoa e da casa é tudo uma coisa só. Por isso, lá no Vale do Moinho onde ela mora, faz parte do tratamento um sabonete de ervas para descarregar o corpo, uma garrafada (ou vinho de ervas) para animar a alma e três mudinhas de planta para re-ambientar a casa. Tudo preparado pelas mãos milagrosas dessa mulher guerreira que desvelou sozinha alguns bons segredos da natureza. Ela sabe que as plantas têm poder, e quando colocadas dentro de casa, no jardim ou no quintal, podem modificar todo um ambiente, repelindo o indesejável e atraindo forças benfazejas...

E esta é apenas uma das ideias que regem o cuidado com a casa da roça: primeiro é preciso limpar, ou desintoxicar a morada, e, depois abençoar, ou preencher o ambiente com o bem e o positivo.

“Limpar é deixar ser...” E, para isso, existem mil faxinas purificantes, os filtros feitos de ramalhetes dependurados de cabeça para baixo, os penduricalhos (móbiles feitos de ervas aromáticas), as chuvas de rosas... Mas, antes temos de saber quais os raminhos verdes mais indicados. Como escolher?

É fácil. Quem diria que o poder da planta está na assinatura da cor, do feitio, do aroma e do sentido? Quem diria que as formas das plantas têm a ver com os sete arcanjos? Que uma planta é de São Miguel e outra é de São Rafael?  Que as flores azuis irradiam a graça divina porque são pedaços do céu, a morada dos deuses? Que a flor de buganvília, por parecer um casulo, faz a proteção física e espiritual?


É por causa dessas e outras analogias que faxinar a casa com o chá de pata de vaca (cuja folha lembra um coração) resgata o doce da vida, que banhar a morada com o pano de chão embebido em um chá de calêndula (conhecido cicatrizante) melhora as feridas da alma, que o banho de rosas brancas pacifica a casa e traz entendimento. E que a faxina com o chá de eucalipto, um bom desinfetante, abre os caminhos e ajuda a clarear as metas de vida (1 copo de álcool + o chá ou 7 gotas de essência de eucalipto. Passar o rodo com o pano de chão em forma de cruz em cada cômodo). E por aí vai...O manancial de receitas é infinito.

Após a purificação, a casa fica como uma tela em branco e é preciso preencher com coisas boas.  Para isso é que servem os famosos “talismãos” (objetos que guardam as bênçãos das mãos que os prepararam), as rodas indígenas de ervas e flores, ou as águas de cheiro, que são borrifadas, desde a entrada até os fundos do lugar. Você pode escolher. Infusão de Águas Calmas (ervas e flores em infusão na água de fonte com álcool de cereais), deixada por três horas no sol e 28 dias na sombra. Ou, para os casos de maior aperto, uma Infusão de Águas Rápidas: ervas e flores em infusão por duas horas em álcool de cereais puro. Depois, deve-se diluir o elixir em água mineral para borrifar a casa limpa.


A água feita da casca de laranja ou da mexerica (frutas que se parecem com um pequeno sol) ilumina os caminhos. Água de Rosas com Alecrim alegra o coração, a Água de Jasmim trabalha o esquecimento de si (“jaz-mim”) e abre espaço para a inspiração espiritual, a Água de Espada de São Jorge com Canela protege estimulando, a Água Revitalizante de Manjericão Roxo atua contra depressão, a Água Refrescante de Hortelã serve para ambientes pesados, pois se a hortelã é vermífugo, atua também contra os “vermes da alma”. E assim vamos tecendo benefícios para a casa e para a vida...

Só aqui no Brasil mesmo. Ô terra boa.

12 comentários:

RUTE disse...

Bom dia Marcelo,
mais um post muito interessante.

Para além de toda a boa informação herbalista, adorei a separação da palavra jaz-mim, simbolizando o esquecimento de mim.

Gosto disso, de visões incomuns, do comum. Há pouco tempo, dei com 2 palavras que se podem ler de forma incomum (mas há provavelmente muitas mais): sê-mente e funda-mental.

Abraços vibrantes.
Rute

Anônimo disse...

Adorei, depois de uma reviravolta na minha vida estou partindo para meu apartamento novamente e quero todas essas boas energias para mim e para os amigos que chegarem no meu lar.

Abraços, Dedego

Maria Izabel Viégas disse...

Um Encanto este post!!!

Celo, tenho cobrindo o muro da frente da minh acasa um bougainville vermelho, que pertence já sabe a quem ;)!
São muralhas...
E dois tipos de jasmim: do Imperador, aroma exótico e aqule trapadeira comum, mas que tenho uma história com meu pai. Um dia conto rs. E este, parece brincadeira: mas sempre que estou à ´procura de alguma resposta : abre-se. Já abriu fora de época. Aliás... ele se abre em perfume sempre!
Meu ipê-roxo na calçada nos liga às florestas do Brasil e do mundo... elas se comunicam... sente-se a vibração de amor nela.
Refiz minha horta caseira, lá no fundo, onde bate sol... uma delícia... a harmonia e a alegria que invade nosssa alma quando ali estamos. Semear, replantar, colher e louvar! Coloquei nova hortelá pois meu "lindo" cão zão comeu-as todas! risos
Mas , ele, meu lobo é também minha ligação a força primitiva, aos xamãs que andam á nosssa volta.

Querido, vou colocar aqui o que escrevi no blog do António:

"Ah... amigo, tem no Memórias um agradecimento a ti e ao Marcelo Dalla - pelos posts que fizeram para mim.
Claro que não vivemos aqui na Blogosfera a esperar que te citem nos seus blogs, mas oc dois foram os únicos que me deram este presente!
E eu AGRADEÇO!
Como falo lá... é o amor- amizade materializado!
Grata ...para sempre!"

AMEI o POST... LINDO COMO VC!
BEIJOOOOOOOSSSSSSSS

Tavi disse...

Marcelo, esse post está DEMAIS! Sensível , delicado, inspirador, impregnado de energia da natureza. Dá até vontade de sair correndo pelo meio do mato.

Os comentários da Rute e da Maria Izabel também fazem sorrir.

Vou tentar aplicar um pouco desses métodos lá em casa!

Um grande abraço fraterno

Astrid Annabelle disse...

AH! Eu adorei este post Marcelo! Bonito em todos os sentidos...senti as cores, os aromas...quanta sensibilidade. Volto bem mais rica para casa hoje.
Beijo grande muito agradecido.
Astrid Annabelle

MARIANGELA BARRETO disse...

Marcello,

hoje mesmo estava conversando com uma amiga sobre limpeza energetica nas nossas casas e me deparo com seu maravilhoso post.. um presente do universo.. já compartilhei com minha rede de amigos e vamos aproveitar as informações para uma super, benefica e maravilhosa faxina nos nossos "ninhos"...
obrigada amigo!! beijos no coração..

MARCELO DALLA disse...

@Rute: tb gosto muito de brincar com as palavras, de etmologia e afins... adorei os dois exemplos que deixou aqui!
bjosssssssss

MARCELO DALLA disse...

Dedego: lhe desejo tudo de bom nessa mudança para a nova casa!!! :)
abraço

MARCELO DALLA disse...

Izabel, minha amiga: pois nem precisava agradecer querida. Foi um prazer compartilhar o seu lindo texto. Mas carinho é sempre bom!!! hehehehehe

Já deixei um recadinho por lá...
Um dia quero lhe fazer uma visita e conhecer sua casa, seu jardim!!!
Grande bjo

MARCELO DALLA disse...

Tavi: tô aqui em Minas de férias, creio que essa terrinha boa que inspriou esse post.
Fico feliz que gostou, grato pelo comentário gentil! :)
bjos

MARCELO DALLA disse...

Astrid: Pensei em vc quando fiz esse post! :))))
bjos querida!!!!

Katherine Kingwell disse...

Olá Marcelo, prazer em ler tanta coisa linda oriunda do coração de Nosso Brasil: Minas, uma rezadeira, uma parteira abençoadíssima por Deus e Nossa Senhora. Ai , que saudades da minha Dona Maria no interior de PE. São Anjos na Terra enviados para iluminar nosso dia a dia. Bem, gostaria apenas de repassar um ensinamento maravilhoso para "limpar" os lares das pessoas que acreditam em energia: coletar água do mar virgem, ou seja, após 24 h e antes do sol nascer, encher um garrafão de água, pedindo licença antes a Ogum Beira Mar (quando pisar nas areias da praia), e à Mãe Iemanjá. Em seguida, de preferência no mesmo dia da coleta, colocar em uma tigela de vidro um pouco da água, e ir "sapiscando" do último cômodo do ap, e se for casa, do muro do quintal da casa, entra pela casa, passa em todas as paredes e piso, até o portão da rua, pedindo sempre à Mãe Iemanjá para retirar todo o mau olhado, toda a inveja que houver em sua casa, em sua saúde, em sua vida. Ao final, derrama o restante na calçada, em direção à rua. Agradece, e observa quantos caminhos "trancados" serão abertos com luz no mesmo dia, até, e nos dias seguintes. Fica com Deus, Marcelo. Abraços, Kate

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...