quarta-feira, 28 de abril de 2010

A ARTE DE CRIAR A REALIDADE

Eis uma grande lição que tenho mastigado, digerido, assimilado e aprendido cada vez mais: NÓS CRIAMOS A REALIDADE. Já escrevi sobre isso outras vezes aqui no blog, este assunto tem se tornado fundamental nos tempos atuais.

Já é tempo das pessoas pararem de se fazer de vítimas. Atraímos situações para nossas vidas de acordo com o aprendizado que precisamos ter. Sabe aquelas situações que se repetem, como um padrão? Pois é, assimilado o aprendizado, elas não tem mais razão para se repetir. Aprendi com vários Mestres de Luz e com a vida: NADA É POR ACASO. NÃO EXISTEM VÍTIMAS, NEM INJUSTIÇAS.

Outra coisa importante: tentar não é fazer. Sempre que usamos a palavra tentar, não vamos conseguir. Dizer “eu tentei” é uma desculpa. Use os verbos criar ou fazer. “Eu estou fazendo, estou criando, estou manifestando, estou pretendendo, estou provocando” e não “eu estou tentando”.

Devemos aprender a usar a intenção, um dos instrumentos mais poderosos que temos. Nossos pensamentos e intenções criam a realidade, é tão simples. A intenção é a força original da criação. É o Ser cuja intenção de explorar e se expandir, de forma tão aberta quanto possível, cria toda a matéria em todas as dimensões. Tudo é uma questão de nível de consciência: quanto mais conscientes, mais poder de co-criação conquistamos.

Precisamos de intenção, intenção, intenção, mais intenção... e então é só deixar acontecer. Intento é a arte de "sentir o sentimento" por completo daquilo que desejamos, como se já estivesse acontecendo.

Por exemplo: o dinheiro parece ser um problema para todos, não é? Todos temos crenças muito definitivas sobre a forma como o dinheiro pode chegar até nós. Quanto mais acreditamos que devemos trabalhar duro para ganhar dinheiro, mais teremos que trabalhar. Mas quando aprendemos a permitir, a confiar e a lidar com o dinheiro despreocupadamente, o Universo nos compensa de muitas maneiras inesperadas. TEMOS QUE APRENDER A ACREDITAR!

Temos que limpar aquelas crenças limitantes que incutiram em nós quando éramos crianças: “Dinheiro não nasce em árvore”, “a culpa é da crise financeira”, “só os pobres herdarão o reino dos céus” e por aí vai... Temos que parar de vibrar na falta. Parar de reclamar pelo que não temos. Quantas vezes não nos flagramos reclamando da vida para nossos amigos? Quem vibra na falta e na insatisfação, recebe de volta na mesma moeda.

Por isso é tão importante vigiar pensamentos e palavras, praticar as afirmações positivas diariamente, sempre que possível. Decorar frases que servem como antídoto para nossas crenças limitantes. Repetir, repetir, repetir, como uma lavagem cerebral do bem. Outro exercício de grande valia: fechar os olhos, respirar, relaxar, e visualizar o projeto pronto, a casa construída, o carro, o salário, o trabalho, enfim, o que desejamos conquistar, como se já estivesse aqui-agora, no momento presente. E sentir gratidão. Sem este sentimento, nada disso surtirá efeito.

“QUANTO MAIS SINTO GRATIDÃO PELA RIQUEZA E ABUNDÂNCIA EM MINHA VIDA, MAIS MOTIVOS DESCUBRO PARA AGRADECER.”

Concluindo: do começo ao fim, a matéria física é uma rede de intento. Somos uma sinfonia de elétrons, átomos e moléculas de intenções. Somos um complexo de desejos, a expressão externa de um evento interno. Muitos de nós damos voltas e pedimos um milagre, quando, na verdade, NÓS SOMOS O MILAGRE.

Sejamos felizes!

25 comentários:

Anônimo disse...

Que maravilha, Marcelo!! Acabei de postar no blog de Daneila e vi sua postagem novinha surgindo =)
Obrigada por mais essa lição que estimula a gente cada vez mais a manter a mente e o coração radiantes!.. A gente aprende a mudar a sintonia como se ensina crianças, pela repetição, até que um dia flui espontaneamente, né?
Sempre leio suas postagens tão esclarecedoras, e deixo meu primeiro comentário ^^
beijos
Bia Martau

António Rosa disse...

Uma aula poderosa!

Parabéns.

Abraço.

Fatima disse...

Concordo plenamente com o António.
Bjs querido.

Paula disse...

Marcelo, grandes verdades. É difícil, mas não impossível. Um dia seremos senhores de nosso destino, mas podemos começar desde já, escolhendo conscientemente o perdão, o amor, a felicidade de ser (e não de ter).
Um lindo texto, quando vc abre seu coração assim nosso dia se ilumina.
Uma vida feliz só depende de nós.

Astrid Annabelle disse...

Bom dia querido Marcelo!
Quando escrevemos com o coração encantamos!
E quando acontece o encantamento a alma foi tocada e a missão cumprida!
Maravilhoso texto...uma verdadeira aula para todos.
Essa é uma das lições mais necessárias hoje em dia...compreender que somos criadores.
Parabéns Marcelo!
Adorei a ilustração.
Um beijo grande e tenha um dia iluminado!
Astrid Annabelle

Daniela Scheifler disse...

Bom dia, querido!

Concordo em gênero, número e grau.A gente cria mesmo o que vive e é a gente que dá significado às próprias experiências, boas ou 'ruins'. O sentir o que se deseja é realmente poderoso, nunca havia dado palavras a isso. Obrigada!

beijos grandes e iluminada Lua Cheia pra todos nós!

Tati Pastorello disse...

Olá Marcelo, estou chegando lá. Já me instrumentei até, fiz um curso de PNL com meu marido que foi o máximo. É "lei da atração" na prática. Tenho usado menos do que deveria, tenho me deixado levar pelas questões do dia a dia, mas "um belo dia resolvi mudar" e agora vamos que vamos! Para o alto e avante!
Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Acho que isso tudo o que vc falou é mais ou menos o que ensinam na neuro linguística né? Eu acho extremamente difícil fazer isso, mas tenho que tentar,ops...vibrar positivamente....nem sei se acredito nisso, mas acredito em energia e em positividade, então já é meio caminho andado, né?
às vezes me sinto travada...nada entra e nada sai...meu canal é a escrita, e é através dele que coloco meus demônios pra fora...e às vezes pra dentro, infelizmente...rsrs
Vou tentar, ops, vou Fazer!...depois desses seus ensinamentos, vou insistir e todos os dias pensar positivamente...minha preocupação maior nem é financeira, apesar dela ser a raiz dos problemas...mas é principalmente ter paz...porque acho que quando se está em paz, em harmonia com a gente mesmo, é sinal que o resto todo está bem e saudável!
Namastê amigo!

angela disse...

Um bom texto, bem claro em seus conceitos.
beijos

marcelo dalla disse...

Bia: Que bom querida! Volte sempre, comente sempre, sua presença é um prazer!

Antonio e Fátima: meus amigos queridos, a opinião de vcs é valiosa.

Paula: é isso mesmo... a felicidade de ser e não de ter. Estamos em sintonia.

Astrid: pois foi isso mesmo, abir meu coração, escrevi de coração e vc sentiu isso... que bom! Fico muito feliz. Sua opinião também é valiosíssima!

Dani: uma iluminada Lua cheia pra todos nós mesmo. Daqui a pouco nos veremos na nossa aula. :)

Tati: Também costumo usar muito essa expressão. Para o alto e avante!!! Simbora praticar!!!

Glorinha: É isso, vibrar positivamente. Não tem nada de mágico, é pura física. Tudo é energia. Nos sintonizamos com o mundo externo de acrodo com nossas vibrações.Como uma sintonia de rádio. Qual estação queremos captar?

Angela: que bom que gostou. Sabado nos veremos, hein?

Como sempre, grato pelo carinho de todos!!! E como disse a Dani, uma Lua cheia iluminada pra todos nós!

bjos e abraços

Zeca Maurício disse...

Belíssimo! É disso que conversávamos ontem! Você usa palavras com maestria e bondade. Grato por existir!
Beijo grande.

Alexandre Ferreira Gaspar disse...

E disso, amei o post.

E já estou aqui, de olhos fechados e visualizando, repetindo, comigo mesmo:

Mestrado, mestrado, mestrado, mestrado.....

Loja, loja, loja, loja......

Empolguei.....

bjs querido. tts.

marcelo dalla disse...

Zeca e Alê: dois queridos! Que bom poder compartilhar esses aprendizados com vcs!!!!

Luz pra nós!
bjos

Manuela Freitas disse...

Olá Marcelo,
Esta é a minha primeira aula: pensar positivo! Dizia-lhe que era muito realista, mas não sou pessimista ou melhor tenho dias.
A partir de uma certa idade, comecei a moderar os meus desejos, porque comecei a sentir que os bens materiais não são o principal e que é muito mais importante olhar para as pequenas coisas da vida e dar-lhes a importância que realmente têm. Não sei se isto se encaixa em alguma teoria/filosofia!...Estou assim numa de dar mais relevância ao ser do que ao ter e sinto-me menos inquieta. Levanto-me todos os dias com uma ideia, vou fazer que este dia valha a pena, dentro de uma concepção simples, passear pela praia, passear pelo campo, estar com a família, com amigos, brincar com os meus animais...
É isto Marcelo, foi uma auto-mentalização, nem foi preciso livros, nem nada.
Beijinhos,
Manú

ANA REGINA disse...

Oi Marcelo!
Adorei o seu texto!
Também acredito que nos somos responsáveis por tudo que acontece com a gente. Nossos pensamentos, nossas palavras, nos fazem crescer ou nos empurram para baixo.
Precisamos fazer com que o Universo conspire a nosso favor e não contra.
Reclamamos muito e fazemos muito pouco por nos mesmos.
Seu texto com certeza vai fazer muita gente pensar!
Bjokas

Yoyo Pizy disse...

Marcelo meu amigo,
Eu estava mesmo precisando de alguém que me fizesse pensar, relembrar todos esses ensinamentos. Alguns que eu até coloco em prática, outros que são mais difíceis.
O seu blog foi o único que visitei hoje, por recomendação da Glorinha( do Café com Bolo).Como ela me entende bem, sabia que eu iria gostar de ler tudo isso que você escreveu aqui.
Obrigada pelos ensinamentos, pelas palavras e pricipalmente por compartilhar conosco um texto tão valioso.
Beijos
Yoyo

Richie disse...

Oi, td bom??
Desculpa a demora em retribuir a visita, to em periodo de provas.
Obrigado pela visita, vou seguir vc, ok?

Abraço!

marcelo dalla disse...

Manuela querida: Isso se chama sabedoria de vida. A felicidade está nas coisas simples. Aliás, as melhores coisas da vida não são coisas. Não se tocam, se sentem. Adorei o que escreveu!!!

Ana Regina: Que bom, fico feliz que gostou. O objetivo é esse mesmo, fazer as pessoas pensarem...

Yoyo: que prazer!!!! Novos amigos são sempre muito bem vindos. A Glorinha é uyma fofoa, querida. Amiga dela é minha amiga também!!!
Eu é que agradeço seu carinho.

Richei: você também, seja muito bem vindo. Adoro as receitas do seu blog. Diga-se de passagem, um excelente blog!!!

bjos e abraços

Eliene Vila Nova disse...

oi amigo
qe lindas palavras
obrigada viu?
você é uma benção
e esquenta não, eu as vezes falo besteiras,rsrs, também acredito no poder das palavras e amei as que você escreveu.
obrigada pelo carinho de sempre.
te adoro de verdade verdadeira
ah e fiz uma correção lá no meu texto citando o que dizeste,rsrs
beijos
beijos

Livinha disse...

Viu? Quanta coisa colocaste na maleta que trazemos conosco? Sim conosco porque deus deu a todos, sem dinstinçaõ, no poder inteligível que possuimos de descobrir e redescobrir a vida, bem como a leitura de um lívro, que a gente aprende e obtém vaga compreensão, vaga porque ao se dar a reeleitura do mesmo, outra compreensão teremos.
A vida é feita de hábito, de vontade propria, de força e esperança. Somos perfeitos na bastança que trazemos, basta consolida-la e pra se alcançar a perfeição. temos tudo, so depende de nós saber fazer o uso, na curiosidade que predispomos.
Viver Celito, temos. É necessário lutar por adquirir nossa força bruta bem direcionada e depois fazer o que estais fazendo apregoando o sentido, disponibilzando idéias, incentivando ao trabalho no poder incluso dentro de cada um de nós. As vezes bate uma insegurança, mas xapralá o negativismo, joguemos fora, gritemos se for preciso, mas jamais deixarmos ele dentro da gente fazer mora. Nunca guardar pensamentos ruins, expeli-los em tosses constantes, trocando o ar de nossos pulmões e recepcionar a vida com o novo, transformando, idealizando. Sem esperança, não somos ninguém, tornamos nossas horas mortas e morremos pra vida, pra graça de ser.
Lindo tudo o que escreveste meu amigo e me permitiste entre tumultos desabafar aqui no teu recanto...

Beijos de Livinha
=)

marcelo dalla disse...

Querida!!!! Que incrível, agora pouco pensei em vc... pensei em lhe fazer uma visita, andaste meio sumidinha, eu já tô acostumado com seus comentarios deliciosos de ler.

Vou correndo lá no seu cantinho.
bjos do amigo!!!

Livinha disse...

Pode apostar que foi "transmimento de pensação" rsrss
em duplo sentido. Minha postagem tem tudo a ver com a tua e até pensei nisto quando cá cheguei, de você passar por lá.
Sintonia!!!

Celito, nunca esquecerei de ti meu amigo querido. As vezes os dedos param, quando a alma quer falar...

Linda noite pra ti
bjs

Isa disse...

Maravilhoso!

Beijo!

Andréa de Oliveira disse...

Marcelo
O texto é muito interessante!!!
Desde o dia de ontem fiquei pensando "por que é difícil sentir que podemos usufruir de toda a abundância que está diante de nós?". Sabe-se que disso, mais as pessoas não se permitem sentir. E até se comportam com ironia quando se fala que tudo é possível.
Agradeço a oportunidade de aprender diariamente que nós somos verdadeiramente ricos em abundância, de dentro pra fora e de fora pra dentro.
Gratidão por compartilhar.
Até breve!

Maria Isabel Redig de Campos disse...

Poxa Marcello, que texto bacana! Faz pensar. E pensar positivo. Muito legal Eu levei bastante tempo para entender isso tudo. Agora botei o pé nessa estrada. E a sensação é muito incrível.
Obrigado por compartilhar!
Abs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...