quarta-feira, 29 de abril de 2009

Histórias de Amor

A formiga vivia entediada, seu serviço de cortar folhas e andar sempre em fila era muito maçante. Mas um dia tudo foi diferente: a pata gigantesca de um elefante pisoteou as companheiras que marchavam mais adiante e ela escapou de ser esmagada por um triz. Fascinada pela experiência de se defrontar com animal de tamanho poder, a formiga não conseguia deixar de pensar no elefante. Nunca tinha visto aquele ser enorme tão de perto e precisava repetir a experiência, tentar se aproximar mais uma vez. Sempre que podia, disfarçava e fugia do serviço. Ficava horas no mesmo local esperando, numa louca expectativa. Dias depois avistou o animal, que se tornava maior e maior na medida em que se aproximava. A pobre formiga enlouqueceu. Delirava, num sonho quimérico de se tornar uma fortaleza ambulante. Paralisada, não conseguiu se desviar de suas patas e dessa vez morreu esmagada também. Lá se foi o elefante, sem sequer imaginar que matou a criatura que mais o idolatrava na face da Terra.

(A tirinha é de Fernando Gonsales)

6 comentários:

MARCOSO disse...

Quantas formigas ja pisoteamos hein?

marcelo dalla disse...

Muitas... mas será q alguma delas nos idolatrava?

Anderson L. disse...

Refletindo nesse texto eu pensei em duas coisas: "Por que idolatramos os elfantes que nem se quer sabem que existimos e pisoteamos as formigas que nos amam?"

É, somos seres imperfeitos mesmo...

Abraços
Anderson L.

http://panelaodabruxa.blogspot.com disse...

Formiga só idolatra açucar, principalmente o meu açucareiro, tá?
Léah

Anônimo disse...

Era uma vez um garoto e uma garota,que moravam em MG, eles se conheceram na escola quando tinham acabado de se mudar, eram da mesma sala, 1º ano, foram conversando e se conhecendo, e com o tempo o garoto foi começar a se apaixonar por ela mais nunca contou a ninguem.Chegaram no 2º ano e continuaram na mesma turma, o garoto sempre que a via se mostrava feliz, sempre dizia que a amava, e ela o mesmo, um dia ele resolveu contar pra seu melhor amigo que estava gostando da garota, e seu amigo contou para a melhor amiga tambem e os dois amigos faziam de tudo para uni-los. a garota quando ficou sabendo disse que nao podia corresponder ao amor do garoto pelo fato de ser tao amigo dela. O garoto entristeceu-se mais nunca desistiu de conquista-la pois ela a amava de verdade, fez vairas declaraçoes de amor a ela, nao escondeu de ninguem que amava ela. E entao chegaram ao 3º ano, ultimo ano da escola, ano que marcou muito a vida dos dois, o garoto conheceu a familia da garota, e todos o adoraram, frequentava sempre a casa dela, estava sempre presente em todos os momentos tanto bons como ruins, fazia tudo por ela, para ve-la feliz. a garota vendo que o garoto estaria disposto a tudo por ela passou a esnobar ele que mesmo assim nunca desistiu dela, numa festa de praça que teve na cidade eles se encotraram ficaram junto um momento até a garota dizer que tinha que ir, eles se despediram um do outro e ela foi pra um lado e ele pro outro, até que ele é chamado por um amigo que foi lhe falar que tinha uns garotos agarrando ela e chegando lá ele a viu com o cara e o seu mundo caiu aquela hora, ele saiu muito triste e nervoso pra junto dos amigos, no final dessa festa ela procurou o garoto e ele nao quis falar nada com ela ela tentou segura-lo mais ele pediu pra deixa-lo ir e ele foi pro baile, bebeu muito...chegando em casa de madrugada o garoto liga o pc e ve um depoimento dela dizendo"sem pq, sem pra que, é necessario entender", mais triste ainda ele ficou e chagando na aula varios amigos foram falar com ele e com ela que pediu desculpas e disse que nada aconteceu e tudo se acertou, o tempo passa e o garoto vendo que nao estava tendo a mesma atenção que dava a garota, ficou chateado e numa festa que teve na cidade no mes de agosto, todos os amigos reunidos, ele conheceu umas outras meninas que moravam no mesmo bairro que a garota que ele amava, e uma dessas meninas pediu pra ficar com ele, e ele muito chateado com a garota, de cabeça quente foi e ficou com a menina, ela sabia que poderia estar ali jogando todas as suas chances (se é que ela tinha alguma) com a garota fora mas estava nervoso e chateado com ela. No outro dia na escola a garota ignorou sua presença assim como suas amigas que foram contra ele, do mesmo jeito eles conversaram e se acertaram.O tempo foi passando e varias festas eles foram e eles foram e muitas coisas acontecerame eles foram se afastando, o garoto fez novas amizades conheçeu uma garota muito legal e ela tambem. Mas mesmo assim o garoto continuou jurando amor a ela e disse que só estava fazendo o melhor pra ela e pra ele msm se afastando e que nunca ninguem ia amar tanto ela quanto ela ama e que haja o que houver ele estaria sempre com ela mesmo de longe. O ano acabou, ela confusa foi pra cidade do avô pra esquecer um pouco tudo que aconteceu, ele foi pro Rio morar com a tia tambem para tentar esquecer tudo, seguiram seus rumos e quem sabia um dia eles terminam junto e essa historia tem um final feliz. Tanto amor não pode acabar assim.

Autor: S.E.L. /2010

Dalila Fê disse...

pisamos em formigas, idolatramos elefantes...
as formigas nos idolatram, os elefantes nos esmagam...
é o curso natural da vida?
porque não pisamos nos idolos?
A vida segue um fluxo, e faz parte dele idolatrarmos elefantes e pisarmos em formigas.
E assim, matamos quem faz de nós deuses e endeuzificamos aqueles que serão menos deuses ao nos pisar sem ao menos perceber.

Dalila

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...