terça-feira, 9 de junho de 2009

O SIGNIFICADO ESPIRITUAL DOS RELACIONAMENTOS (parte 3)


As 3 forças - amor, paixão e sexo - muitas vezes aparecem separadas e a personalidade será menos desenvolvida quanto mais essas 3 forças se mantiverem assim. Às vezes apenas 2 se misturam, mas somente no caso ideal é que as 3 se fundem harmoniosamente.

Um dos objetivos do casamento (não o único) é a procriação. A força do sexo é o poder criador em todos os níveis da existência, mas a força sexual pura é totalmente egoísta. Está ligada a agressividade, quanto mais atrasado estiver o desenvolvimento da pessoa. Em outros casos apenas a paixão, sem sexo e sem amor, acontece por um tempo limitado (o famoso amor platônico).

Mais cedo ou mais tarde, sendo a pessoa razoavelmente saudável, a paixão e o sexo acabam se juntando. O relacionamento vai até certo ponto, mas depois acaba. Muitos utilizam esta sensação de felicidade de modo descuidado e voraz, nunca ultrapassando o limiar q conduz ao amor verdadeiro. É o que acontece quando não se busca um desenvolvimento espiritual e usa-se a paixão como uma projeção, para dar um significado maior para a existência.

Outra combinação que aparece mais em relacionamentos de longa duração é o amor e o sexo, sem a paixão. Pode crescer uma certa quantidade de afeição, companheirismo, ternura, respeito, mas sem a centelha da paixão o relacionamento sexual também acaba se desgastando. Resta uma grande amizade, mas o vazio interior continua. É este o problema com a maioria dos casamentos.

Como então manter essa chama, na medida em que os parceiros caem no hábito e na familiaridade? Existe uma solução para a parceira ideal do amor?
Sim, existe. E esta explicação fica para o próximo post. Deixo uma pista: o medo de se revelar ao outro, é o mesmo medo de revelar-se a si mesmo…

(continua aqui)
(Fonte de pesquisa: O CAMINHO DA AUTO-TRANSFORMAÇÃO, de Eva Pierrakos - Ed. Cultrix)

11 comentários:

António Rosa disse...

Cada vez mais fascinante! Abraço, meu querido. Lindo trabalho.

Makyarim disse...

Confesso, depois de ter lido esta parte do texto fiquei curioso com o próximo post... :) Se um Ser já é uma complexidade de mundos agora a dois as coisas duplicam todo o potencial de cada um... relacionamentos... uma verdadeira escola de espelhos...

Abraço... Mak

Astrid Annabelle disse...

Estou passando para deixar um beijo e lhe contar que agora quero ler tudo...fiquei curiosa!!!
Seu blog está ótimo!
Astrid

ahh.. Quem sou eu?!! disse...

Estou curiosa também pra saber sobre o próximo post.
Acompanho todos os seus textos, e acho linda suas Mandalas, Parabéns!!!

marcelo dalla disse...

Ei amigos! Esse assunto é mesmo fascinante... que bom que estão gostando!

Cris disse...

Marcelo,

O amor em um nível assim deve ser algo realmente maravilhoso, eu particularmente, nunca vivi uma coisa remotamente parecida.
Mas acredito que algumas pessoas possam fazê-los...
Por isso eu jogo na loteria...(é um velho ditado...rs)

Beijos

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Isso esta ficando ótimo!!!!!

E eu continuo aqui... degustando cada texto seu...

Muito bom!

Chris

Helena Yang disse...

Muito interessante, Marcelo!
O tema tem tudo a ver com o período. Estou gostando muito de ler o seu blog!

Mas vim aqui te dizer que hoje recebi o jornal Destak no semáforo e li a sua coluna de horóscopo. Foi uma surpresa muito agradável!!

Hoje postei no meu blog um tópico sobre música dos signos e planetas. Aguardo a sua visita e sugestões musicais!!!
www.tripespiritual.blogspot.com

Abraços,

marcelo dalla disse...

Eba! Helena, minha coluninha de horóscopo está comemorando 3 anos já. Bacana, né? Tô indo lá no seu espaço conferir. bjo

Shin Tau disse...

Xi Marcelo,

aqui caiu a ficha!!! Não na questão da relação, mas numa necessidade que eu tenho de ter amores platónicos. Apaixono-me facilmente pelas pessoas, mas ficamos apenas na relação platónica, será que não sou saudável? rkrkrkkr

Neste soubeste muito bem deixar o nível de interesse subir, fiquei curiosa mesmo!!!

:***

marcelo dalla disse...

Shin Tau, eu fui assim durante um bom tempo... foi justamente isso que me despertou o interesse por este assunto...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...