segunda-feira, 4 de maio de 2009

space boy

O manual de instruções está rasgado no lixo.
A criança mágica foi libertada,
A partir de agora essa galáxia não será mais a mesma.
Toda sorte de absurdos se tornam possíveis:
Circuitos fechados se abrem
Realidades paralelas se unem
Tempo e espaço se dissolvem.
Lá vai ela com um sorriso no canto da boca!
Porque a criança mágica já não sente culpa,
Ninguém a segura mais.

5 comentários:

adriana disse...

Perfeito, Querido!

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Olá amigo,

Quisera eu que todos os seres humanos libertassem a criança mágica interior para melhorar este universo... Assim como o Pequeno Príncipe, a quem devoto uma enorme admiração, o seu Space Boy com certez me ajudou a trazer encanto para momentos prazerosos do meu viver... Obrigado!

Com apreço profundo,
Whesley

gislane disse...

gostei do seu blog...visitarei mais vezes... bj

Paulo Braccini disse...

magnífico ... bravooooooooo

Angela disse...

Hoje foi um daqueles revoltos dias em que briguei com o Universo e ao fim do dia, nem sei bem como, vim parar aqui, guiada, talvez, pelas palavras lindas desta poesia.

E eu estava mesmo a precisar que alguém ou algo me renovasse a esperança e me trouxesse luz neste noite tão revolta.

As palavras deste poema encheram-me de coragem; como que caíram do céu para o meu coração.

Obrigada.
um abraço forte, Angela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...